Entre motores e velas


Uma das conquistas mais importantes da minha vida foi comprar meu carro. Vá lá que não  é ooooo carro, é só um Ford Ka 98, cheio de defeitos, mas é MEU! E isso muda tudo, por que foi a primeira coisa grande que comprei sozinha, com meu trabalho e esforço.
Já ouvi críticas que não se acabam mais, que paguei muito caro, que ele dá muito defeito, que a mecânica da Ford é muito cara (e é mesmo), mas eu não me importo. É o MEU carro!

E ontem ele quase me fez ter um infarte. Começou com um barulho estranho na motor, que parecia um trator andando. Depois ele começou a ficar fraquinho...

Adivinha o que o otimista do môr disse? O motor fundiu. Não tem mais jeito. Vai ter que fazer o motor.
Já estávamos até calculando taxa de juros para pegar um espréstimo no banco e pagar a mecânica.
Mal dormi de preocupação e medo de ter que fica a pé.
Eu não me importo de andar, mas a escola é do outro lado da cidade, muito longe!

Aí, hoje de manhã meu sogro veio aqui e casa e olhou o carro. E veja só, o motor fundido transformou-se num simples problema de vela! Coisa  que qualquer 50 reais conserta.

Quis morrer com o môr, quase me mata de preocupação por tão pouco. Mas essa é uma das características mais fortes dele, o otimismo. rsrsrsrs

*_*

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados