Ethernyt, A Guerra dos Anjos - Márson Alquati

"- Não, meu bom amigo - o anjo encarou-o pragmático - Estamos partindo numa viagem sem volta, rumo ao Final dos Tempos."


Ethernity - A Guerra dos Anjos foi um verdadeiro desafio para mim. Por ser do Book Tour do Selo Brasileiro eu tinha prazo para ler, mas o livro tem mais de quatrocentas. Quando ele chegou aqui em casa eu me assustei, estava passando por toda aquela fase complicada de fim de ano, encerramento das atividades na escola e o início do tratamento lá no Beta, então minha cabeça estava um fervilhão só.
Talvez por isso eu tenha enrolada tanto para postar essa resenha, porque de certa forma, o livro ficou meio relacionado com aquele período de angústias e ansiedade que foi o fim de ano para mim.

Mas por outro lado, o livro também foi um refresco para mim, pois enquanto eu lia eu me descansava das preocupações e mergulhava de cabeça nessa história incrível, totalmente diferente de tudo que já li. Sim, porque é um romance sobrenatural que gira em torno da batalha entre anjos e demônios que pode causar a fim do mundo. Mas aqui os seres sobrenaturais são completamente diferentes do que estamos acostumados. Aqui temos que desconstruir boa parte do que sabemos sobre esses seres e aprender uma nova mitologia.

Tudo começa quando o agente da polícia federal brasileira Rafael Thomas é chamado, no meio de um dos seus poucos dias de folga, para investigar o assassinato do Embaixador francês e sua esposa em uma casa de veraneio. Já irritado por ter de abrir mão de sua folga, ele fica possesso ao saber que vai ter que aceitar uma parceira, a  bela agente francesa, Desirrée Lechand. Tudo leva a crer que o crime está ligado a uma seita satânica.Tentando elucidar o crime, eles chegam ao seu único suspeito: Barrabás, totalmente ser lembranças do que possa ter acontecido e o único capaz de desvendar os assassinatos.

Conforme as investigações evoluem, as pistas descartam Barrabás como assassino e Thomas encontra uma chave e estranhas coordenadas que vão levá-los a uma viagem por várias cidades do mundo, incluindo um passeio pela história da humanidade. Os três (Thomas, Desirrée e Barrabás) unem-se a outros dois amigos, Leon e Duke, e a grupo de anjos dispostos a salvar a raça humana. Para isso, travam uma batalha nunca vista contra os demônios.

Eu adorei a narrativa do Márson. Ele conseguiu ser rápido na medida da certa, sem atropelar e sem deixar pontas soltas. Ao mesmo tempo, ele se prende bastante a descrições de lugares, construções e personalidades históricas, o que demonstra que foi preciso um extensa pesquisa para a elaboração do livro. Os personagens são muito bem construídos, com personalidades e características muito distintas. Não tem um mocinho perfeito ou um vilão muito cruel, todos tem defeitos e virtudes, mas o que prevalece entre eles é o bom humor. Aliás, dei várias risadas com esse livro!

Livro recomendadíssimo! Se você gosta de ação, mistério, suspense, sobrenatural e romance (sim, por que tem um pouquinho de romance também) esse é o livro certo para você. E o melhor, Ethernyt é uma trilogia, os outros dois volumes são Sob o Domínio das Sombras e O Destino dos Escolhido. Para saber mais é só visitar o site da saga, clicando aqui.

Essa resenha faz parte do Book Tour do Selo Brasileiro.


Outras resenhas do Selo:


B-jussss! ♥
;-p


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados