Conselho de Amiga - Siobhan Vivian

VIVIAN, Siobhan. Conselho de Amiga. Ribeirão Preto: Novo Conceito, 2012. Título original: A little friendly advice.
Avaliação (1 a 5): ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

"Katherine não dá a minima para as minhas repreensões.
- Porque justamente você não entende? Às vezes a gente tem que exigir algo das pessoas, senão elas vão dominar você para sempre." (p. 182)

Ruby é uma adolescente forte, decidida e que não costuma agir sem pensar. Apesar da pouca idade, ela já sofreu bastante na sua curta vida, e soube superar da melhor forma seus problemas. Isso porque seu pai a abandonou quando ela tinha seis anos e nunca mais deu notícias ou qualquer satisfação sobre o que teria provocado a separação.

A sorte de Ruby é que ela sempre pode contar com sua melhor amiga Beth, que a ajudou a lidar da melhor forma com o sentimento de rejeição que ficou depois da partida do pai. Ruby ainda tem problemas de comunicação com a mãe, que prefere ignorar seus problemas a ter que discutí-los com a filha.

Além de Beth e Ruby, o grupo de amigas conta ainda com a namoradeira Maria e a irônica e cruel Katherine, que também está enfrentando o divórcio dos pais. Mas Ruby não se sente muito bem com as duas novas amigas, não sabe se pode confiar nelas, especialmente em Katherine.

No dia de seu aniversário de 16 anos, Ruby só deseja poder comemorar com suas amigas, mas grandes surpresas estão preparadas para ela. Primeiro sua mãe a presenteia com uma Polaroid antiga e a garota começa a descobrir seu interesse pela fotografia. Segundo porque seu pai resolve aparecer na sua porta, como se não tivessem se passado dez anos desde a última vez que se viram.

"Katherine está de volta e joga para mim a Polaroid como se fosse um disco de praia:
- Visita para você.
As feições começam a se revelar nas minhas mãos. Apenas preciso distinguir o vão entre os dentes para saber quem é.
Meu pai." (p. 17)

Ruby agora vai ter que lidar com esse novo problema, agora que ele já parecia superado. E em meio a esse turbilhão todo, aparece um garoto muito fofo, Charlie, para mexer com seu coração. Confusa, ela vai buscar apoio nas amigas e vai perceber que nem sempre seus conselhos podem ser 0 melhor para ela.

* * *

Quando recebi Conselho de Amiga da Novo Conceito fiquei muito empolgada, porque já tinha lido Não Sou Esse Tipo de Garota da mesma autora (resenha aqui) e amado! Mas a minha sintonia com esse livro definitivamente não foi a mesma do que com o primeiro.

Todo mundo sabe que se trata de um livro para adolescentes, talvez até mesmo para pré-adolescentes, e eu nunca me incomodei em ler coisas do tipo, mas algo em Conselho de Amiga me incomodou. Não me identifiquei com as personagens, achei-as muito mal aproveitadas na história, e na maior parte do tempo Ruby tomou atitudes muito estranhas. Mas o que mais me incomodou mesmo foi o final, senti que o livro termina exatamente como começou, sem nenhum desfecho ou situação especial. Faltou um tchãn, entendem?

No mais o livro traz alguns pontos importantes, como a influência dos amigos em nossas decisões e aquele sentimento de posse que muitas pessoas sentem em relação ao seu melhor amigo. Não sei se vocês já viveram isso ou se já se sentiram assim, mas tem muito amigo que na hora de nos aconselhar acha que vai resolver nossos problemas e que devemos fazer exatamente o que eles dizem, como prova de amizade. Adolescente tem muito dessa coisa, de achar que tem que fazer porque o melhor amigo disse que assim seria melhor, mesmo sabendo que no fundo não é.

É com esse tipo de situação que Ruby tem que conviver: seguir os conselhos de suas amigas ou tomar as decisões por si mesma? 

É um livro bem levinho, gostoso de se ler quando se quer relaxar, mas não esperem nada muito profundo ou elaborado. E se não fosse o final fraquinho, com certeza teria  sido melhor pontuado por mim.

B-jusssss! ♥
;-p


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados