A Pousa Rose Harbor - Debbie Macomber

MACOMBER, Debbie. A Pousa Rose Harbor. Ribeirão Preto, SP: Editora Novo Conceito, 2012. 249 páginas.

Avaliação (1 a 5) ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

"Percebe que cada um de nós leva sua carga, alguns mais que os outros. Algumas pessoas ficam tão acostumadas ao peso extra que parecem não ter mais consciência dessa bagagem. Senti um impulso de ajudar meus hóspedes, mas não tinha certeza se e como poderia ajudá-los - ou mesmo se deveria tentar. Talvez eles tivessem vindo à Pousada Rose Harbor para poderem me ajudar." (p. 190)

Debbie Macomber é uma autora muito reconhecida e elogiada no meio literário, mas eu nunca tinha lido nada dela, apesar de me arder de curiosidade para conhecer sua obra. Por isso, quando a Novo Conceito lançou seu livro e corri passá-lo na frente de toda a lista de leitura. Agora compartilho com vocês minhas impressões sobre o livro.

Jo Marie acaba de perder seu marido em um trágico acidente e para superar a dor decide mudar completamente sua vida. Ela compra uma pousada na pequena cidade Cedar Cove e, disposta a recomeçar, se prepara para receber seus hóspedes. O que ela não imagina é que seus dois primeiros clientes também estão passando por momentos de crise e buscam respostas para seus conflitos.

Joshua Weaver volta à Cedar Cove atendendo um pedido de uma ex colega de escola, Michelle. Ela lhe avisa que o padrasto está muito doente e que tem poucos dias de vida. Porém a relação de Joshua com o padrasto é cheia de rancor e mágoas e ele terá que enfrentar esses sentimentos e aprender a perdoar.

Abby Kincaid retorna para o casamento do irmão. Ela não vem à Cedar Cove desde que um acidente de carro matou sua melhor amiga e, como Abby estava dirigindo, ela se consome em culpa acreditando ser a responsável. Agora ela terá que encarar seus fantasmas e medos para se tornar uma pessoa mais confiante e feliz.

* * * * *

A Pousada Rose Harbor é um romance leve, de leitura bem rápida, e recheado de personagens que precisam enfrentar seus traumas para seguir em frente com suas vidas. Para isso se hospedam na pousada que parece ter certos poderes curativos e místicos sobre quem passa por ela. A própria proprietária, Jo Marie, é cheia de dores e traumas para enfrentar e é a primeira a experimentar os tais "dons curativos" do lugar. E não demora que ela perceba que também seus hóspedes tem seus dramas a enfrentar e a estadia em Cedar Cove pode ser a cura que procuram.

Sutilmente, elementos de espiritismo e fé vão coroando a jornada dos personagens, o que vai tornar a enredo cada vez mais interessante. A narrativa é dividida: em alguns momentos em primeira pessoa (pela Jo Marie) e em outros em terceira. Isso dá um tom a mais, já que assim não perdemos nenhuma nuance da história.

No entanto, o livro reúne personagens que são bastante clichês, principalmente no ponto em que eles lutam o livro todo com seus traumas e no final eles são resolvidos de uma hora para outra, quase que magicamente. Chega a ser inverossímil que alguém acumule tanta dor, culpa ou rancor por tanto tempo e depois consiga se livrar disso em poucos dias. Mesmo assim, a grande mensagem do livro fica bem clara: a importância do perdão para que possamos ter uma vida plena.

Debbie Macomber tem o dom da escrita. Mesmo com um enredo simples e personagens clichês, ela consegue te prender na leitura e te fazer ansiar pelo desenrolar da história. E a pitada de sobrenatural faz com que o livro se torne um prazer, mesmo com o tema açucarado e as soluções mágicas para o final. É uma boa pedida para quem busca entretenimento e uma leitura sem grandes pretensões.

B-jusssss! ♥
;-p


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados