Esc@andalo - Therese Fowler

FOWLER, Therese. Esc@andalo. Ribeirão Preto, SP: Editora Novo Conceito, 2013. 381 páginas. Título original: Exposure.

"Amelia fazia coisas com ele, com seu cérebro, com seu coração, que nenhuma garota fizera antes. O pior de tudo era também o melhor de tudo: ainda que a ideia o assustasse - como poderia acontecer tão cedo e tão rápido? -, ele sabia que encontrara sua alma gêmea e que sua vida, desde o momento em que pusera os olhos nela, a ela pertencia." (p. 52)

Há alguns dias tenho visto pipocar resenhas de Esc@andalo por aí, e tenho percebido que o livro tem dividido opiniões. A maioria das pessoas não gostou muito, mas os que gostaram, amaram! E quanto mais resenhas eu lia, mais ansiosa eu ficava para vir escrever meu texto. E agora compartilho com vocês as minhas impressões sobre Esc@ndalo.

Amelia Wilkes e Antony Winter são jovens estudantes do ensino médio e estão vivendo um grande amor. Os dois se entendem e se completam, e amor pelas artes, especialmente o teatro, aproxima ainda os dois. Porém, por causa das diferenças sociais entre eles, o o romance dos dois é proibido. Desesperadamente apaixonados eles namoram escondido  e sonham com o dia em que Amelia completará 18 anos e eles poderão se revelar a todos.

Antony viveu uma infância difícil ao lado da mãe, que sempre lutou muito para criá-lo sozinha depois que seu pais os abandonou, antes mesmo que ele nascesse. Mas agora, sua mãe conseguiu um emprego de professora de francês em Ravenswood, o conceituado colégio particular da cidade, e graças a isso, ele tem uma bolsa para estudar lá.

Amelia nasceu em berço de ouro e sempre teve tudo o que sonhou. Seu pai, Harlan Wilkes, batalhou muito para fazer fortuna e quer garantir que sua menininha tenha um futuro brilhante. Ele vê a paixão dela pelo teatro como um hobby, e nem passa pela sua cabeça que sua filha possa sequer imaginar em se tornar uma atriz da Broadway. Mais impossível ainda para ele é imaginar que sua filha tem um namorado e uma vida sexual ativa, ainda mais com um pé rapado como Antony Winter.

Por todos esse motivos, Amelia prefere manter seu romance em segredo, pois teme a reação do pai. Mas, uma manhã ela esquece seu notebook na cozinha e seu pai volta o mais cedo do trabalho. Ele decide bisbilhotar as coisas da filha e encontra fotos de Antony nu. Imediatamente Harlan liga para a polícia, e denuncia o garoto que horas depois é preso acusado de sexting.

* * * * *

Com uma história dessas o livro tinha tudo para ser uma leitura espetacular! Adolescentes apaixonados, romance proibido, uma injustiça contra o garoto - eu tinha certeza que ia amar. Sem contar que fala de um tema polêmico, o sexting, que consiste no envio e divulgação de conteúdos eróticos, sensuais e sexuais com imagens pessoais pela internet. Mas acontece que a leitura não emplacou, se arrastou por duas semanas e se transformou numa tortura para mim, e vou explicar porque.

A narrativa da Therese Fowler é muito boa, quase poética. Ela descreve cada sentimento e cada detalhe da cena de uma maneira tão metódica que lá pela página 100 o que tinha sido encantamento se transformou em chateação. Nas horas mais tensas da história eu tinha que ler descrições da toalha da mesa ou os devaneios do personagem com fatos do passado.

Os personagens também não conseguiram me cativar, principalmente Amelia. Ela simplesmente não tinha reação diante dos desmandos do pai e acatava tudo calada, e isso me irritou profundamente. Uma pessoa que diz amar a outra procuraria ao menos defender o amado, não é? Mas não é isso o que acontece. Quando vi na capa que o livro seria um Romeu e Julieta dos nossos dias, eu esperava que Amelia tivesse ao menos um pouco da coragem de Julieta, que casou escondido, tomou veneno para se fazer de morta e depois, quando viu que nada tinha dado certo, enfiou uma adaga no coração. Não esperava ver a apatia e a sonsice de Amelia.

Outra coisa que me incomodou foi a capa, muito bonita mas nada a ver com a história. Um garoto louro com uma menina morena deitados numa praia... quando os capistas vão entender que precisam ao menos conhecer a história para fazer uma capa coerente?

Bom gente, deu para perceber que não gostei nada do livro. Pode ser que tenha relação com o momento tenso que estou vivendo, talvez se mais para frente eu reler o livro eu tenha uma opinião mais positiva a respeito dele, mas por ora não me agradou, e por isso não deixo de recomendar o livro para quem goste de uma narrativa bem dramática.

A Autora

Therese Anne Fowler é bacharel em Sociologia e mestre em Escrita Criativa. Seu trabalho recebeu menção honrosa da Sociedade Faulkner e foi premiado com o Thomas Wolfe Fiction. Foi assistente editorial e ensinou Escrita de Ficção na faculdade, antes de sair da academia para escrever em tempo integral. Nascida em Illinois, tem dois filhos e dois enteados, e vive na Carolina do Norte com o marido. Em 2009, seu filho, então com 19 anos, foi preso sob a acusação de sexting. Com a intenção de deixar claro aos jovens, e aos seus pais, do que se trata esta prática, Fowler escreveu o romance Esc@ndalo.

Avaliação (1 a 5) 





B-jusssss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

3 comentários :

  1. Oiii Nina,
    Sério que foi assim tão enfadonho??? Eu estava esperando algo ao menos próximo do comparativo, mas a Amélia é uma banana e nada tem de Julieta. Tenho pena duplamente do Anthony.
    Eu não tinha vontade de ler e agora que passo a leitura mesmo, acredito que mais para frente possa até dar uma chance.
    Espero que sua próxima leitura seja melhor.

    Minha Velha estante
    Leitura Nossa de Cada Dia

    ResponderExcluir
  2. Oi Danielle!
    Pois é, minha experiência com o livro não foi muito positiva, mas vi resenhas de gente que adorou. Talvez seja meu estado de espírito, tpm ou coisa assim, mas eu não consegui curtir não...
    B-jussss!

    ResponderExcluir
  3. Puxa, eu tenho um livro de Therese Fowler, Souvenir e gostei dele, sabe? Não daria 5 estrelas mas foi muito bom. É uma pena você não ter gostado desse livro, eu ainda não o li, agora não sei se leio ou não! hehe beijoss

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados