Para Sempre - Kim e Kricktt Carpenter

"Prometo defender o nosso amor e estimá-lo acima de qualquer coisa. Prometo ser compreensivo, tolerante e paciente. Prometo cuidar de cada de suas necessidades. Prometo respeitá-la e amá-la completamente. Acima de tudo, prometo que não importam quais adversidades nós tenhamos que enfrentar, eu nunca me esquecerei dos votos que fiz: protegê-la, guiá-la e cuidar de você, até que a morte nos separe."
Kim Carpenter era um jovem e promissor técnico de beisebol que ao ligar em uma loja de equipamentos esportivos para encomendar casacos se surpreende com a doçura e espontaneidade da atendente, Kricktt. Começa aí uma profudo amizade alimentada por longos telefonemas e cartas (pois na época eles não tinham as facilidades da internet), pois eles viviam em cidades distantes. Não demora para que essa amizade se transforme em amor, e eles decidem se casar.

Com dois meses de casados, eles decidem passar o feriado de Ação de Graça com os pais de Kricktt e partem animados para sua primeira viagem. Mas o carro do casal é atingido por uma caminhonete que transitava em alta velocidade e Kricktt tem ferimento sério na cabeça, que a deixa em coma por semanas. Kim, cumprindo os votos que fez no seu casamento, acompanha a esposa em todo seu tratamento e para sua surpresa, quando ela acorda, parte de sua memória está comprometida e ela simplesmente não se lembra de que é casa ou de que algum dia conheceu Kim Carpenter.

Começa então uma longa caminhada, em que Kim terá que aprende a amar e a conviver com a nova Kricktt, e tentar fazê-la se apaixonar por ele de novo.
Os verdadeiros Kim e Kricktt
Para Sempre é uma história de amor comovente, que tem tudo para fazer você secar todo seu estoque de lágrimas, o problema é que ele é extremamente autobiográfico. Lendo o livro é sentia como se estivesse sentada com Kim ouvindo a versão dele da história. Isso não me desagradou, de forma alguma, eu só senti falta de um pouca da Kricktt também. Quis saber como era para ela toda aquela confusão de acordar em um hospital e todos dizerem que você é casada com um completo estranho.

O livro é bem técnico e descritivo, tanto que enquanto ele descrevia o acidente, eu senti tonturas (tenho medo de sangue, rsrs) de tão real que me pareceu a cena. Eu consegui visualizar cada cena que era descrevida com muita facilidade. Mas a emoção ficou um pouco em segundo plano, achei que eu iria me acabar de chorar, como descrições das rejeições que Kim sofreria da própria esposa, mas não houveram essas cenas, tão carregada de emoção.

O livro também é recheado de espiritualidade, o que parece que incomodou muita gente. Mas no fundo,me pareceu que esse era o objetivo do casal ao escrever o livro. Ambos eram muito devotos e muito convictos de sua fé, e queriam compartilhar isso com o mundo. Foi a fé deles em Deus e o desejo de cumprir os votos que ambos fizeram diante do altar que salvou seu casamento, que fez com que eles tivessem forças para lutar contra todas as adversidades que sofreram.

Esse é um livro que todos deveriam ler antes de se casar. Muita gente não entende o que significa o casamento, o quanto esse sacramento é sagrado para Deus. Muitos se casam por impulso, por desejo, e não pensam no que é viver todos os dias com a aquela pessoa, que, como todos, é recheada de defeitos e imperfeições. É preciso que se ame muito, que se tenha muita paciência e muito vontade de estarem juntos para que um casamento funcione. E é isso que Kim e Kricktt provam como sua história de amor e superação.

O livro, como todos já devem saber, se transformou num filme com Rachel McAdams e Channing Tatum, que estreia em 8 de junho.Estou postando o trailer para vocês, parece que trocaram os nomes dos personagens, mas mesmo assim, dever ser um filme lindíssimo. Estou ansiosa para ver essa história nas telonas!



B-jusssss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados