As Violetas de Março - Sarah Jio


JIO, Sarah. As Violetas de Março. Ribeirão Preto, SP: Editora Novo Conceito, 2013. 302 páginas. Título original: The violets so march.

Avaliação (1 a 5) ♥ ♥ ♥ ♥

"- Agora, aquele diário. Sim, ele encontrou o caminho até suas mãos. Você precisa continuar a ler. Emily. A história é importante, e você descobrirá por quê.
Deixei escapar um suspiro profundo.
- Gostaria que tudo isso fizesse mais sentido.
- Eu já falei muito, querida - ela afirmou - Não é algo sobre o que eu deva falar. Mas você merece saber a história. Continue lendo, e as respostas virão." (p. 63)

Quando comecei a leitura de As Violetas de Março estava totalmente sem expectativas. Pouco tinha lido a respeito do livro, mesmo sabendo que ele era a grande aposta da Novo Conceito para o mês de março, e aos poucos fui me rendendo à escrita de Sarah Jio.

Emily Wilson é uma jovem escritora cujo único livro se tornou um fenômeno literário, apesar dela não gostar muito da obra e acreditar que não se parece com ela. Talvez por isso ela nunca mais conseguiu voltar a escrever, tudo lhe parecia medíocre e insuficiente. Ela é casada com Joel e acha que tem o casamento ideal, até ele lhe pedir o divórcio e ir morar com outra garota.

Desestruturada, Emily decide passar o mês de março na casa de sua tia avó Bee, em Baindridge - a ilha onde ela passava férias quando criança e que não voltava há vários anos - para tentar se reorganizar. Enquanto tenta esquecer o ex marido e reunir material para um novo livro, Emily se vê dividida entre dois pretendendes: Greg, um antigo namorado de férias, e Jack, que, por algum motivo desconhecido, não tem a aprovação de Bee.

No entanto, durante esse mês, a melhor companhia de Emily será um misterioso diário que ela encontrará perdido em uma gaveta do casarão da tia. Nele narra-se a história de Esther, uma jovem recém casada que, no ano de 1943, terá que decidir entre entre cumprir os votos do matrimônio com Bobby ou se render ao amor avassalador que sente por Elliot, seu primeiro namorado.

Durante a leitura do diário, Emily vai se surpreender com a série de coincidências entre sua história e a de Esther enquanto tenta descobrir quem são aqueles personagens narrados na história, se são reais ou fictícios. Ao mesmo tempo em que desvenda essa mistério, ela buscará dar um novo sentido à sua vida.

* * * * *

Foi surpreendente perceber como este livro foi me cativando. No início a leitura foi bem morna e eu acreditei estar diante de mais uma história previsível. Mas me enganei muito! O enredo é repleto de surpresas e reviravoltas e logo me vi completamente presa às suas páginas.

A escrita de Sarah Jio é impecável. Com uma sensibilidade única, ela consegue nos contar uma história repleta de surpresas, mistérios e paixão em pouco mais de trezentas páginas, uma estreia notável. Ela conseguiu criar um ambiente único e descrevê-lo com maestria, inserir nele uma grande gama de personagens com características distintas e separados por um longo período de tempo, e ainda montar um quebra-cabeças instigante que prende a atenção do leitor.

Emily é uma boa personagem, que cresce a olhos vistos. Conforme ela vai se distraindo de seus problemas e se envolvendo com a trama do diário, a história cresce e ganha novas nuances. Mas, por ser narrado em primeira  pessoa, perdemos muitos dos demais personagens e seus conflitos. Confesso que fiquei curiosa para conhecer mais sobre Bee e Elliot.

E agora, somem a tudo isso um final surpreendente, que me deixou com lágrimas nos olhos. Depois de terminada a leitura fiquei pensando que poderia ter previsto facilmente tudo aquilo, mas acho que me envolvi tanto que perdi um pouco da minha capacidade de desvendar segredos. 

A capa e a diagramação do livro também estão impecáveis, com o inferior das páginas decorado. Ficou lindíssimo e mais uma vez a Novo Conceito arrasou!

Recomendo muito esse livro e acrescento, é leitura obrigatória para quem gosta de um bom romance recheado de mistérios.

B-jusssss! ♥
;-p


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados