A Desconstrução de Mara Dyer - Michelle Hodkin

HOODKIN, Michelle. A desconstrução de Mara Dyer. Tradução Mariana Kohnert. Rio de Janeiro: Galera Record, 2013. 378 páginas. (Mara Dyer v.1). Título original: The Unbecoming of Mara Dyer.

"A garota no espelho sorriu. Mas não era eu.
Era Claire. As mechar ruivas caíam em cascata sobre meus ombros, onde meu cabelo castanho deveria estar. E então o reflexo se curvou de modo sinistro no espelho. O banheiro ficou torto, me jogando para um lado. Mordi a língua apoiei as mãos no balcão. Quando olhei para o espelho, era novamente meu rosto que me encarava." (p. 35)

Desde o lançamento de A Desconstrução de Mara Dyer eu fiquei curiosa com ele. Quando li as primeiras resenhas, o livro entrou fácil na minha wishlist: um sobrenatural com pitadas de terror não tem como não agradar. Mas a lista de livros para ler era tão extensa que acabei demorando um pouco mais do que gostaria para ler.

Há poucos meses a vida de Mara Dyer virou de cabeça para baixo. Depois de um acidente horrível, sua melhor amiga Rachel, seu namorado Jude e a irmã dele Claire, morreram soterrados no desabamento de um antigo sanatório. Mara também estava com eles e escapou apenas com um olho roxo, mas ela não consegue se lembrar do aconteceu, porque ela e seus amigos estavam no prédio abandonado no meio da madrugada, como eles chegaram até lá ou o que provocou o desabamento. Os três dias anteriores ao desabamento foram completamente apagados de sua memória.

Tentando ajudar a filha a voltar a ter uma vida normal, os pais de Mara decidem se mudar para a Flórida, acreditando que uma mudança de ares seria uma solução para o Transtorno de Estresse Pós-Traumático que a garota estava desenvolvendo. Mas mesmo do outro lado do país, a situação não parece melhor e coisas estranhas começam a acontecer, Mara passa a ter alucinações com os amigos mortos e com o prédio desabando em sua cabeça; pior, nos momentos de raiva, pessoas que Mara desejava que estivessem mortas de alguma forma morriam, exatamente como ela imaginava.

Ela está tão confusa que tem certeza que está enlouquecendo, e está claro que este não é o melhor momento para se apaixonar... Mas Noah Shaw parece estar em todo lugar. Lindo, atencioso, com uma pinta de badboy e envolto em mistério, Noah é irresistível para Mara e parece ser o único com quem ela pode contar. Mas ele carrega um segredo tão surpreendente quanto o dela.

* * * * *

Sem fôlego. Foi assim que fiquei a maior parte do tempo em que li esse livro. É tanto mistério, tanta reviravolta, que eu já não sabia mais o que esperar do livro. Confesso que leituras assim costumam me deixar tensa, mas eu adorei ser surpreendida!

A narrativa de Michelle Hodkin é incrível! Ela cria uma linha muito tênue entre o que é real e que é imaginário e brinca com isso o livro todo. Tem momento em que é difícil saber se aquela situação está acontecendo mesmo ou se é uma alucinação de Mara, já que a narrativa é em primeira pessoa. Isso dá mais emoção a leitura e faz com a gente fique grudado nas páginas.

Os personagens são muito bem construídos. É difícil não gostar de Mara e não querer que ela consiga resolver logo seus dilemas. Mas é impossível não se apaixonar por Noah! Ele é tão cínico e misterioso e ao mesmo tempo está sempre a tão disposto a ajudar, que não sei porque Mara demorou tanto para se entregar a ele. Na verdade eu sei: são tantos traumas e dúvidas que é difícil que a garota encontre espaço para paixão em sua vida. Mas Noah é insistente, e a autora vai lentamente fortalecendo os laços entre os dois antes de nos revelar o grande mistério do livro - que, obviamente eu não vou contar aqui - e isso faz com que seja mais fácil entender a evolução dos fatos.

Uma capa linda, um enredo incrível e personagens instigantes, tudo arrematado com um final surpreendente, ou seja, não tem como não gostar de A Desconstrução de Mara Dyer e não querer a continuação agora! Recomendo para todos que procuram um sobrenatural diferente e bem sinistro!

Trilogia Mara Dyer
  1. A Desconstrução de Mara Dyer
  2. The Evolution of Mara Dyer (ainda não lançados no Brasil)
  3. The Retribution of Mara Dyer
A Autora

Michelle Hodkin cresceu na Flórida, cursou faculdade em Nova York e estudou direito em Michigan. Quando não está escrevendo, costuma ser encontrada arrancando objetos dos mais variados do focinho de seus três animais de estimação. Este é seu primeiro romance.


Avaliação (4/5)





B-jusssss! ♥
;-p

2 comentários:

  1. Michelli Santos Prado27 de dezembro de 2013 16:46

    OI Nina!!
    Quero muito ler essa série. Mistério, suspense com paranormal tudo reunido, não poderia ser melhor. Espero que os outros livros acompanhe o que todos dizem, pois não vi ninguém reclamar desse livro até hoje.Parabéns pela resenha, fiquei ainda mais curiosa para ler o livro!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Michelli!
    Essa série é realmente muito boa, tbm torço para que a qualidade não caia nos outros livros, mas já aconteceu com tantas séries!!!


    B-jusssss! ♥

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p