O Lado Mais Sombrio - A. G. Howard


HOWARD, A. G. O Lado Mais Sombrio. Tradução: Denise Tavares Gonçalves. Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito, 2014. 367 páginas. (Splintered, v.1). Título original: Splintered.

Skoob
Orelha de Livro

Sinopse
"Alyssa Gardner ouve os pensamentos das plantas e animais. Por enquanto ela consegue esconder as alucinações, mas já conhece o seu destino: terminará num sanatório como sua mãe. A insanidade faz parte da família desde que a sua tataravó, Alice Liddell, falava a Lewis Carroll sobre os seus estranhos sonhos, inspirando-o a escrever o clássico Alice no País das Maravilhas. Mas talvez ela não seja louca. E talvez as histórias de Carroll não sejam tão fantasiosas quanto possam parecer. Para quebrar a maldição da loucura na família, Alyssa precisa entrar na toca do coelho e consertar alguns erros cometidos no País das Maravilhas, um lugar repleto de seres estranhos com intenções não reveladas. Alyssa leva consigo o seu amigo da vida real – o superprotetor Jeb –, mas, assim que a jornada começa, ela se vê dividida entre a sensatez deste e a magia perigosa e encantadora de Morfeu, o seu guia no País das Maravilhas. Ninguém é o que parece no País das Maravilhas. Nem mesmo Alyssa..."

Preciso confessar para vocês que sempre adorei adaptações. Sei que minha opinião não é muito comum, mas adoro ler versões novas de histórias antigas e bem conhecidas, principalmente se o autor consegue acrescentar algo novo e inusitado. Claro que corre-se o risco de se “cair no mais do mesmo” e acabar destruindo uma obra que já era boa por si só. Infelizmente, é isso o que acontece na maioria das vezes e era isso o que eu temia quando comecei a ler “O Lado Mais Sombrio”, de A. G. Howard.

Mas imaginem o tamanho da minha surpresa ao ver o quanto Howard conseguiu inovar e criar uma história totalmente nova e surpreendente em cima da obra Lewis Carrol! Vamos combinar que esse não é um vespeiro fácil de se mexer: todo mundo ama Alice no País das Maravilhas e a autora poderia ser execrada publicamente se errasse. Mas ela arriscou e acertou, o livro ficou incrível e acredito que até mesmo Carrol, se tivesse oportunidade, aplaudiria seu trabalho.


O Lado Mais Sombrio traz uma versão completamente underground e assustadora do País das Maravilhas. Imagine uma Alice grounge e skatista, com o cabelo colorido e cheio de dreadlocks e que consegue se comunicar com insetos e plantas. Acrescente a isso uma infância marcada pela perseguição dos colegas de escola por ela se parente de Alice Liddel (a criança que inspirou Carrol a escrever Alice no País das Maravilhas) e o fato de todas as mulheres de sua família terem terminado seus dias em um hospício. Essa é a realidade de Alyssa Gardner, e é impossível não se render aos seus encantos. Ela tem uma personalidade única e cativante, é forte, corajosa, inteligente e enfrente de cabeça erguida todos os desafios que o País das Maravilhas lhe apresenta.

E que País das Maravilhas é esse? Todos os elementos que nós conhecemos estão lá: o Coelho Branco, o Chapeleiro Maluco, a Lagarta, a Rainha de Copas... mas são completamente diferentes do imaginamos, são seres bizarros e sombrios, intraterrenos, meio humanos, meio monstros. Assim, revemos os velhos personagens com uma roupagem totalmente nova e muito assustadora!

Além disso, o livro está repleto de cenários exóticos e cenas de muita ação e aventura... e até mesmo um pouquinho de romance. Uma trama inteligente, com ótimos diálogos e mistérios que realmente nos desafiam. Sem contar o quanto Howard acertou na sua narração, ela consegue nos prender da primeira a última página, pois o livro é rico em detalhes, elementos e referências que só lendo você vai entender. Ela conseguiu trazer o que há de melhor no País das Maravilhas, mas numa versão bem mais sombria e underground.


O Lado mais Sombrio já se transformou em uma das melhores leituras do ano. Com um enredo incrível e com mais uma diagramação perfeita do pessoal da Novo Conceito, que arrasou mais uma vez. E ainda tem essa capa perfeita, estou totalmente in love por ela!

Série Splintered


  1. O Lado Mais Sombrio – (Splintered)
  2. The Moth in the Mirror (Splintered, #1.5) – Ainda não lançados no Brasil
  3. Unhinged (Splintered, #2)
  4. Ensnared (Splintered, #3)

Sobre a Autora

A. G. Howard escreveu O Lado Mais Sombrio, seu primeiro livro, enquanto trabalhava em uma biblioteca escolar. A autora espera que o seu intrigante e psicodélico tributo a Lewis Caroll inspire os leitores a se interessarem pelas histórias que ela aprendeu a amar na infância. A. G. Howard vive em Amarillo, no Texas.



Avaliação (5/5)






B-jusssssss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

2 comentários :

  1. Ei Nina


    Vi tantos elogios já para este livro. Eu quero ler, mas minha fila está daquele jeito rsrs. E como é trilogia vou sempre deixando para depois, tentando não começar muita série nova ao mesmo tempo.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bom? Perguntinha... É realmente uma trilogia? Sabe se a autora pretende publicar mais continuações?

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados