No Mundo da Luna - Carina Rissi


RISSI, Carina. No Mundo da Luna. Campinas, SP: Verus, 2015. 476 páginas. Skoob.

Sinopse:
"A vida de Luna está uma bagunça! O namorado a traiu com a vizinha, seu carro passa mais tempo na oficina do que com ela e seu chefe vive trocando seu nome.
Recém-formada em jornalismo, ela trabalha como recepcionista na renomada Fatos&Furos. Mas, em tempos de internet e notícias instantâneas, a revista enfrenta problemas e o quadro de jornalistas diminuiu drasticamente. É assim que a coluna do horóscopo semanal cai no colo dela. Embora não tenha a menor ideia de como fazer um mapa astral e não acredite em nenhum tipo de magia, Luna aceita o desafio sem pestanejar. Afinal, quão complicado pode ser criar um texto em que ninguém presta atenção?
Mas a garota nem desconfia dos perigos que a aguardam e, entre muitas confusões, surge uma indesejada, porém irresistível paixão que vai abalar o seu mundo. O romance perfeito — não fosse com o homem errado. Sem saída, Luna terá que lutar com todas as forças contra a magia mais poderosa de todas, que até então ela desconhecia: o amor.
Com seu estilo ágil e fluido, Carina Rissi criou em No mundo da Luna uma leitura viciante, permeada de humor, magia e paixão, que vai conquistar você do início ao fim."

Mesmo com toda a fama que Carina Rissi tem no meio literário, eu nunca tinha lido nada dela - mas que fique registrado que não foi por falta de vontade e sim de oportunidade! Então imaginem a vontade que eu estava desse livro e a minha alegria quando o recebi. Acompanhem agora as minhas opiniões sobre No Mundo da Luna.

Luna tem 24 anos, é formada em jornalismo, e trabalha na revista Fatos & Furos como recepcionista. Seu grande sonho é ter uma oportunidade para mostrar seus talentos ao seu chefe, o grande redator chefe Dante Montini. Ele é muito conhecido no meio jornalístico, quase uma celebridade, mas extremamente mau humorado e exigente com seus funcionários, usa roupas típicas de um nerd acompanhadas de um horrível óculos de aro de plástico preto e insiste em chamar Luna de Clara. Então não é novidade o fato dela odiá-lo.

A grande chance que ela espera chega quando uma das colunas da revista fica vaga e Dante a oferece a Luna. O problema é que se trata do horóscopo, mas antes uma coluna ruim do que coluna nenhuma e ela aceita o desafio: compra um antigo baralho cigano e começa a fazer previsões para os signos de maneira bem descontraída, mesmo com os avisos da dona da loja e de sua avó.

Mas Luna não se preocupa com isso, pois ela não acredita em magia, mesmo sendo neta de ciganos. O problema é que uma série de confusões começa e toda a vida dela e dos que a cercam sai dos trilhos. Seria culpa da magia ou mera coincidência?

Bem chick-lit né? Mocinha inocente, linda de morrer mas que não tem noção disso, que odeia o emprego e com um chefe insuportável. Mocinho adorável e que se esconde por trás de um jeito durão, mas que se desmancha em carinhos e atenção à sua amada. Os dois ficam sem querer, não admitem a atração, brigam por motivos tolos e reatam logo depois. Ela faz confusão com alguma coisa sem sentido, termina o relacionamento, depois percebe que errou por pura falta de comunicação e tenta voltar atrás, mas não sabe como.

Previsível e muito clichê, mas quem não uma um clichê bem escrito? É o que acontece com esse livro, ele não tem nada de extraordinário, mas a escrita fluída da Carina Rissi faz toda a diferença. Outra grande distinção é o fato da Luna ser neta de ciganos, mas como ela renega a cultura, isso quase não influencia na história. E eu senti falta disso no livro, pois confesso que esperava muito mais da cultura cigana.

A Luna me irritou um pouco com toda aquele indecisão e dificuldade em entender o que se passa à sua volta. Ela é chata e infantil, nunca fala sobre o que pensa e está sempre fazendo tudo errado só para se arrepender depois. Já o Dante é fofura em pessoa, com toda aquela "nerdice". Até nos seus momentos de mau humor ele é fofo, e para mim, de longe, ele é o melhor do livro. Os personagens secundários também são bons, especialmente os pessoal que trabalha na revista.

Enfim, o livro não é ruim, mas não não tudo aquilo que eu esperava. É bonitinho, engraçadinho, tem algumas partes hot, mas nada demais. Talvez se fosse mais curto eu teria me incomodado menos, mas com 476 páginas acabou ficando tudo muito mais do mesmo.

A Autora

Carina Rissi é uma leitora voraz, sempre lê a última página de um livro antes de comprá-lo e tem um fascínio inexplicável pelo tema “amores impossíveis”. Vê nas obras de Jane Austen uma fonte de inspiração.
Quando se desgruda dos livros — tanto dos que lê quanto dos que escreve —, Carina se diverte assistindo a comédias românticas ao lado da família e planejando viagens a lugares exóticos que não conhecerá tão cedo, devido ao seu pavor de avião.
Ela nasceu em Ariranha, interior de São Paulo, onde mora atualmente com o marido e a filha, após ter vivido uma curta temporada na capital paulista.
É autora de Perdida, Encontrada, Procura-se um marido e No mundo da Luna, lançados com grande sucesso pela Verus e que a tornaram conhecida em todo o país.

Avaliação (3/5)






B-jusssss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

22 comentários :

  1. Oi Nina, eu vi uma resenha sobre esse livro há alguns dias e mesmo sendo diferente da sua, pois só falaram maravilhas. Eu me interessei pela história da Luna, apesar de ser romance, achei bem legal a premissa. Mas o que me desanimou foi o fato de não ter muito sobre a cultura cigana, como você falou, pois isso foi o que mais me atraiu nesse livro. Acho que teria tornado a trama mais rica. Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
  2. Oi oi

    Quando foi lançamento deste livro, eu não me senti atraída por ele e estava "todos" comprando e tal...
    Mesmo a Luna recusando a cultura cigana, poderia ter coisas e mais coisas sobre, ai seria outra coisa...
    Sua resenha deixou tudo claro e esse livro continua não estando na minha lista de desejados, infelizmente.

    Beijoos
    Blog Mais Café

    ResponderExcluir
  3. Ganhei esse livro de presente, e ainda não me animei a ler. Mas sem dúvida vou ler em breve, sua resenha me deixou mais pé no chão, não terei tantas expectativas, não será como "Perdida", mas acho que por conhecer a autora e gostar dos seus livros, vale a pena ariscar.

    Beijos, amei a resenha super sincera ♥

    Dani Cruz

    http://blog-emcomum.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Déborah Araújo28 de maio de 2015 13:05

    Oi, Nina!
    Acho que as vezes página demais é para enrolar... E fica repetitivo e a gente acaba brochando sobre o assunto.
    Parece fofo mesmo, mas acho que poderia ser um pouco menos.
    Não li nada da Carina e não tenho vontade agora.



    Lisossomos

    ResponderExcluir
  5. Kétrin Galvagni28 de maio de 2015 20:46

    Oi Nina, eu nunca li nada da autora ainda, mas tenho muita curiosidade. Eu espero ler esse livro um dia, apesar dele ser clichê, parece interessante, já que adoro um bom clichê! haha

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Nina!

    Incrível como tivemos opiniões diferentes sobre o livro, haha!

    Concordo com você que a Luna é bem chata as vezes, e que o Dante é o melhor personagem do livro, mas eu discordo da sua opinião de que "faltou coisa sobre a cultura cigana", pois eu acho que a Carina soube colocar muito bem essa cultura linda sem parecer dar uma "aula" sobre a cultura e a sociedade cigana.

    O livro conseguiu me encantar muito, e acho que apesar de clichê, ele tem lá o seu diferencial.

    Beijos

    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/2015/05/02-book-haul-abril-e-maio.html

    ResponderExcluir
  7. Desbravadores de Livros29 de maio de 2015 13:52

    Olá, Nina.
    O livro não faz exatamente o meu estilo e acho que, assim como você, não conseguiria aproveitá-lo completamente.
    Excelente resenha, mas não leria a obra.

    http://desbravadoresdelivros.blogspot.com.br - Participe do nosso top comentarista de maio. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  8. Luciana Martinho31 de maio de 2015 15:27

    Oi Nina!

    Eu já não tava muito afim de ler esse livro, é muito mimimi num lugar só e sei lá, apesar de gostar dessa coisa esotérica, Luna já não tinha me agradado, agora você falando que ela é indecisa e BURRA (Acrescentado por mim), me faz não querer ler mesmo, até porque é muito longo sendo mais do mesmo já me irrita!!!
    Beijos

    LuMartinho |Face

    ResponderExcluir
  9. Oi Nina!
    Eu terminei a leitura desse livro na semana passada e gostei muito, só achei que tem algumas partes enroladas kkk

    Bjks!

    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi Nina!
    Quando li "Procura-se um Marido", da mesma autora, me senti como você na leitura de "No Mundo da Luna", achei a narrativa dela bem legal, mas me irritei um pouco com a protagonista e considerei que faltou um algo para que o enredo fosse mais original e marcante.
    Beijos... Elis Culceag * www.arquivopassional.com

    ResponderExcluir
  11. Heey!

    Eu tenho muito receio de ler os livros dessa autora, já li várias resenhas negativas e temo me decepcionar. Pela sua resenha eu já tive a sensação de que esta não seria uma leitura muito agradável rsrs, eu odeio livros que tem temáticas que podem ser muuuito exploradas e são deixadas de lado!

    Adorei seu blog ^^

    Abraços!

    http://desbravando-o-infinito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Guilherme!
    Que bom que gostou do Quem Lê, espero que volte sempre!
    Eu estava mesmo muito ansiosa para conhecer o trabalho Carina Rissi, sempre ouvi muito elogios, e mesmo tendo me decepcionado um pouco, quero continuar lendo os livros dela para ter certeza de que não estou equivocada. Pondo tudo na balança, não é que o livro seja ruim, só é mais do mesmo, entende?
    B-jussss! ♥

    ResponderExcluir
  13. Oi Elis!
    Pelo visto os dois livros tem o mesmo problema, né? Mas eu gostei tanto da narrativa da Carina que mesmo assim quero ler os demais livros dela. Adorei sua visita.
    B-jussss!

    ResponderExcluir
  14. Enrolação é o nome do meio desse livro, Carlinha, kkkkkkk
    B-jussss!

    ResponderExcluir
  15. Oi Lu!
    Sabe que eu cheguei a escrever burra na resenha, mas aí achei que estava pegando muito pesado com a Luna e apaguei, kkkk.
    Mas no final das contas, não é livro ruim, se tivesse umas 250 páginas seria perfeito!
    B-jusssssss!

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Obrigada pela visita.
    Estou correndo lá me inscrever no top comentarista! kkkk
    B-jussss!

    ResponderExcluir
  17. Oi Gu!
    Essa é a grande graça do mundo, a diversidade de opiniões. Eu concordo que o livro é fofo, que o Dante é incrível, mas a Luna é muito mala!!! E eu bem que gostaria de um pouquinho mais da cultura cigana, acho que não ficaria professoral.
    B-jusss!

    ResponderExcluir
  18. Eu também adoro um clichê Kétrin, mas quando começa a ser repetitivo a gente desanima, né?
    B-jussss!

    ResponderExcluir
  19. Oi Deby!
    Ninguém merece enrolação! Acho que escreve livros longos é uma arte que poucos autores dominam, kkkk
    B-jusss!

    ResponderExcluir
  20. Oi Dani!
    Sabe que mesmo tendo me decepcionado com O Mundo da Luna eu quero ler os demais livros da Carina Rissi. Tanta gente elogia que imagino que talvez tenha algo que deixei escapar, sei lá.
    B-juss!

    ResponderExcluir
  21. Oi Jess!
    O livro é meio "malinha" mas não quero desaconselhar a leitura. Leia, quem sabe sua opinião não é diferente da minha?:
    B-jusss!

    ResponderExcluir
  22. Oi Gleyse!
    Também acho que se tivesse mais sobre a cultura cigana o livro seria muito mais rico. Uma pena não ter acontecido...
    B-jusss!

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados