Uma Curva no Tempo - Dani Atkins


ATKINS, Dani. Uma Curva no Tempo. Tradução: Raquel Zampil. São Paulo: Arqueiro, 2015. 240 páginas. Título Original: Fractured. Skoob.

Sinopse:
“A noite do acidente mudou tudo...

Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim... Ou funciona?

A noite do acidente foi uma grande sorte...

Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente?”

E se tivesse sido diferente? E se minha escolha tivesse sido outra? E se eu pudesse fazer diferente? Quem aqui nunca pensou em uma chance de voltar no tempo e refazer seus erros? Quem aqui nunca sonhou em como estaria sua vida se certas coisas não tivessem acontecido? É disso que se trata Uma Curva no Tempo, primeiro livro de Dani Atkins, e que venho agora dividir minhas impressões com vocês.

Rachel Wiltshire está prestes a realizar seu grande sonho: cursar a faculdade de jornalismo. Na noite do jantar de despedida, ela e seus amigos sofrem um grave acidente quando um carro desgovernado atravessa a vidraça do restaurante e atinge a mesa deles. Rachel fica presa entre um pilar e a mesa e só consegue escapar por que seu melhor amigo Jimmy, perde a vida para salvá-la.

Cinco anos depois sua vida está um caos. Seu rosto ficou marcado por uma cicatriz, seu pai está morrendo com um câncer, ela não foi cursar jornalismo e trabalha como secretária em um escritório. Além disso, ela afastou todos seus amigos e nunca mais falou com Matt, seu namorado na época do acidente. Ela vive em um pequeno apartamento em cima de uma lavanderia, e está sempre atormentada por dores de cabeça incessantes e pela culpa pela morte de Jimmy.

Mas de repente, Rachel se vê obrigada a encarar seus antigos amigos, pois todos se reencontrarão para o casamento de Sarah. Ela tenta vencer seus fantasmas ao visitar o túmulo de Jimmy, mas no cemitério ela tem uma forte crise de dor de cabeça e perde a consciência.

Quando acorda no hospital, Rachel tem uma surpresa: seu pai está bem e saudável, Matt está ao seu lado e garante que estão noivos e que ela é jornalista em uma grande revista e Jimmy está vivo. Confusa e desesperada, ela tenta encontrar respostas para o que está acontecendo e tem certeza de que nada daquilo é real, mas será que ela quer voltar para sua vida antiga?

Uma Curva no Tempo foi um livro pelo qual eu esperei ansiosamente, com essa premissa eu tinha certeza que o livro seria ótimo. Eu imaginava como seria um livro onde o personagem pudesse voltar no tempo e consertar aquilo que o incomoda, mas sem estragar tudo em volta. e por isso tinha quase certeza que ia amar o livro. Mas infelizmente não foi bem assim que aconteceu, mesmo com tantos elogios e resenhas positivas que esse livro acumula, ele não conseguiu me convencer.

A primeira parte do livro até que me prendeu, consegui acompanhar o desespero e a culpa de Rachel pela morte de Jimmy. Mesmo sendo bem melancólico, eu gostei, senti simpatia pelos personagens. Mas depois que ela acorda em sua nova realidade, comecei a achar tudo muito chato e repetitivo. Mesmo estando em um lugar muito melhor, Rachel não pára de bancar a louca e querer provar a todos que está certa. Não seria muito mais fácil tentar se adaptar e aos poucos provar que está certa? Ela insistia tanto nisso que comecei a implicar com ela, afinal de contas ela finalmente tinha o emprego dos sonhos, o pai saudável e Jimmy vivo!

Outra coisa que me incomodou é que foram tantas páginas insistindo na mesma coisa que sobrou pouco para o romance. Tudo bem que desde o começo a gente percebe que há algo mais na amizade de Rachel e Jimmy, mas isso não significa que eles não mereçam ter uma história bem desenvolvida.

E, finalmente, o que mais me incomodou foi o final! Além de ser muito previsível (na metade do livro eu já desconfiava de algo assim) eu achei um pouco preguiçoso. pois um final diferente forçaria a autora a resolver melhor os problemas dos personagens. Entendo que a autora quis falar da rapidez e finitude da vida, mas também acho que Rachel merecia mais… Isso é o máximo que posso dizer sem dar spoiler!

Enfim, é um livro bacaninha e tem uma trama interessante, mas que poderia ter sido muito mais.

A Autora

Dani Atkins nasceu e foi criada em Cockfosters, Londres. Somente quando seus dois filhos estavam crescidos e saíram de casa, ela decidiu se dedicar ao sonho de ser escritora. Uma curva no tempo é seu primeiro romance.



Avaliação (3/5)






B-jussssss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

14 comentários :

  1. Oi oi Nina
    Já li muitas resenhas positivas, mas a igual a sua falando dos pontos negativos não.
    Quanto mais livros lemos, mas detalhistas viramos, que pena que faltou "mais dedicação' da autora! Pois pela sinopse parece ser um ótimo livro e como você falou não chega a ser tudo de maravilhoso.


    Beijoos
    blogmaiscafe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Nina.
    Realmente as resenhas que ando lendo sobre esse livro estão bem divididas.
    Mas com tudo que li prefiro não me aventurar nele por enquanto.
    Então ele não entrou para a listinha de desejados.
    É tão bom quando ficamos mais exigentes com o que lemos. :)


    Lisossomos

    ResponderExcluir
  3. Oi Nina, não é a primeira resenha que vejo hoje (exatamente) que se diz frustrada com o livro. Se eu lesse ele há alguns dias, ia sair da leitura tão frustrada quanto você, especialmente porque eu estava com as expectativas lá em cima.
    Que pena que não foi uma leitura tão boa.

    Beijos
    http://conjuntodaobra.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Nina, eu tenho muita curiosidade em ler esse livro, apesar de as opiniões sobre ele serem bastante diversificadas né? É uma pena que você não tenha gostado, mas eu ainda quero ler para ver o que acho, achei essa capa muito linda!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Nina!
    Nossa, só 3??
    Hummmm já comecei a ficar desanimada kkkk

    BJks!

    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Ninaa!
    Eu tô doida pra ler esse livro, já até o providenciei.
    Espero que eu não ache o final chato como você achou.
    E eu não tinha lido nada sobre ele, então pelo que você contou gostei bastante e espero continuar gostando, KKK.
    Beijoos.

    ResponderExcluir
  7. Oi Nina
    Que pena que você não gostou! Já li algo parecido, mas do jeito que você gostaria que esse fosse, ele se chama antes que eu vá e a protagonista tem a chance de reviver várias vezes e fazer o mesmo dia de formas diferentes, é muito interessante é bom... Não vou colocar uma curva na minha lista que já está super extensa e como vc não curtiu isso é só mais um motivo

    Beijokas

    ResponderExcluir
  8. Luciana Martinho7 de julho de 2015 12:42

    Oi Nina!
    Ainda bem que não fui só eu que me senti assim com o livro. O problema é que não consegui me apesar a NENHUM personagem do livro e a Rachel não me agradou em nada, personagem chatinha e birrenta U_U
    Esperei tanto do livro e levei um balde d'água T_T
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  9. Oi. Gostei da leitura, mas o final foi bem estranho, e até agora eu não entendi muito bem, se isso foi tudo uma imaginação, ou foi real, pois no final narra uma historia dela sendo desligada os aparelhos, e o seu casamento com Jimmy, e ficou meio vaga para mim, se ela morreu ou não....

    ResponderExcluir
  10. Oi Nina!

    Pra quem não leu ainda vou logo avisando que meu comentário contém SPOILER.

    Eu li esse livro e realmente amei, tanto que já li o próximo livro da autora, A História de Nós Dois, e também gostei bastante. Talvez seja um pouco difícil acompanhar a história por haver essa troca de cenário, onde em um mundo tudo está bem e no outro está tudo uma droga. Mas eu acho isso realmente interessante. Eu entendi que ela realmente morreu, e que aquela realidade em que Jimmy está vivo é um sonho que ela tem durante o coma. Ou seja, o livro tem uma reviravolta inesperada e o fim é realmente triste, chorei horrores! Super recomendo!

    ResponderExcluir
  11. Samanta Florencio21 de julho de 2016 11:18

    Eu amei o livro do minuto que comecei ao minuto que terminei, realmente no meio já suspeitava o que tinha acontecido, no entanto uma dúvida pairava, nada estava definido. No fundo esperei até o último minuto que a primeira história não fosse real.
    Achei o final delicado e incrivelmente emocionante, sinto nesse momento um vazio profundo no meu coração! Rachel encontrou seu final feliz, só dessa forma ela conseguiu ser feliz! 😍

    ResponderExcluir
  12. Samanta Florencio21 de julho de 2016 11:22

    Cada um tem sua visão de mundo, da sua vida e da vida dos outros. Eu por exemplo me enxerguei na personagem diversas vezes.
    Espero que tenha gostado da sua leitura!

    ResponderExcluir
  13. Samanta Florencio21 de julho de 2016 11:25

    Leia siam, por favor!rsrs Descobri que um livro as vezes é bom para um e não para o outro isso não desmerece ninguém. É apenas a visão que cada um faz da história!
    Espero que tenha gostado, eu amei! 😍

    ResponderExcluir
  14. Samanta Florencio21 de julho de 2016 11:32

    Déborah me sinto no dever de defender o livro! Rsrs Lembro que uma vez fui ler um livro e recebi uma crítica tão dura sobre ele que desisti, 3 anos depois eu peguei novamente para ler e simplesmente fiquei apaixonada. Talvez naquela época não estaria preparada para ele ou a opinião me deixou frustada, nao sei. No entanto assim como nos comentários que fiz acima, cada pessoa tem sua visão do livro e as resenhas devem servir para nos dar um norte e não nos desanimar.
    Espero que tenha lido! 😉

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados