Younger - Pamela Redmond Satran


SATRAN, Pamela Redmond. Younger. Tradução de Ana Paula Costa. Rio de Janeiro: Record, 2015. 320 paginas. Título original: Younger. Skoob

Sinopse:
“Alice sempre pareceu mais nova do que realmente era, apesar de alguns fios de cabelo branco e do jeito despojado de dona de casa de Nova Jersey. Ou melhor: ex-dona de casa. Agora que o marido a deixou e que a filha já não é mais criança, ela precisa refazer sua vida. Então deixa que sua melhor amiga, Maggie, transforme seu visual na véspera do Ano-Novo. Graças às maravilhas da tintura de cabelo e de um par de jeans colado ao corpo, Alice se vê com uma aparência mais jovem, fato atestado num bar de Manhattan: à meia-noite, ela beija um cara que ainda usava fraldas quando ela já cursava o ensino médio. A mentirinha que contou a Josh a faz acreditar que, se ninguém perguntar sua idade, ninguém vai descobrir a verdade. Então Alice se candidata a um cargo na editora em que trabalhou brevemente antes de se tornar mãe em tempo integral – e consegue o emprego.
Aos poucos, Josh se apaixona perdidamente por Alice, uma mulher muito mais interessante que as da idade dele. Para ele, Alice tem 29 anos – e pela primeira vez desde os 29 ela tem a sensação de que a vida é um mar de possibilidades. Mas, infelizmente, uma delas é ser desmascarada.”

Quem me conhece sabe o quanto eu amo chick-lit e não consigo resistir a eles. Adoro as capas fofas, as personagens malucas e as confusões que elas se metem, e principalmente, amo o romance. Então, fica fácil entender porque Younger pulou na fila de espera e foi praticamente devorado essa semana.

Achei incrível a proposta desse livro,uma mulher de 44 anos que consegue passar por 29 e que por isso consegue “consertar” sua vida. Alice estava completamente desorientada, o marido a deixou, a filha foi morar na África e ela se viu sozinha em sua casa em Nova Jersey. Por causa de sua idade e do tempo que ficou afastada do trabalho, nenhuma editora lhe dá emprego e ela começa a acreditar que não vai conseguir reconstruir sua vida. Até sua melhor amiga repaginar seu visual e convencê-la de que pode fingir ter menos idade do que realmente tem. Com seu novo visual, Alice consegue um emprego na revista, faz novos amigos e atrai o interesse de Josh, o problema é até quando ela poderá manter sua farsa?

Eu achei que esse livro tinha tudo para dar certo, afinal esse enredo é incrível, mas infelizmente não foi bem assim. Alice, apesar de já ter 44 anos, consegue ser bem imatura às vezes e não sabe aproveitar a oportunidade que teve. Ela é assombrada pela sua idade e fala nisso o tempo todo, é como se ela não se conformasse em ter quarenta anos. Imaginei que em algum momento ela fosse relaxar a curtir, mas isso não acontece, pois o tempo todo ela está se atormentando. De certo modo, ela mesma cria os fantasmas que precisa enfrentar.

No mais o livro é muito divertido. Josh é muito fofo, ele se apaixona completamente por Alice e não tem receio de demonstrar seus sentimentos. Os personagens são ótimos e muito bem trabalhados, e eles trazem mais movimento para a história, pois cada um deles traz um drama próprio. A narrativa leve e divertida foi o ponto mais forte do livro, afinal a autora poderia ter escrito algo muito depressivo ou escrachado demais ao representar uma mulher com os problemas de Alice, mas ela conseguiu unir melancolia e bom humor na medida certa. Além disso o livro traz críticas ótimas sobre conflitos de geração e a relação trabalho/maternidade.


Younger foi adaptado para um série de TV, com ninguém menos do que Darren Star como produtor (o mesmo de Melrose Place, Barrados no Baile e Sex and The City), e tem no elenco Sutton Foster e Hillary Duff. Até agora foram exibidos 12 episódios e a segunda temporada já foi confirmada. Eu não assisti, mas pelo que vi no Youtube parece ser bem parecida com o livro, tirando a troca de alguns nomes.

Enfim, o livro é uma delícia de ler e imagino que muita gente vá gostar, eu teria amado não fosse a lamúria excessiva de Alice. Recomendo para quem procura um chick-lit leve e despretencioso.

A Autora

Pamela Redmond Satran é colunista da Glamour e autora de seis romances. Seus livros estão sempre na lista dos mais vendidos do The New York Times. Recentemente Younger foi adaptado para uma série de TV com Hilary Duff no elenco. Pamela vive com o marido, Richard Satran, e os três filhos em Nova Jersey.

Avaliação (3/5)






B-jussssss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

7 comentários :

  1. Oi Nina, realmente é uma ótima história, bem diferente, pois tem uma personagem mais madura que se passa por jovem e isso deve ser bem engraçado, especialmente quando ela te que lidar com o mocinho. Apesar de você não ter curtido isso, imagino que deve ser difícil fingir ser alguém que não é pela idade e tal e talvez a autora quisesse deixar isso transparecer no livro. Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
  2. Oi oi
    Eu arrisco assistir a série, mas não sei se leria o livro.
    Anotei o nome e pelo o que descreveu a história é divertida, então bora assistir rsrs e se eu gostar bora ler o livro!

    Beijoos
    blogmaiscafe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Nina, eu gosto de chick-lit, mas não sei se iria gostar desse.

    Exatamente porque iria ficar sem paciência com a principal por ficar nessa lamúria sobre a idade em vez de aproveitar as oportunidades.

    Não sei...


    Lisossomos

    ResponderExcluir
  4. PARTIU ASSISTIR YOUNGER, hahaha!

    Adorei sua resenha Nina.

    Já tinha visto esse livro em algum lugar, mas nunca li uma resenha sobre ele, e depois da sua já posso dizer que preciso desse livro pra ontem.

    A pouco tempo comecei me aventurar nos chick-lits, e não me arrependo, pois apesar de ser um gênero mais voltado para o público feminino, é um livro que traz muito humor, o que eu amo.

    Enfim, adorei a resenha e estou ansioso para poder ler o livro.

    Beijos

    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/2015/06/lancamentos-de-junho-editora-sextante.html

    ResponderExcluir
  5. Oi Nina!!

    Poxa, acho que eu iria gostar desse livro sim, apesar da protagonista parecer ser uma chata que não curte a vida U_U (tipo eu ahuhahuahu)

    Acho que vou colocar a série aqui pra eu assistir, porque acho que vou gostar bastante *___* Imagina ter quarenta e poucos e aparentar ter vinte e poucos, sonho de vida!

    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  6. Eu adorei a capa desse livro, mas sou bem chata com chick-lits. E se a personagem fica de mimimi com a sua idade e ainda é meio imatura isso iria me irritar e muito durante a leitura.
    Então, mesmo com uma sinopse interessante, esse eu passo...


    Bjos,
    Lica

    ResponderExcluir
  7. Juro que achei que ele ia ser ótimo e ai na metade da resenha descubro que ele te decepcionou! Fiquei triste, num quero mais ler kkkkkkkkkkk
    É uma pena que as vezes o autor tenha uma ótima história nas mãos e não consiga desenvolver da forma correta!

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados