O Príncipe dos Canalhas - Loretta Chase


CHASE, Loretta. O Príncipe dos Canalhas. Tradução: Ivar Panazzolo Junior. São Paulo: Arqueiro, 2015. 288 p. (Scoundrels, v.3). Título original: Lord of scoundrels.

Sinopse
“O Príncipe dos Canalhas - Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent...
Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu.
Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho.
Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.”

O Romance de Época foi um dos estilos literários que mais demorou para me render. Sempre vi com um pouco de desconfiança por causa das inconsistências históricas (a historiadora em mim sendo chata, rsrs), mas com o tempo fui percebendo que essas licenças poéticas são permitidas, e até mesmo bem vindas, para fazer com que o romance deslanche e nos emocione, e hoje não abro mão de um bom romance histórico na lista de leituras.

Dentro desse estilo, O Príncipe dos Canalhas foi um dos lançamentos que mais me deixou ansiosa, por parecer ser tão diferente dos demais, a começar pela capa. Enquanto a maioria traz imagens de mulheres com roupas de época mas sem mostrar seus rostos, este traz o casal em uma caminhada bem bucólica. Achei simplesmente divina! Outro ponto que adorei no enredo é que não existe aquele amor à primeira vista, quase que instantâneo que os romances costumam ter. Eles sentem sim uma atração sexual muito forte, mas não a confudem com amor, este vai acontecendo aos poucos, com o desenrolar da história.

Além disso, o livro traz o melhor casal protagonista que já vi em Romances de Época. Jessica é com certeza uma das melhores mocinhas que já li e merece 10 com louvor! Ela é muito inteligente e esclarecida, sabe das limitações que a sociedade lhe impõe por ser mulher, mas nem assim se abala, quando decide que vai se casar com Dain faz qualquer coisa para atingir seus objetivos (qualquer coisa mesmo!), e nisso ela rouba todas as cenas.

Dain é um personagem enigmático, sério e muito sofrido. Ele cresceu se achando um monstro, que não era merecedor do amor e isso deixou marcas profundas em sua personalidade. Eu sentia um misto de raiva e pena dele - ao mesmo tempo que queria esbofeteá-lo por ser tão estúpido e grosseiro com Jessica, eu queria colocá-lo no colo. Não foi dos meus mocinhos favoritos, sempre tão sério e sisudo, mas ele tem seu charme.

O enredo é incrível, muito diferente e ágil. Quando você pensa que já entendeu o livro, vem uma reviravolta enorme que te deixa de boca aberta. Gostei da forma como o casal se uniu logo e não deixou tudo para o final. O final é que, para mim, deixou um pouco a desejar. Eu esperava algo mais emocionante, que mantivesse o alto nível do livro. Mas fora isso, é um dos melhores livros do gênero que já li.

O livro é o terceiro volume de uma série chamada Scoundrels e houve muita polêmica em torno de seu lançamento, pela Editora Arqueiro estar lançando fora de ordem. Eu não li os demais livro, mas pelo que pesquisei no Goodreads, as histórias são independentes e os personagens não parecem ter vínculos. Portanto pode se jogar na leitura sem medo que não há continuação para você passar meses aguardando, rsrs.

Série Scoundrels
  • The Lion’s Daughter (#1)
  • Captives of the Night (#2)
  • O Príncipe dos Canalhas (Lord of Scoundrels) (#3)
  • The Mad Earl’s Bride (#3.5)
  • Three Times a Bride (#3.5)
  • The Last Hellion (#4)

A Autora

Loretta Lynda Chekani nasceu em 1949 numa família albanesa. Assim que aprendeu a escrever, passou a pôr no papel as histórias que inventava. Formou-se em inglês pela Clark University, onde trabalhou meio período como professora, ao mesmo tempo que escrevia roteiros. Foi quando conheceu um produtor que a inspirou a publicar suas histórias. Os dois acabaram se casando. Com o sobrenome do marido, Loretta Chase vem publicando romances históricos desde 1987, pelos quais ganhou vários prêmios, inclusive o RITA, da Associação Americana de Escritores de Romances, por O príncipe dos canalhas.

Avaliação (4/5)







B-jussssssss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

21 comentários :

  1. Parabéns pela resenha Nina! Estou ansiosa para ler O Príncipe dos Canalhas
    e já tenho a certeza que não irei me decepcionar.

    Abraços,Lu
    Blog: Apaixonada por Romances Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.

    ResponderExcluir
  2. Ah, que resenha bacana!!
    Eu acho essa capa meio sem graça, mas a premissa da história me chama muito atenção. Adoro romances de época, mas não sei quando conseguirei ler esse. Tomara que em breve!!


    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. então já vi que eu sou uma historiadora mais chata ainda pq essas inconsistências não me animam a continuar numa leitura que tenha erros de contextualização e coisa do tipo... e romance histórico não é meu estilo preferido... vi algumas criticas positivas com relação a esse livro mas não me animei pra ler de forma alguma...

    ResponderExcluir
  4. Eu fiquei meio de boca torta pro livro, por ser romance histórico e eu não gostar do gênero, mas assim com a sua resenha, são tantas resenhas positivas que não tem como não ficar curiosa haha

    http://odiariodoleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Esse tipo de romance não é muito meu estilo, já me desagrada pelo título, a história também soa bastante clichê.

    ResponderExcluir
  6. Eu estou entrando em uma vibe de romance de época, porque quase não leio romances, porque esses atuais não me chamam a atenção, por isso, adorei muito a sua dica e a sua resenha. Gosto de personagens enigmáticos e de relacionamentos e amores que são desenvolvidos mesmos e não simplesmente jogados e vomitados na cara do leitor. Adorei a dica. :D

    ResponderExcluir
  7. Oi Nina!

    Eu também li O Principe dos Canalhas e também amei. Amei principalmente a Jessica, pois ela se mostra uma protagonista bastante feminista quando o mundo era completamente machista.

    Adorei sua resenha e tenho quase as mesmas opiniões que você.

    Beijos

    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. pow eu ainda não li esse livro, mas vi muita gente falando super bem <3
    eu gosto de séries que mesmo não lendo um livro vc le o outro e entende de boas!
    gostei muito da sua opinião.

    ResponderExcluir
  9. Olá.

    Eu tenho muita pena do Dain, ele é um cara digno de pena.

    Eu gostei muito de ler esse livro, não épico e um dos melhores, mas foi agradável. Só descobri que era uma série pelo skoob depois que eu li.
    bjs bjs

    ResponderExcluir
  10. Nina, é horrível quando a nossa profissão coloca uma espécie de barreira nas nossas leituras, né?
    Me identifico. hahahahaa
    Concordo com você sobre o diferencial desse livro já pela capa.
    Muito amor por Dain e Jessica, eles são totalmente diferentes do que estamos acostumados e é impossível não se apaixonar pela história.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  11. Oii,
    Ainda não consegui ler nenhum romance de época kk nao sei porque mas nenhum deles me fez ficar extremamente curiosa.
    Vivi
    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  12. Eu tenho muita vontade de ler esse livro, e a cada resenha que leio fico ainda mais louca para conferir essa história.
    A premissa é maravilhosa, e me deixou mega curiosa.
    Ainda bem que as histórias são independentes, acho louco isso de algumas editoras lançarem livros de série fora de ordem, mas enfim kkkk
    Amei a resenha

    ResponderExcluir
  13. Samara Rabelo Medeiros13 de setembro de 2015 12:55

    Eu detesto quando a editora faz isso que a Arqueiro fez! O que custa lançar na ordem, mesmo que sejam leituras independentes?? Realmente não entendo o motivo.
    Eu fiquei super com o pé atrás com esse livro. Não sei, o título me deu uma impressão que eu ia passar muita raiva lendo! Mas depois da sua resenha resolvi dar uma chance a ele, por causa da mocinha! :D
    E você tem total razão quanto à capa. Bem legal sair do lugar-comum.
    Espero curtir como vc curtiu!

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Eu não sou muito de ler romances de época, mas ultimamente estou ficando bem curiosa com esse gênero, porque o mesmo está ganhando um destaque enorme, né? Bom, eu já tinha lido uma resenha sobre esse livro e fiquei curiosa com ele, mas agora lendo a sua fiquei muito animada, é ótimo quando o casal protagonista é cativante, né? E saber que a personagem feminina é uma das melhores que você já viu me deixou bem curiosa para conhecê-la. Enfim, gostei muito da resenha e espero ler esse livro em breve o/

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Eu tenho vontade de ler esse livro faz tempo.

    Todas as resenhas que li dele até hoje foram positivas.
    A premissa é ótima.

    Beijinhoss...

    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olaa. Ja li varias resenhas desse livro que me rendi. Ja estou com ele aqui, esperando apenas a sua vez hehe. Gostei da sua resenha.

    Beijo da Lari
    http://brilliantdiamond-bg.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  17. Gente, esse livro é simplesmente muito amor! Todo mundo deveria ler, principalmente se amar romance de época. A escrita da autora é muito boa.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  18. OI Nina!

    Sério... até agora não sei porque não pedi esse livro! Tô me matando, porque todo mundo fala super bem do livro!! Fiquei com medo de, por ser uma continuação, ficar perdida, mas como você disse, acho que vou me jogar porque é tudo separadinho!! QUERO JÀ!

    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  19. Nina, todo mundo tá falando desse livro, haha, tô aqui matutando se é bom mesmo, mas eu não gosto de romances de época então ainda não me convenci a ler.

    ResponderExcluir
  20. Amanda Michel Raupp30 de setembro de 2015 16:47

    Oii!

    As pessoas dizem super bem desse livro e tal, mas eu não gosto muito desse gênero de livro e acho que por esse motivo, não fico com vontade de ler :( Mas vou anotar a dica caso eu mude de ideia!

    Parabéns pela resenha!

    Beijos, Amanda

    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?

    Romances de Época é um tipo de gênero que não me agrada nem um pouco, por isso acho que não daria uma chance ao livro em questão.

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados