Fraude Legítima - E. Lockhart


LOCKHART, E. Fraude Legítima. Tradução Flávia Souto Maior. São Paulo: Editora Seguinte, 2017. 280 p. Título original: Genuine fraud. Skoob.

Sinopse
“Jule West Williams é uma garota capaz de se adaptar a qualquer lugar ou situação. Imogen Sokoloff é uma herdeira milionária fugindo de suas responsabilidades. Além do fato de serem órfãs, as duas garotas têm pouco em comum, mas isso não as impede de desenvolver uma amizade intensa quando se reencontram anos depois de terem se conhecido no colégio. Elas passam os dias em meio a luxo e privilégios, até que uma série de eventos estranhos começa a tomar curso, culminando no trágico suicídio de Imogen e forçando Jule a descobrir como viver sem sua melhor amiga. Mas, talvez, as histórias das duas garotas tenham se unido de maneira inexorável — e seja tarde demais para voltar atrás.”

E. Lockhart fez tanto sucesso com Mentirosos que há muito tempo eu tinha curiosidade em ler algo da autora. Assim, quando a Editora Seguinte disponibilizou a prova do livro para o blog eu não hesitei em mergulhar de cabeça no livro. E agora estou aqui, olhando para essa página em branco e tentando me decidir sobre o que achei desse livro tão diferente de tudo que já li.

Para começar, não dá para falar muito do enredo sem spoilers, algo inaceitável nesse blog! Apenas que Jule e Imogen são muito amigas, apesar de serem completamente diferentes, e que Immie surpreende a todos com seu suicídio. Enquanto a família e o ex namorado dela tentam entender o que aconteceu, Jule precisa continuar sem a companhia da amiga, mesmo que isso signifique mudar totalmente de vida.

Pode parecer uma história até bem clichê, temos várias resenhas aqui no blog de enredos bem semelhantes, mas o diferencial é que essa história é contada de trás para frente. Ou seja, ela começa no penúltimo capítulo e vai regredindo até o primeiro, tendo o último capítulo no final - e isso foi algo muito inusitado para mim. Já tinha lido livros que começam no final é que depois a história voltava ao começo para explicar o que estava acontecendo, de uma maneira linear. Mas em Fraude Legítima, tudo começa em junho de 2017 a vai votando até junho de 2016, e cada capítulo conta o que aconteceu antes.
"Sua vida era cinematográfica. Ela brilhava sob a luz dos postes. Depois da briga, suas bochechas estavam coradas. Hematomas se formavam sob suas roupas, mas seu cabelo estava incrível. E suas roupas vestiam super bem. Sim, era verdade que ela era violenta. Até mesmo brutal. Mas esse era seu trabalho, e ela era qualificada de uma maneira única, e isso a tornava sexy."

No começo eu estranhei um pouco, mas não foi difícil me apaixonar por esse jeito inovador de se contar uma história. Cada vez que algo acontecia, eu ficava louca para entender quais fatos anteriores levaram àquela situação, e isso foi muito instigante para mim. Além disso, o enredo foi muito bem pensado e ficamos presos nele, tentando montar o quebra cabeças que é reconstruir a jornada de Jule de trás para frente.

No entanto, nem tudo são flores nesse livro, pois apesar de ser um personagem muito bem construído, eu não consegui me conectar com Jule. Eu entendia os motivos e os fatos e mágoas que a levaram a tomar todas as decisões que tomou, entretanto, não conseguia torcer por ela. Nem por Imogen. Me pareceu que, no desejo de surpreender os leitores com a essa narrativa tão inusitada, a autora deixou de ser preocupar em conseguir empatia para seus personagens.

Mas essa é uma opinião bem pessoal e imagino que muita gente vá discordar, mas acho que esse livro vai mesmo gerar muita polêmica. Com certeza haverá quem ame e quem odeie, mas dificilmente, quem saia dele ileso. Então, a melhor dica que dou a vocês é: leia!

A Autora

E. Lockhart nasceu em Nova York e fez doutorado em literatura inglesa na Universidade Columbia. Deu aulas de redação, literatura e escrita ativa. Seus livros já foram traduzidos para mais de dez idiomas. É autora de Dramarama, The Boyfriend List e Fly on the wall, e coautora de How to Be Bad, com Lauren Myracle e Sarah Mlynowski.


Avaliação (4/5)






B-jussssss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

3 comentários :

  1. Nunca li nada na verdade da autora e esse livro me deixou meio intrigada.
    A sinopse é meio sem dizer nada e você ainda falou que poderia dar spoilers sem querer... acho que o jeito é realmente parar e ler e ver no que vai dar! huahuahuauha
    Dica anotada! Obrigado!!

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro quando os autores mudam o conceito do livro levando o leitor a caminhar de forma diferente na história. Realmente o enredo se parece com alguns livros que li, mas gostei muito da forma que a história se dá, mesmo a personagem não te cativando. Dica mais que anotada.

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Amei Mentirosos quando li, e estou com altas expectativas para esse livro, ainda mais com sua resenha maravilhosa!! Estou louca para lê-lo!!

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados