A Casa das Marés - Jojo Moyes


MOYES, Jojo. A Casa das Marés. Tradução Maria Eloísa Gonçalves. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2015. 476 páginas. Título original: Foreign fruit.

Sinopse
"Merham é uma metódica cidade litorânea na década de 1950. Lottie Swift, acolhida durante a guerra e criada pela respeitável família Holden, ama viver ali, mas Celia, a filha legítima do casal, não vê a hora de ultrapassar as regras da cidade.
Quando um excêntrico grupo de artistas se muda para uma velha mansão construída de frente para o mar, as meninas não resistem à tentação de se aproximarem deles. Mas o choque para os moradores de Merham é inevitável e acaba por desencadear uma série de acontecimentos que terão consequências trágicas e duradouras para todos.
Quase cinquenta anos depois, no início do século 21, a mansão começa a ser restaurada, voltando à vida e, mais uma vez, trazendo à tona intensas emoções. E a magia que permeia a mansão faz com que os personagens confrontem suas lembranças e se perguntem: É possível deixar nosso passado para trás?"

Hoje, pensando em como escreveria essa resenha, observei que tenho feito o caminho inverso com a obra de Jojo Moyes. Quase todo mundo que ama a autora começou com Como Eu Era Antes de Você, seu romance de maior sucesso que fez com que leitores do mundo inteiro a idolatrassem e que eu ainda não li. E poucos são os que conhecem seus primeiros romances, que estão sendo relançados agora pela Editora Bertrand Brasil, e são justamento por eles que estou conhecendo seus livros, primeiro com Em Busca de Abrigo, e agora com A Casa das Marés.

Acho que essa perspectiva inversa talvez esteja atrapalhando um pouco minha interação com a autora, porque pela segunda vez peguei o livro esperando uma grande leitura, algo que me marcasse e que causasse em mim impressões como as que vejo descritas pelos leitores de Como Eu Era Antes de Você. Mas infelizmente isso não aconteceu.

Ainda assim, tenho que dizer que A Casa das Marés é um livro lindíssimo. Não tem a carga dramática que os leitores acostumados com suas obras mais recentes esperam, mas tem uma trama melancólica, complexa e até mesmo ousada. O enredo é desenvolvido de forma misteriosa, envolvente e cheio de reviravoltas, o que deixa a leitura bem intrigante.

Entretanto achei que o livro poderia ter sido bem mais enxuto. Não costumo me assustar com livro grande, muito pelo contrário, mas em vários momentos senti que a autora parecia ter perdido o fio da meada e ficava dando voltas no enredo sem sair do lugar, principalmente na segunda parte do livro. Também achei o final confuso e incompleto, senti falta de mais informações sobre o destino de vários personagens e de algo que amarrasse a história, pois ficaram algumas pontas soltas.

Enfim, é uma boa leitura, mas confesso que esperava bem mais de uma obra que venceu o Romantic Novelists’ Award. Mas recomento, sem sombra de dúvidas.

A Autora

Jojo Moyes nasceu em 1969 na zona rural da Inglaterra, cercada por cavalos e outros animais. Mudou-se cedo para Londres e se formou em jornalismo, tornando-se correspondente de artes e mídia do Independent até 2001. Vive hoje em East Anglia com o marido e os três filhos. Da autora, a Bertrand Brasil já publicou o romance Em busca de abrigo, sua estreia na literatura, A casa das marés e Baía da esperança.

Avaliação (3/5)






B-jussssss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

33 comentários :

  1. Opa, esse é um livro que sempre fico com o pé atrás de ler. Mas você disse algo que me fez decidir ler "Não tem a carga dramática que os leitores acostumados com suas obras mais recentes esperam" eu sou diferente desse povo, quero drama não rs
    Adorei a resenha
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Pausa Para Pitacos5 de outubro de 2015 19:02

    Oi Nina!

    Que pena que ainda não tenha sido arrebatada por Jojo, rs.

    Eu só li Como eu era antes de você, e fiquei encantada! Acredito que por vc fazer o caminho inverso, poderá perceber o crescimento da autora. Nem sei se ela realmente cresce, pois não li nenhum outro livro, mas em Como eu era antes de você ela não se estendeu... ela conseguiu passar seu recado lindamente!

    Casa das marés está em minha lista de leitura! Quando eu o ler, te conto meu parecer!

    Beijos!

    Fabi Carvalhais

    http://www.pausaparapitacos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, ainda não li nada da Jojo, nuca tinha ido atras mesmo, acho que quando você lê os primeiros livros do autor você vai percebendo a evolução dele, mas mesmo assim acho que esse livro me chamou a atenção, adoro mistério e reviravoltas.

    Eu concordo um pouco que não explicar o que acontece com personagens, por que se você se dá ao trabalho de dar certo destaque a personagens então seria bom que ele tivesse um fim qualquer.

    Gostei muito da sua resenha.

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Nina!
    Eu achei esse livro tão fofinho! Não é o melhor dela, mas gostei bastante \o/
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi. apesar de a autora ser bastante apreciada pelos leitores, confesso que não sou adepta ao estilo dela, não curto os livros. O enredo desse também não me atraiu, quando você citou que em certos momentos a autora perde o fio da meada, descreveu bem o que senti quando li um livro dela...

    ResponderExcluir
  6. Eu achei esse livro um pouco cansativo. Não era que a história fosse ruim, só que os personagens não estavam se encaixando muito bem, e realmente parecia que a autora se perdia na história em alguns momentos.

    laoliphant.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    O único livro que li foi Como eu era antes de você e se tornou um dos meus favoritos. Pretendo ler os outros da autora, mas agora estou com um pouco de receio, acho que vou deixar para ler A Casa das Marés por último, assim se tiver que me decepcionar, que seja no final..rs
    Ótima resenha!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  8. Olha eu ainda não li nenhum dos livros da autora.

    Eu tenho o libro Como eu era antes de você, A Ultima carta de amor, A garota que você deixou para trás e Em Busca de abrigo. Quero ver se completo a coleção, mas o problema mesmo é o dinheiro que anda curto, mas mesmo assim adorei a sua resenha. A estória mesmo me chamou muita atenção. Mas eu vou ler os que tenho. Se eu gostar da escrita da autora eu completo o resto da coleção que tenho. Ai vou lendo pouco a pouco também =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/resenha-enquanto-houver-amor-havera.html

    ResponderExcluir
  9. Oi, flor.

    Que pena que sua experiência com essa autora não está sendo tão positiva quanto os demais leitores parecem ter. Eu também não li nada dela, mas pretendo não fazer o caminho inverso como você teve de fazer. Apesar disso, fiquei curiosa com A Casa das Marés. Parece ser um ótimo livro. Só espero que esse final um tanto confuso não me leve a me decepcionar.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. eu nunca li nada da autora, e muitas das minha amiga me mata se eu n ler nada da autora, então vou começar por esse livro quem sabe n acabo gostando da escrita da autora.

    ResponderExcluir
  11. eu não consigo sentir animo pra ler nada da autora =/ os livros dela são românticos demais pra mim =/

    ResponderExcluir
  12. A capa dele até que é legal, mas não curto livros que acontece isso com a narrativa do autor, faz com que a leitura não seja agradável.

    Atenciosamente umbaixinhonoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Nina, eu nunca li nada da autora mas eu também tenho esse pensamento de que os livros dela são incríveis, pelo tanto que as pessoas falam. Que pena que esse livro não funcionou para você, mas se eu for ler algo da autora, eu iria começar por algum outro.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá!


    Ainda não tive a oportunidade de ler nada dela, mas sei que sua escrita é maravilhosa. Vou começar a ler os livros dela pela Bertrand e depois vou para Como eu Era antes de você. Boa resenha!


    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oiii

    Gostei da sua resenha.

    E confesso que nunca li nada dela, mas vejo todos falando super bem do Como Eu Era Antes de Você. E confesso que estou bem tentada a ler alguma coisa dela, só para saber como é.

    Gostei muito das capas que estão sendo lançadas agora, são lindas.


    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá; ainda não conhecia o livro.
    Eu só li o mais famoso dela, Como eu era antes de você, achei bom mas não maravilhoso, talvez quando você finalmente lê-lo, veja os livros dela com outros olhos.

    ResponderExcluir
  17. Ana Paula Lima Miranda7 de outubro de 2015 12:29

    Oii!

    Acho que sou a unica pessoa que ainda não leu nada da autora ainda :O

    Gostei da sua sinceridade e em relação a sua resenha com toda certeza, não leria o livro! Acho que se a autora ficar enrolando muito para chegar ao um ponto, ela acaba perdendo o fio da história.

    E estou meio que fugindo de alguns dramas ><



    Beijinhos,

    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  18. Olá tudo bem?

    Apesar de muito famosa, ainda não li nada da Jojo e por incrível que parece tenho alguns livros dela haha. Esse é um dos livros pelo qual eu não gostaria de conhecer a história, pois a premissa me parece um pouco desinteressantes, ainda quero conferir as histórias por trás dessa grande autora, mas não começaria por esse, a história em si não me chamou muita atenção.

    Abraços, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. eu me sinto frustrada assim com os livros de Emily Giffin... nunca li Jojo mas me falam maravilhas dela... porém, eu não sei se tenho curiosidade a ponto de encarar alguma obra dela, ainda mais A casa das marés, tão longo e que pode ter o mesmo efeito em mim, que teve em você...

    ResponderExcluir
  20. Nina, ainda não li nada da Jojo e também escuto falar muito bem de como era antes de você.
    Acho que devo começar pelos mais conhecidos, talvez goste mais e depois ir para esses que você leu e não curtiu tanto.
    Espero que a medida que você for lendo outras coisas dela goste mais.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Advinha? Conheço a autora por Como Eu Era Antes de Você, a leitura foi marcante, fiquei revoltada por dias, mas no final tive que admitir que é um ótimo livro, só que o que me fez não ser tão fã da Jojo foi exatamente a alta carga dramática, eu acho que uma leve reduzida não faria nenhum mal, por isso acho que talvez eu me identifique mais com os do inicio da carreira dela, cimo A Casa das Marés, a única coisa que me detém é você achar que poderia ser mais enxuto, ou seja, enrola muito.
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Nina, eu adoro a Jojo e como você disse comecei por Como eu era antes de você. Só li dois dela até agora e logo começarei "Em busca de abrigo" espero não me decepcionar como você, mas o fato de eu sempre começar livros sem nem mesmo ter lido as sinopses me ajudam bastante a não criar expectativas demais. Me mantenho neutra. A casa das marés está nos meus desejados, uma pena que pra você não foi tudo isso, eu espero gostar.

    ResponderExcluir
  23. A Jojo não parece escrever o tipo de livro que eu leria,mas,por algum motivo que só Deus explica,ando com vontade de conhecer algo dela e este parece uma boa forma. Bejo!


    conexaomista.com.br

    ResponderExcluir
  24. Oi! Tudo bem?


    Olha, confesso que as capas dessa autora enchem os olhos! Mas não sei se são obras que eu leria... E eu não sabia que os livros mais antigos dela estavam sendo relançados! Que bacana. Uma pena que a obra não tenha superado suas expectativas...


    Beijos.


    www.livroseflores.com

    ResponderExcluir
  25. Oi!

    Eu fujo de como eu era antes de você, igual o diabo foge da cruz, pois dizem que o livro é lindo, mas da uma ressaca dos infernos.. rsrsrsr

    Eu já tentei ler outros livros dela também, e sinceramente a leitura não flui, não consigo me apaixonar pela história e tirar conclusões filosóficas, infelizmente.



    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  26. OI Nina!
    Eu amo a Jojo, mesmo, de paixão... Mas, essa coisa dela ficar dando voltas no enredo sem sair do lugar acho que é meio recorrente. Não sei se acontece o mesmo em "Como eu era antes de você" porque li tem um tempo, mas me lembro de ter pulado umas partes, então deve ter acontecido. Se eu puder, vou ler tudo dela, gosto do jeito que ela escreve, só não gosto quando fica dando voltinhas como essas.

    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  27. Ei Nina, tudo bem?
    Nunca li nada da Jojo, apesar de ter aqui o Como Eu Era Antes de Você. Estou bem curiosa para ler os livros dela, mesmo não sendo muito do gênero que eu curta. Uma pena que não curtiu tanto assim o livro, espero que com as outras obras dela seja diferente.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  28. Oi Nina, tudo okay? Então...
    Você não tá atingindo o ápice da leitura, justamente porque não pegou o ápice da escrita.
    "Como eu era antes de você" fez sucesso, porque é realmente o melhor trabalho, e pelo que tenho visto ela só tem melhorado com ou livros lançado após este.

    Exatamente como o John Green, porém no caso dele, nem os que vieram depois de ACEDE prestaram, só ACEDE é bom, apenas, os de antes são fracos e os de depois massantes.
    Sugiro que você corra pra ler Como eu era antes de você.

    Bjs
    Tay do Let it Shine.

    ResponderExcluir
  29. Oi, Nina!
    Eu não leria nada da Jojo. Realmente não gosto dos livros dela, e já tentei ler Como eu era antes de você. Não é o meu tipo de leitura, sabe? Eu preciso ter cenas de ação pra não dormir durante a leitura.
    Uma pena que você não tenha gostado... Mas se for tentar ler outros dela, só posso desejar-lhe boa sorte. Hahaha

    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando || Livre-se você também!

    ResponderExcluir
  30. Oi, tudo bem?
    Da autora eu só li "Como eu era antes de você" e gostei muito, por isso fico bem animada com os outros livros dela Esse eu ainda não tinha lido nada sobre, masa fiquuei curiosa com a sua resenha, é ótimo saber que pe um bom livro, nada melhor do que histórias cheias de reviravoltas, né?, só que essa coisa da autora ter dado voltar no enredo não me agradou muito, mas ao todo é um livro que quero ler.

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  31. Oi, Nina. Nunca li nenhum livro da autora e nem tive contato com a escrita dela. Mas pra falar a verdade o livro não me chamou muita atenção. Essa carga dramática me fez nem pensar na possibilidade de lê-lo. Assim, como esse sensação de que a autora se perdeu durante a história. Odeio histórias que enrolam o leitor. Fica uma leitura bem cansativa. Sinceramente, coorro para bem longe desses tipos de livros.


    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. Olá Nina... indo contra toda lógica eu também nunca li nada da autora, acredita?
    Gostei da sua resenha e da sua sinceridade ao falar do livro. Apesar dos pesares que você comentou gostei do livro e eu acho que o leria.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir

  33. Tenho o livro Como eu era antes de você, ainda não consegui realizar a leitura, mas sempre leio comentários e resenhas positivas. Aí da não tive contato com nenhum livro da autora e tenho visto vários títulos sendo lançados e estou curiosa para poder realizar a leitura de pelo menos algum. Odeio quando o livro é grande e a autora fica na enrolação . Isso desanima. Mas isso desanima. Ótima resenha

    Beijo
    Lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados