A Pedra Pagã - Nora Roberts


ROBERTS, Nora. A Maldição de Hollow. Tradução Maria Clara di Biasi. São Paulo: Editora Arqueiro, 2017. 272 p. (A Sina dos Sete, v.3). Título original: The pagan stone. Skoob. Comprar.

Sinopse
Partilhando visões de morte e fogo, os irmãos de sangue Cal, Fox e Gage e as mulheres ligadas a eles pelo destino, Quinn, Layla e Cybil, não podem ignorar o fato de que o demônio está mais forte do que nunca e que a batalha final pela cidade de Hawkins Hollow está a poucos meses de acontecer.
A boa notícia é que eles conseguiram a arma necessária para deter o inimigo ao unir os três pedaços de jaspe-sanguíneo. A má notícia é que ainda não sabem como usá-la e o tempo está se esgotando.
Compartilhando o dom de ver o futuro, Cybil e Gage podem descobrir a resposta para esse enigma se trabalharem juntos. Só que, além de não terem nada em comum, os dois se recusam a ceder aos próprios sentimentos. Um jogador profissional como Gage sabe que se entregar a uma mulher como Cybil – com a inteligência, a força e a beleza devastadora dela – pode ser uma aposta muito alta. E qualquer erro de estratégia pode significar a diferença entre o apocalipse e o fim do pesadelo para Hawkins Hollow.
Em A Pedra Pagã, Nora Roberts encerra a emocionante trilogia A Sina do Sete, uma história sobre família, amor e amizade que consegue arrancar arrepios e suspiros de seus leitores.

A Trilogia Sina dos Sete chega ao fim trazendo a história de Gage e Quinn, o casal que, na minha opinião, é o mais interessante.

Desde que fizeram um pacto de sangue aos dez anos de idade, Cal, Fox e Gage enfrentam a dura missão de defender a cidade de Hawkins Hollow de uma maldição: a cada sete anos, por sete dias no sétimo mês, o demônio Twisse toma conta da cidade, transtornando os cidadãos com atos de violência e loucura. Agora, 21 anos depois e prestes a enfrentar o terceiro Sete, eles sentem que enfim têm uma chance de vencer.

Com a ajuda de Quinn, Layla e Cybil, as três mulheres ligadas à eles pelo destino, eles descobriram a chave para matar o demônio e libertar a cidade. Eles conseguiram unir o jaspe-sanguíneo e agora tem uma arma poderosa para lutar, o problema é saber como usá-la. Outro grande problema é que o tempo está se esgotando, agora eles têm poucas semanas antes de começar o próximo Sete. Cybil e Gage compartilham o estranho dom de ver o futuro e vão trabalhar juntos para entenderem como usar o jaspe-sanguíneo. Mas, nessas dolorosas visões, eles percebem que Gage não sairá vivo do encontro com Twisse. Começa então uma busca por um meio de vencer o demônio sem sacrificar a vida de Gage.

Desde que comecei a ler a trilogia, já estava louca pela história de Cybil e Gage porque para mim eles são os personagens mais interessantes. Ambos vêm de famílias disfuncionais e sofreram com os pais. O de Cybil cometeu o suicídio para fugir de dívidas, deixando a família sozinha e desamparada e ela não consegue perdoá-lo por isso. O pai de Gage é alcoólatra e abusivo e o espancou durante toda sua infância. Hoje ele é cínico e sarcástico e ganha a vida jogando pôker. Os dois não se sentem presos à Hawkins Hollow e não veem a hora de partir, mas lutarão por amor e lealdade aos amigos.

Lar nem sempre é um lugar. Às vezes o lar é uma pessoa.

Além disso, eles são muito práticos: aceitam a atração que tem um pelo outro e decidem vivê-la sem culpa. Mas como eles não querem se envolver e não sabem se o que sentem é uma atração genuína ou apenas efeito do destino, a sedução está proibida entre eles. Ou seja, nada de se apaixonar. Mas como comandar o coração?

Gage, quando eu decidir que quero um homem não será porque o destino me enfiou isso goela abaixo. E, ao contrário do que você com sua estupidez sexista poderia pensar, nem todas as mulheres procuram relacionamentos a longo prazo. Principalmente com um canalha como você. Você está a salvo de meus truques e caprichos, seu idiota narcisista. Se isso não o tranquilizar, azar o seu.

Como no livro anterior, Nora Roberts focou bem mais no romance do que na ação e no mistério. Eu esperava ver muito sangue e magia, a acabei recebendo um livro mais amorzinho. Mas um excelente livro de amorzinho! Gage e Cybil tem muita química juntos e são muito parecidos: debochados e irônicos, mas donos de um coração enorme. Por lealdade aos amigos, eles estão dispostos a se sacrificarem por uma cidade pela qual não sentem a menor afinidade. A única coisa que realmente me incomodou nesse livro foi o final. Depois de tudo, eu esperava uma batalha épica, mas não foi isso o que recebi. Foi tudo fácil demais, simples demais.

Mas eu nunca deixo de recomendar Nora Roberts! Para quem gosta da escrita dela, assim como eu, vai adorar essa série, especialmente esse último livro, porque sabe que Nora escreve romances e seus sobrenaturais têm apenas uma pitada de terror ou suspense. Imagino que essa série escrita por Stephen King iria deixar muita gente sem dormir por muito tempo. Mas como eu sou medrosa, prefiro esse tipo de terrorzinho água com açúcar e com muito romance!

Trilogia Sina dos Sete


  1. Irmãos de Sangue
  2. A Maldição de Hollow
  3. A Pedra Pagã

A Autora

Nora Roberts começou a escrever em 1979. Depois de várias rejeições, seu primeiro livro, Almas em chamas, foi publicado em 1981. Desde então, ela não parou mais.
Sucesso em todo o mundo, Nora já escreveu mais de 200 livros, publicados em mais de 35 países e traduzidos para 25 idiomas. Seus títulos são presença constante na lista de mais vendidos do The New York Times.
Nora tem mais de 400 milhões de livros impressos e foi a primeira mulher a figurar no Romance Writers of America Hall of Fame. Também recebeu diversos prêmios por vários de seus livros, entre eles o Golden Medallion, da Romance Writers of America, o RITA e o Quill. O jornal The New Yorker já a chamou de “a romancista favorita dos Estados Unidos”.

Avaliação (4/5)




B-jussss! ♥
;-p

4 comentários:

  1. Apesar de gostar muito de Nora Roberts não li nada além de romances dela, então q2uando vejo algum livro com uma pegada mais sobrenatural eu fico mega curiosa.
    Uma pena o livro não ter desenvolvido muito a magia, que é a proposta inicial, mas por ser excelente quero mesmo ler.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Apesar de já ter lido outras histórias, ainda não li essa trilogia! É uma autora que aprecio! =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  3. Olá! Tudo bom?
    Nossa todo mundo ama essa autora e essa série e eu nunca li, que vergonha, mas esse ano de 2018 isso vai mudar, vou colocar essa série em minhas metas literárias.
    Beijos, Joyce de Freitas.

    ResponderExcluir
  4. Oi BFF!
    Também acho eles o casal mais interessante, mas a Nora me deu uma rasteira! Estava esperando um livro cheio de ação e terror e fui presenteada com um romance com clima sombrio. #chateada mas é Nora ne? E ela é muito boa em romance, então a gente perdoa!!!

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p