Antes Tarde Que Mais Tarde - Liana Cupini

"Duas meninas conversavam enquanto brincavam com suas bonecas:
- Nossa! Você viu aquela mulher?
- Vi sim. Velha ela. né?
- É, já deve ter uns trinta anos!"


Karla Kristina está prestes a completar trinta anos e percebe que sua vida é fracasso total. Ela está solteira, tem um emprego horrível de telefonista em um call center, e quase não tem amigos. Ele é muito tímida, fuma muito, seu cabelo é armado demais para que ela consigo arrumá-lo e está sempre enfiada em camisetas e confortáveis calças de moletom tamanho 44. E como se fosse uma piada do destino, ela descobre que nem seu signo é mais o mesmo, de acordo com os atrônomos, ela agora é de Serpentário. 
Isso deveria ser um sinal de grandes mudanças ou do apocalipse, já que Karla é muito supersticiosa, do tipo que frequenta cartomantes e tudo o mais.

Porém, a busca por mudanças é uma das maiores características daqueles nascidos sob o signo de Serpentário, e Karla vai perceber que sua vida realmente vai mudar quando ela se vê participando do programa "Repaginada", onde ela ganha um novo look, com direito guarda roupas inteiro e uma nova decoração para seu apartamento. Qualquer pessoa ficaria radiante em participar de algo assim. Mas não ela, que se sentia exposta e com sua sua privacidade invadida. Mas, sua opinião muda rapidinho quando, terminada a transformação, ela finalmente se olha no espelho e vê uma mulher deslumbrante.

Mas mesmo depois de toda essa mudança, Karla demora a se adequar ao novo visual e ao apartamento redecorado. Ela se sente um estranho no ninho, e começa a perceber que mudança que ela precisa é interna. Mais do que o visual, ele precisa mudar de postura, mudar sua relação com a vida e com as pessoas que a cercam, antes que termine a vida sozinha.

"Foi aí que me dei conta do quanto estava sozinha, ou que tinha me isolado do mundo. E cheguei a uma conclusão: eu precisava mudar minha vida. O universo estava me enviando um sinal de que eu deveria mudar, e só eu não queria enxergar aquilo."

Ela então organiza uma lista de 30 coisas que gostaria de fazer antes de completar 35 anos e vai a luta. Busca um novo emprego, novos amigos, um novo amor... Karla vai aprender a viver!

O livro é um chick lit delicioso, que li numa tarde. Divertidíssimo, com uma linguagem dinâmica, é impossível não se identificar com pelo menos um dos personagens. E a Liana tem umas tiradas muito engraçadas, eu ria sozinha... como quando a Karla se vê envolvia com Max, muito mais novo que ela.

"Era um príncipe (mirim) em um pônei branco."
rsrs, rachei de rir!

A Liana consegue desenvolver a história muito bem, sem se enrolar com o tema e sem clichês. Ela fala das inseguranças e das neuras da Karla de forma direta e simples, sem lamúrias e sem ser exaustiva. Coisa que normalmente acontece em livros que tratam do assunto. É mesmo traumático chegar aos 30, falo por experiência própria, mas também não é um vale de lágrimas, né?

O único problema do livro é que ele é muito fininho, e eu queria mais, muito mais da Karla. Poderia ter tido um pouco mais de suspense no romance, terem aparecido mais candidatos, quem sabe? Se bem que ficaria ótimo um Antes Tarde Que Mais Tarde Ainda, com as novas aventuras de Karla. Eu seria a primeira a encomendar um exemplar.

E, encerrando com chave de ouro, eu vou terminar essa resenha com um sorteio. 
Quem comentar nessa resenha até 30/09 concorre a marcadores de Estigmas da Luz, também da Liana Cupini, e Apátrida (autografado) da Ana Paula Bergamasco. É só deixar e-mail, twitter, link de perfil em redes sociais, qualquer meio para que eu possa entrar em contato com o ganhador, ok?

B-jusssssssss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

6 comentários :

  1. Adorei a resenha!
    Quero muito ler esse livro!!

    Bjos

    Arthur
    @thuthusgou
    http://hashtagminhaopiniao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. oi!
    eu acho teu blog muito legal, então queria saber se posso divulga-lo no meu?
    de acordo?

    Anna Lockheart

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha Nina!
    Parece ser uma história muito legal *-*
    Adoro chick-lits ^^
    A Liana sabe escrever muito bem \o
    Estou louca para comprar esse livro ^^

    re_souza_12@hotmail.com
    @renata_souza18
    Bjus =*

    ResponderExcluir
  4. Amei sua resenha. Chick-lits são demais.
    Fiquei louca de vontade de ler. É o tipo de história que me prende.
    parabéns, muito bem escrita sua resenha.
    E as citações se harmonizaram com seu texto, enfim.. perfeito

    bju
    Marta Araujo
    www.unlibrounamor.blogpsot.com

    ResponderExcluir
  5. Ei Nina,

    Não conhecia a história, pela capa nem imaginei que era chick-lit rs.

    Achei bem legal ^^

    bjos

    ResponderExcluir
  6. Nina,
    Eu nunca li nada dessa autora, mas me apaixonei pela resenha. Ahhh também não gosto de livro fininho rsrsrs

    Bjo

    Simone - Quem lê faz seu filme :-)

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados