O Clã dos Magos - Trudi Canavan


CANAVAN, Trudi. O Clã dos Magos. Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito, 2012. A Trilogia do Mago Negro, vol.1. 446 páginas. Título oringinal: The Magician's Guild.

"Uma ondulação de luz azul relampejou saída da pedra, que em seguida atingiu a têmpora do mago com um baque surdo. O mago permaneceu imóvel, fitando o nada, até que seus joelhos se dobraram. O companheiro avançou para ampará-lo... Sonea baixou a cabeça e olhou para as mãos. Funcionou. Quebrei a barreira, mas não é possível. A menos que...A menos que eu tenha usado mágica." (p. 24)

De todos os gêneros literárias que leio o meu preferido é o sobrenatural, acho que quem acompanha o blog já percebeu isso... E de todos os sobrenaturais, os de bruxaria sempre me chamara a atenção. Agora pensem em juntar bruxaria, um ambiente medieval (a historiadora pira, rsrs), crítica social e política e luta contro um governo despótico. Todos os ingredientes necessários para um grande livro. Conheçam O Clã dos Magos.

Imardim, capital de Kyralia, é uma cidade próspera que mantém seus habitantes vivendo no luxo e na tranquilidade. Isso porque desde a pacificação do país, os magos que compõem o clã fazem um ritual de Purificação. Em duplas e protegidos por um escudo de poder, os magos expulsam todos os indesejáveis da cidade: pobres, desempregados, moradores de rua, doentes. Todos que poderiam comprometer o conforto e a segurança das Casas (famílias ricas)

Os expulsos são obrigados a viverem fora dos muros da cidade, nas favelas, um lugar sem acesso a nenhum serviço público, sem esgoto ou água potável e entregues a própria sorte.

Todos os anos, durante a Purificação, jovens desabrigados se unem para atirar pedras contra os magos. Porém elas são totalmente inofensivas, já que eles estão protegidos pelo escudo.

Sonea é uma adolescente que vive com os tios em quarto de pensão na cidade, mas acabaram de ser expulsos e terão de voltar a viver nas favelas. Ela está com muito ódio dessa situação e projeta toda a sua raiva na pedra que atira contra os magos naquela manhã. E para sua surpresa, a pedra atravessa o escudo e acerta em cheio a testa de um dos magos, que cai desacordado. O caos toma conta da praça, pessoas correm, gritam, comemoram. Os magos vasculham a praça em busca de seu agressor. Um dos magos a vê e ela foge

Uma maga não treinada nas favela é um fato inédito e muito perigoso, não só para a realeza, pois a magia não controlada pode causar destruição e morte, a ela mesma e aos que estão a sua volta. É preciso encontrar a garota e treiná-la o mais rápido possível.

Mas Sonea sabe que não pode confiar no Clã, eles podem querer matá-la, ou obrigá-la viver entre eles contra todos os ama. Por isso ela prefere se esconder nas favelas, e para isso ela conta com seu amigo de infância Cery. Tem início uma caçada desesperada pelos becos e passagens das favelas. Sonea desesperada foge, sem saber que seus poderes estão aumentado e se tornando perigosos.

Os magos Rothen e Dannyl se unem e lideram a caçada por Sonea, eles planejam aceitá-la no clã e lhe oferecer uma vaga como aprendiz. Mas nem todos os magos são favoráveis a entrada de um favelado no clã. Alguns só querem se livrar dela, como lorde Fergun, aquele que levou a pedrada certeira. Mas Sonea conta com uma ajuda inesperada, que vai ajudá-la a sobreviver no submundo. Magia, política, desigualdade social... quem vai vencer essa disputa?

* * * *
Ok, eu confesso que me empolguei na resenha, mas eu gostei demais do livro! Os personagens são cativantes, o enredo é incrível, e apesar de ser uma trilogia, todo a história terminou muito bem explicada, sem deixar grandes suspenses para o próximo livro. Odeio quando um livro termina no clímax... Mas mesmo assim fiquei doida para ter a continuação em mão e continuar lendo!

A autora descreve muito bem as diferenças sociais e a maneira como a aristocracia enxerga os favelados. Sonea e seus amigos tem uma vida muito sofrida e o tempo todo torci para que ela conseguisse superar suas dificuldades e ter uma vida melhor.

Como defeito apenas a narração repetitiva e as falhas nas descrições dos locais e ambiente. Trudi Canavan criou um mundo totalmente novo em sua história, mas não conseguiu explicar seus detalhes. A existência de mapas e de um glossário no final do livro ajudam, mas meio chato ficar indo no final o tempo todo para saber o que é uma kreppa ou um mulook.
E a primeira parte do livro que trata da caçada a Sonea também poderia ter sido bem menor, já que nada acontece. Eles perseguem, ela foge, eles perseguem. Me incomodou um pouco e pareceu que autora estava enchendo linguiça.

O livro é uma aventura deliciosa, mas se você pretende ler achando que vai se deparar com cenas de magia, varinhas e poções, pode ficar um pouco decepcionado. O foco está mais na fuga de Sonea e no seu aprendizado e a magia é mais contemplativa, um exercício mental e de controle, quase com uma aula de yoga.

De toda forma, o livro prende o leitor até o fim e é muito difícil não se angustiar pela Sonea, sem saber se ela estava fazendo as escolhas certas ou se estava caindo em alguma armadilha. Não vejo a hora de ler o segundo volume da série, A Aprendiz, que foi lançado esse mês pela Novo Conceito. Já sinto saudades de Sonea, Cery, Rothen e Dannyl. Leiam!!!

Trilogia do Mago Negro
  • O Clã dos Magos (The Magician's Guild) 
  • A Aprendiz (The Novice) 
  • The High Lord (ainda não lançado no Brasil) 
B-jussss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

5 comentários :

  1. Está na minha lista faz um bom tempo. Quem sabe eu não tenha ele agora.

    ResponderExcluir
  2. Primeiros livros nunca revelam tudo, mas são ótimos para ambientar e prender de vez o leitor.
    Eu não sou muito fã de sobrenatural, mas adoro o tema "medieval" e por tudo que li sobre a série, estou bem animada.
    Os personagens parecem bem cativantes, assim como a premissa da história.
    Espero ter a oportunidade de ler um dia desses.
    bjs

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados