25 Conquistas Históricas das Mulheres no Mundo


Olá meninas!

Seguindo com o projeto Semana da Mulher no Pronto.Falei! hoje trago para vocês 25 das principais conquistas da mulher pelo mundo. São momentos marcantes da história feminina em que as mulheres conquistaram direitos ou fizeram-se reconhecidas. É claro que muito ainda precisa ser feito, infelizmente são muitos os exemplos de abuso ao redor do mundo, muitas mulheres ainda são vítimas de violência e injustiças, como infanticídio feminino, perseguição sexual, mutilação genital, sequestro de noivas, entre outras.

Mas escrever esse texto me esperanças de que podemos mudar isso, já tanto foi feito em tempos muito mais difíceis do que o nosso. Acompanhe o que já foi feito:

- 1788: O político e filósofo iluminista francês Condorcet reivindica direitos de participação política, emprego e educação para as mulheres;

Mary Wolstonecraft
- 1792: Na Inglaterra, Mary Wolstonecraft escreve um dos grandes clássicos da literatura feminista – A Reivindicação dos Direitos da Mulher – onde defendia uma educação para meninas que aproveitasse seu potencial humano.

Lucrécia Mott
- 1840: Lucrécia Mott luta pela igualdade de direitos para mulheres e negros dos Estados Unidos, pouco antes de estourar a Guerra de Secessão.

- 1857: Nos Estados Unidos, mo dia 8 de março, em uma fábrica têxtil, em Nova Iorque, 129 operárias morrem queimadas numa ação policial porque reivindicaram a redução da jornada de trabalho de 14 para 10 horas diárias e o direito à licença-maternidade. Mais tarde foi instituído o Dia Internacional da Mulher, 8 de março, em homenagem a essas mulheres.

- 1859: Surge na Rússia, na cidade de São Petersburgo, um movimento de luta pelos direitos das mulheres.

- 1862: Durante as eleições municipais, as mulheres podem votar pela primeira vez na Suécia.

Louise Otto
- 1865: Na Alemanha, Louise Otto cria a Associação Geral das Mulheres Alemãs.

- 1866: No Reino Unido, em plena Revolução Industrial, o economista John S. Mill escreve exigindo o direito de voto para as mulheres inglesas.

- 1869: É criada nos Estados Unidos a Associação Nacional para o Sufrágio das Mulheres.

- 1893: Na Nova Zelândia, pela primeira vez no mundo, as mulheres têm direito ao voto.

- 1870: Na França, as mulheres passam a ter acesso aos cursos de Medicina.

- 1874: Criada no Japão a primeira escola normal para moças.

- 1878: Criada na Rússia uma Universidade Feminina.

- 1901: O deputado francês René Viviani defende o direito de voto das mulheres.

- 1923: No Japão, as atletas femininas ganham o direito de participarem das academias de artes marciais.

- 1945: Após a Segunda Guerra Mundial, a igualdade de direitos entre homens e mulheres é reconhecida em documento internacional, através da Carta das Nações Unidas.

Fanny Blankers-Koen
- 1948: A holandesa Fanny Blankers-Koen, 30 anos, mãe de duas crianças, foi a grande heroína individual da Olimpíada, superando todos os homens ao conquistar quatro medalhas de ouro no atletismo.

Simone de Beauvoir
- 1949: São criados os Jogos da Primavera, ou ainda “Olimpíadas Femininas”. No mesmo ano, a francesa Simone de Beauvoir publica o livro “O Segundo Sexo”, no qual analisa a condição feminina.

- 1951: Aprovada pela Organização Internacional do Trabalho a igualdade de remuneração entre trabalho masculino e feminino para função igual.

Isabel Perón
- 1974: Na Argentina, Isabel Perón torna-se a primeira mulher a ocupar o cargo de presidente.

- 1975: Na Argentina, comemora-se o Ano Internacional da Mulher. A ONU promove a I Conferência Mundial sobre a Mulher, na Cidade do México. Na ocasião, é criado um Plano de Ação.

Sally Ride
- 1983: Nos Estados Unidos, Sally Ride é a primeira mulher astronauta. Voou na nave espacial Challenger.

- 1985: No dia 29 de agosto, foi criado o Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (CNDM) com a finalidade de promover em âmbito nacional, políticas que visem a eliminar a discriminação da mulher, assegurando-lhe condições de liberdade e de igualdade de direitos, bem como sua plena participação nas atividades políticas, econômicas e culturais do País.

Jutta Kleinschmidt
- 2001: Na Alemanha, Jutta Kleinschmidt é a primeira mulher a vencer o Rali Paris-Dakar, na categoria carros. Considerada a prova mais difícil do planeta – seu desafio é atravessar o deserto – Kleinschmidt, com essa vitória, faz jus à força feminina, presente em todas as atividades do mundo atual. Em 23 anos de disputa, jamais uma mulher havia ganhado nessa competição.

Angela Merkel
- 2005: Na Alemanha, Angela Merkel foi eleita a nova chanceler alemã, a primeira mulher a ocupar o cargo na história do país. Ela foi aprovada para o cargo pelo Parlamento alemão, e teve 397 votos a favor, contra 202 contra. Houve 12 abstenções.


B-jussss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados