Corra, Abby, Corra! - Jane Costello


COSTELLO, Jane. Corra, Abby, Corra! Tradução: Ryta Vinagre. Rio de Janeiro: Record, 2015. 420 páginas. Título original: Girl on the run. Skoob.

Sinopse:
“Abby nunca foi de se preocupar com hábitos saudáveis. Aos 28 anos, ela acaba de fundar a própria empresa de web design, e sua rotina parece consumir todo o seu tempo. Ela não tem a menor ideia de quando foi a última vez que deu um beijo apaixonado. E o pior: mal tem tempo para comer, malhar então... nem pensar.
Mas quando sua melhor amiga a convida para participar de um clube de corrida, a jovem empresária encontra uma motivação: Oliver, charmoso e bem-sucedido médico que parece estar interessado em suas investidas. Seu primeiro dia de corrida, entretanto, não acaba como imaginou e ela jura que nunca mais vai correr. Até o dia em que sua assistente Heidi revela ser portadora de esclerose múltipla. A partir daí, Abby vê nas corridas uma forma de arrecadar fundos para a pesquisa da cura para a esclerose.Só que ela precisa de muito fôlego para gerenciar a empresa, lidar com sua operadora de seguro para arcar com o prejuízo de um motoqueiro que ela atropelou por acidente, e ainda conquistar o Dr. Sexy. Mas o que Abby não imagina é que pode estar correndo atrás do homem errado…”

Corra, Abby, Corra! é o primeiro livro da Jane Costello que leio e como já tinha ouvido muitos elogios aos seus outros dois que já foram lançados no Brasil, fiquei muito curiosa para conhecer. Além disso, tem o amor que sinto pelos chick lits, eu simplesmente não consigo resistir a eles.

Foi uma surpresa deliciosa a narrativa de Jane Costello. Ela é leve, espirituosa e inteligente, e conseguiu criar diálogos e personagens únicos. Abby é uma mulher comum, que poderia ser qualquer uma de nós, ela trabalha muito para sua empresa crescer, tem bons amigos e família complicada. Mas ela tem um diferencial das típicas personagens de chick lit, ela não sofre de baixa auto estima crônica. Ela tem seus defeitos, os reconhece e busca melhorar, mas não sofre com isso.

Outro diferencial importantíssimo para mim foram as cenas de humor. Em geral nos chick lits, as mocinha se metem em situações tão ridículas que eu não consigo achar graça, só sinto vergonha alheia. Neste livro também temos cenas hilárias, mas elas são reais e poderiam realmente acontecer conosco (tipo ficar loucona com M&M ou ser atacada por um cão que quer comer gordura que você deixou cair na saia, kkkkkk) e essas cenas não se estendem demais. Para mim, o humor ficou na medida!

O enredo se passa em cenas cotidianas da vida de Abby, enquanto ela tenta se equilibrar entre seus vários compromissos de trabalho, reaproximar os pais que estão divorciados, aconselhar a melhor amiga que está em crise no casamento, paquerar o Dr. Sexy, entender o que sente por Tom, participar do clube de corrida, treinar para a meia maratona e arrecadar fundos para a pesquisa da esclerose múltipla… ufa! São mil coisas ao mesmo tempo que não deixam você ficar entediado enquanto lê e ainda tratam de temas tão relevantes como a esclerose com uma delicadeza ímpar.

E como todo bom chick lit, esse não poderia deixar de ter um triângulo amoroso. Abby está muito interessada Oliver, o Dr. Sexy, mas a paquera entre eles não desenrola e ela começa a perceber que tem sentimentos novos por Tom, que também é integrante do clube de corrida mas que tem uma namorada linda e super bacana. E essa é outra dissemelhança desse livro pois geralmente a namorada é uma vaca que a gente sempre odeia, mas não é esse o caso pois Geraldine é uma amor e isso torna a vida de Abby ainda mais difícil.

Enfim, eu adorei o livro e recomendo sem medo de errar. Muito bem escrito, bons personagens, divertido e ainda trata de temas relevantes, ou seja, leitura obrigatória para quem gosta de um bom chick lit e para quem não gosta e quer saber o que está perdendo.

A Autora

Jane Costello atuou como jornalista durante anos antes de se tornar escritora. Trabalhou nas publicações Liverpool Echo, Daily Mail e foi editora do Liverpool-Daily Post. Seus livros já foram traduzidos para mais de 15 idiomas. De sua autoria a Editora Record também publicou Damas de Honra e Quase Casados. Ela mora em Liverpool com o noivo Mark e os três filhos.

Avaliação (4/5)






B-jusssss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

32 comentários :

  1. Olá, parece ser um livro muito bom, adorei a ideia. Achei a capa bem fofinha, apesar de achar que a ilustração poderia ser melhor, haha! Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Estou louca por esse livro
    Sua resenha ficou incrível
    Beijos
    Myself here

    ResponderExcluir
  3. João Henrique Arantes5 de agosto de 2015 17:35

    Nosss adorei a capa, e a resenha <3 Parece ser um livro muito legal mesmo, percebi que ele mexeu muito com você, adorei e também quero sentir isso!

    ResponderExcluir
  4. Nina, você tá numa vibe bem chick-lit, né?
    São livros mais leves e divertidos.
    Estou gostando do que estou lendo e até acrescentando alguns na minha lista de desejados.
    Achei a história bem boa, do tipo que eu gosto com triângulo amoroso bem clichê, amei. :)

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  5. Oi Nina, me interessei muito por esse livro, eu amo chick-lit, e esse parece ter uma leitura bem leve e envolvente, amei a sua resenha, com certeza se eu tiver oportunidade irei ler o livro :D

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Nina!
    Eu devia ter pedido esse livro :O

    Só estou lendo bons comentários sobre ele \o/

    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Aaamo Chick-lit e tenho muita curiosidade sobre os livros da Jane!
    Adorei a premissa desse e com toda certeza irei lê-lo!
    Ótima resenha!
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, Jana!
    Eu não gosto de chick-lits, mas eles podem ser úteis em se recuperar de uma ressaca hahah anotei a dica!

    ResponderExcluir
  9. oie como vai? gente adorei ler sua resenha, você é boa escrevendo guria kkkkkkk anyway, então nunca li um chick lit acredita? meu maior medo é essa questão do romance, dos triângulos essas coisas, não sou boa com isso =/

    ResponderExcluir
  10. Olá, Nina. Não sou muito fãs de livro do gênero, mas sua resenha me convenceu que esse não é muito parecido com os outros. Assim que eu tiver a oportunidade irei lê-lo!
    Beijo,
    http://www.pactoliterario.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Eu não leio muitos chick-lits, mas confesso que achei a premissa desse bem interessante.
    Só o fato da personagem não sofrer de excesso de baixa estima já me anima muito!


    Beijo :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  12. Amanda Larissa Vieira6 de agosto de 2015 14:24

    Oi Nina, chick lits não são minha praia. Gostei da sua resenha, e achei legal vc comentar que as cenas de humor são mais reais, mas eu não leria mesmo assim... Beijo.

    ResponderExcluir
  13. Ahhhhh que lindoooo!!
    Adicionando a lista de desejados nesse instante.
    Eu amo, amo Chick Lit, com toda certeza é meu gênero favorito.
    Amei sua resenha, me deixou com muita vontade de ler.
    ;**

    ResponderExcluir
  14. Oi Jana!

    Chick-lit é um gênero que me conquistou a pouco tempo mas que amo.

    Concordo com você que em muitos livros do gênero, os autores forçam situações engraçadas que seria bem dificil de acontecer conosco. Mas já que esse livro não é assim, já fiquei louco para ler.

    Adorei a resenha e a capa do livro.

    Beijos

    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?
    Eu também adoro chick lit, sempre me divirto horrores! E, faz tempo que eu quero ler esse, agora só fiquei com mais vontade.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  16. Oie!
    Eu amo Chick Lit, e essa resenha me deixou com vontade de conhecer essa história.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. bem, a protagonista é quase da minha idade e não me identifiquei em nada com ela rsrsrs
    não curto chick então essa leitura eu deixo passar... mas acredito que para os fãs do gênero, deve ser uma leitura divertida...
    bjs

    ResponderExcluir
  18. Angélica Felix Lima6 de agosto de 2015 22:22

    Oi Nina, tudo bem?

    Como apaixonada por chick-lits, fiquei mega interessada pelo livro, adorei a premissa!!

    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Ahh, que legal! Eu amo chick-lit, nao conhecia essa autora, como assim???!!! haha, adorei a resenha, fiquei com uma super vontade de ler esse livro *-*

    www.guildadosleitores.com

    ResponderExcluir
  20. Quando li sobre esse lançamento fiquei louca para ler o livro pois sou apaixonada por chick lits. Essa é a primeira resenha dele que leio e adorei saber sua opinião. Ainda quero muito lê-lo, espero ter a oportunidade.
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Larissa Fernandes7 de agosto de 2015 22:32

    Gostei muito da resenha e deste livro. Ainda não li nada do genero chick-lit (ou já li e não lembro)
    Mas, com certeza vou adciona-lo a minha estante :)
    Beijos
    Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  22. O Título é uma paródia ao filme Corra, Lola, corra, né?
    Mas as propostas parecem ser bem diferentes.
    Acho que não leria, pois não é uma temática que me atraia tanto, mas quem sabe?

    ResponderExcluir
  23. Olá!


    A capa é tão fofinha *-*
    Não conhecia o livro, mas gostei bastante da tua resenha e acredito que eu vá adorar a leitura :D


    bjs

    ResponderExcluir
  24. Li o Quase casados dela, e adorei! Não solicitei esse livro porque a trama não tinha me chamado atenção, mas agora fiquei triste por saber que é uma leitura divertida. Me arrependi. rs

    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  25. Não é meu estilo favorito de livro, mas acho que tratar da esclerose múltipla é interessante. Essa é uma daquelas doenças que nem são tão raras assim, mas que ninguém fala sobre porque é "tabu", então a proposta é muito legal - além de abordar essa coisa da corrida, que é realmente viciante!


    Um beijo!


    http://acartavioleta.com.br

    ResponderExcluir
  26. Não sou mto fã de chick-lit, mas todos que li amei, é sempre uma leitura leve e gostosa.

    Sobre o livro não conhecia e gostei do que vc disse na resenha, vou ler com certeza, gostei da premissa do livro.

    http://odiariodoleitor.blogspot.com.br/2015/08/resenha-como-dizer-adeus-em-robo.html

    ResponderExcluir
  27. Olá Nina,

    Eu adoro Chick-lits e adoro os livros da Jane. Eu tenho os 3 lançados aqui, eu li Corra Abby, Corra semana retrasada e também adorei! Super concordo que é um livro obrgatória para quem gosta do gênero. E eu também morri de rir com a cena do Cachorro e do M & M kk

    Beijos

    www.itgeekgirls.com

    ResponderExcluir
  28. Olá, desde o lançamento do livro que estou bem interessada por ele, amo chick-lit, ainda mais quando os personagens e a trama tem algo de diferente (no caso, a corrida).

    ResponderExcluir
  29. Olá tudo bem?

    Bom em toda minha vida de leitor, não li muitos chick-lits, mas dos que li gostei bastante e esse livro tem uma premissa bem interessante e a sua resenha só elevou a minha curiosidade. Não o leria no momento, mas tambem não descartaria a oportunidade.

    Abraços, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Oi,tudo bem?

    Sou apaixonada por chick-lits e esse já está na lista de desejados. Ainda mais por saber por saber que o humor é convincente e na medida. Além disso, sua resenha só me convenceu ainda mais a ler esse livro.
    Beijos,

    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Oi Nina!
    Eu não gosto muito de chick-lit exatamente pelas cenas que precisam ser cômicas e não são pra mim e pelos triângulos amorosos. QUEIMA todo mundo do triângulo e pronto, cabô sofrimento hauhauhauha

    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  32. Oi Nina, não sou uma dessas fãs de chick lit, mas de vez em quando é bom variar um pouco das leituras pesadas que adoro. Achei que essa é bem leve, pela sua resenha, tem humor, tem romance e uma boa personagem. Um pacote completo para uma boa história. Bjs

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados