A Garota do Calendário: Junho - Audrey Carlan


CARLAN, Audrey. A Garota do Calendário: Junho. Tradução Andréia Barboza. Campinas, SP: Editora Verus, 2016. 160 páginas. (Garota do Calendário, v.6). Título original: Calendar Girl: June. Skoob.

Sinopse
"Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... 
Mia vai passar o mês de junho em Washington com Warren, um coroa rico que precisa de uma mulher a seu lado para tratar com políticos e investidores. O acordo entre eles não envolve sexo — já com Aaron, o filho de seu cliente, Mia não pode garantir..."

Hey pessoal
E a aventura não para! Chegamos ao meio da jornada da Mia e agora as coisas estão ficando um pouco mais pesadas e complicadas.

No mês de junho, Mia será a acompanhante de um senhor muito poderoso no meio político, Warren, pai de Aaron o atual senador de Washington. Ele possui um projeto muito bacana e seu foco é aprová-lo, mas para que isso aconteça ele precisa da ajuda de alguns políticos da pior espécie. E para conseguir o apoio deles, ele precisa se misturar.

"O mundo seria muito melhor se todos dissessem o que pensam e vivessem de acordo com a regra de ouro."

Logo de cara Mia já se encanta pela causa de Warren e decidi ajudá-lo de todo o coração, mas sua permanência na casa não será uma das melhores. Logo de início ela faz amizade com o dono da casa e sua governanta, que ela descobre ser o amor proíbido de Warren, mas ela terá que lidar com seu filho Aaron, que se mostra a pior espécie de homem a cada dia.

Neste livro encontraremos poder, visitaremos os bastidores do meio mais sujo que pode existir, o político. Mia também vai tentar unir o casal da vez e ainda ajudar a fazer o projeto de Warren deslanchar. Coisas pesadas e tristes irão acontecer, e confesso que fiquei com dó de Mia, mas no final alguns amigos aparecem e podemos perceber que nossa protagonista não está só acumulando clientes, ela está ganhando amigos com o passar de cada volume.

E se já não bastasse tudo o que acontece, Mia ainda precisa lidar com Wess e sua peguete, confesso que me senti vingada aqui, já que ela acha certo ir pra cama com os clientes é justo que Wess também tenha sua diversão, mas parece que ela não está sabendo lidar com isso.

"Não importa.  Eu poderia dizer isso a mim mesma várias vezes, mas o resultado ainda me daria um tapa na testa. Era impossível parar de me importar. Wes sempre importava."

Depois desse volume, espero que Carlan traga algo feliz em Julho para dar uma amenizada, estou ansiosa para continuar a leitura e saber como isso vai acabar.

A Autora

Audrey Carlan escreve histórias de amor criadas para proporcionar aos leitores uma experiência sexy e romântica. Além de A garota do calendário, ela é autora das séries Falling e Trinity. Seus livros já figuraram nas listas de mais vendidos de jornais como New York Times, Washington Street Journal e USA Today.
Audrey mora na Califórnia com o marido e dois filhos. Quando não está escrevendo, ela gosta de praticar ioga, tomar uma taça de vinho com as amigas e ler romances picantes.


Comente com o Facebook:

4 comentários :

  1. Eu até tenho um certo interesse em ler a série, mas cara... 12 livros p mim é demais... Acompanahndo as resenhas livro a livro, até vejo a história se intensificando, a personagem amadurecendo e causas importantes sendo trabalhadas, mas ainda assim esperarei os 12 livros serem publicados e compilados para tentar a leitura. ;)

    ResponderExcluir
  2. OOi!
    Nossa, esse mêes pelo visto vai ser tenso... também estou acompanhando a série, embora tenha dado uma pausa em Abril para ler outros. Estou amando, achei que a Audrey não daria conta de manter o ritmo nos 12 livros mas agora já acredito haha Só tenho visto críticas positivas, espero continuar gostando. <3

    ResponderExcluir
  3. Gostei da sua resenha, muito sucinta e explicativa, dá pra ter uma ideia geral do livro sem spoilers. Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Oi Kelly, sua linda, tudo bem?
    O que gostei nesse livro é a história de amor dele com a governanta e também a luta pelo projeto dele, já que parece ser algo bom. A parte da Mia eu não gosto, por isso não leio a série, risos... Mas pelo visto a autora melhorou o enredo, isso é uma ótima notícia para os fãs. Gostei muito da sua resenha!!!!
    beijinhos.
    cila

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados