Sob Águas Escuras - Robert Bryndza


BRYNDZA, Robert. Sob Águas Escuras. Tradução Marcelo Hauck. Belo Horizonte: Editora Gutenberg, 2018. 336 p. (Detetive Erika Foster v.3). Título original: Dark water. Skoob. Comprar.

Sinopse

“Puxado pelo peso das correntes, o corpo afundou rapidamente. Ela descansou ali, quieta e serena… durante muitos anos.”
Quando a Detetive Erika Foster vasculha, com sua equipe, um lago artificial nos arredores de Londres em busca de uma valiosa pista de um caso de narcóticos, ela encontra muito mais do que eles estavam procurando.
Do fundo do lago são recuperados dois pacotes: um deles contém 4 milhões de libras em heroína. O outro… o esqueleto de uma criança.
Os restos mortais são de Jessica Collins, uma garota desaparecida há 26 anos e que foi a principal manchete de todos os noticiários da época.
Erika, então, precisa revirar o passado e desenterrar os traumas da família Collins para descobrir mais sobre o trabalho de Amanda Baker, a detetive original do caso – uma mulher torturada pelo seu fracasso na busca por Jessica.
Muitos mistérios envolvem esse crime, e alguém que não quer que o caso seja resolvido fará de tudo para impedir que Erika Foster descubra a verdade.
O autor de A garota no gelo e Uma sombra na escuridão nos presenteia com outra eletrizante aventura da Detetive Erika Foster.

Sob Águas Escuras é o terceiro livro da série Detetive Erika Foster, de Robert Bryndza. A série é muito conhecida e aclamada pelos fãs de thrillers policiais, mas como sou nova no estilo, ainda não tinha lido nenhum, até ter a oportunidade com a parceria com o Grupo Autêntica. 

A detetive Erika Foster acabou de mudar de departamento e agora trabalha em um grande caso de narcóticos que a levou a investigar uma pedreira. Lá os mergulhadores encontram dois pacotes: um contendo 4 milhões de libras em heroína e outro com o esqueleto de uma criança. A equipe forense descobre que a criança é Jessica Collins, cujo desaparecimento há 26 anos nunca foi explicado, mesmo tendo sido amplamente coberto pela mídia. Erika decide assumir a investigação e nesse caminho, acaba se aprofundando na vida de Jessica e de Amanda Baker, a detetive original do caso que teve a vida totalmente impactada pela falta de resolução.

A primeira coisa que preciso dizer é que minha leitura não foi prejudicada por não ter lido os livros anteriores. O enredo é totalmente independente pois, pelo que percebi, cada livro narra um caso desvendado pela detetive. O que eu senti é que os livros anteriores devem ter feito uma apresentação melhor da protagonista e dos seus traumas, já que eles são só citados em algumas partes. Talvez por isso eu não tenha conseguido uma grande conexão com ela, pois me faltou conhecê-la melhor. Na maior parte do tempo, Erika Foster me pareceu uma mulher um pouco fria e focada demais no trabalho, mas fica claro nas entrelinhas que há muito coisa por baixo de sua atitude que deve ter sido melhor explorada antes.

– Preciso de alguém com pulso firme para conduzir a reabertura dessa investigação. Por que você acha que é a pessoa certa para o caso?
– Não sou uma policial de carreira. Me dedico totalmente aos meus casos. Uma garota vulnerável de 7 anos desapareceu e alguém a jogou como um saco de lixo naquela pedreira. Quero encontrar quem fez isso. Quero justiça para Jessica. Quero que a família dela possa seguir em frente e vivenciar o luto.

A narrativa em terceira pessoa é muito ágil e confesso que ela foi o que mais me agradou no livro. Robert Bryndza soube conduzir o enredo brilhantemente, focando em todos os aspectos essenciais sem ser exaustivo. Ele soube mesclar com perfeição as descrições de cenários e contextos, as definições de personagens e os detalhes do caso investigado, de forma que nada fica muito aprofundado ou com poucas informações.

Quanto ao enredo, fiquei completamente presa a ele! Primeiro por ser um crime não solucionado há tantos anos e cheio de detalhes vagos e obscuros. O mistério é muito bem elaborado e eu nem desconfiei do final, imaginei mil coisas diferentes do que realmente aconteceu. Além disso, o autor toca em temas muito importantes, como homofobia e desigualdade de gênero, de uma maneira muito natural e dentro do contexto. Não é uma coisa forçada, é algo que simplesmente aparece no enredo e é discutido pelo autor sem tirar o foco do enredo na investigação criminal.

Por fim, Sob Águas Escuras foi uma ótima leitura, que me agradou, me surpreendeu e me entreteu. E apesar do livro ser independente e poder ser lido sem os anteriores da série, eu senti que teria uma experiência melhor se tivesse lido na ordem. Assim, vocês decidem como fazer a leitura, só insisto que a façam!!!

Série Detetive Erika Foster



  1. A Garota no Gelo
  2. Uma Sombra na Escuridão
  3. Sob Águas Escuras
  4. Last Breath (Ainda não lançados no Brasil)
  5. Cold Blood
  6. Deadly Secrets

O Autor

Robert Bryndza nasceu no Reino Unido e já morou nos Estados Unidos e no Canadá. Seu romance de estreia, The Not So Secret Emails of Coco Pinchard (2012), deu origem à famosa série de comédia romântica de Coco Pinchard.
Em 2016, escreveu A Garota No Gelo, primeiro volume da série de ficção policial da Detetive Erika Foster, best-seller nº 1 do Wall Street Journal e do US Today. Uma Sombra na Escuridão também é best-seller nº 1 no Wall Street Journal. A série já vendeu mais de 2 milhões de cópias e foi traduzida para 24 idiomas. O terceiro livro da série, Dark Water, será lançado ainda em 2016.
Atualmente mora na Eslováquia com seu marido Ján Bryndza, com quem escreveu o romance satírico Lost in Crazytown (2013).

Avaliação (4/5)




B-jusssssss!
;-p


3 comentários:

  1. Estou doida o ler essa serie, só tinha lido a resenha do primeiro e com a sua me deu mais vontade ainda desses livros, comecei a me apaixonar pelo gênero ano passado então estou bem ansiosa. Adorei o post. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Eu amo esse gênero literário e adicionei esse livro na minha lista de desejados. Cada resenha que encontro fico mais empolgada e não vejo a hora de conseguir ler. Muito bom saber que o enredo te prendeu *_* quero conhecer esse desfecho.

    Beijos
    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
  3. Olá.

    Fico feliz em saber que leu o terceiro livro da série e não foi prejudicada. Gosto de livros assim, que são independentes, mesmo sendo continuação. Entende? haha Espero que você adore os outros dois, assim como esse. Quero muuuito conhecer essa série!

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p