Os 10 mais da literatura infantil


Hey peeps!
Feriadão, Dia da Crianças, hora de pensar no que dar ao pequeno, um presente que seja divertido e ao mesmo tempo possa ensinar alguma coisa, melhorar seu aprendizado. Algo que estimule a criatividade, o pensamento crítico e a alfabetização. O que pode ser melhor do que um livro?
Pensando nisso, fiz uma pesquisa básica sobre os os melhores livros infantis que existem por aí. Encontrei várias listas, e mesclei todas elas, incluindo os meus preferidos, é claro! Aqueles que li quando criança e que me marcaram profundamente. Livros maravilhosos, que passam de geração em geração, atemporais, e que merecem serem lidos por crianças (e adultos) de todas as idades. Autores que amo, adoro, idolatro, e que se pudesse, colocaria uma estátua deles aqui na porta de casa, como Monteiro Lobato, Ruth Rocha, Ana Maria Machado e Ziraldo.

Vamos lá:

1- Reinações de Narizinho,  de Monteiro Lobato

Narizinho, Pedrinho, Emília, Visconde de Sabugosa, Dona Benta e tia Nastácia mergulham em aventuras no Sítio do PicaPau Amarelo. Não dá para ficar imune ao texto de Lobato. Ele constrói histórias como quem tece uma renda, e faz parecer conversa de peixe conversa com besouro e idéias de boneca de pano com sabugo de milho parecer normal. A partir de 6 anos.

2- A Bolsa Amarela, de Lygia Bojunga

Em uma velha bolsa doada por uma tia, Raquel esconde três grandes vontades: a de crescer, a de ser garoto e a de se tornar escritora. Lygia aborda os conflitos internos e externos da personagem, por meio de amigos secretos, fantasias e questões do mundo real. As reflexões ajudam os pequenos a dialogarem com seus conflitos. O texto segue solto. Não dá vontade de largar. A partir de 8 anos.



3- Bisa Bia, Bisa Bel, de Ana Maria Machado
 
Na premiada obra, Bel se encanta por um retrato da sua bisavó, ainda criança. Ela nunca a conheceu, mas imaginar um relacionamento entre as duas faz com que Bisa Bia se torne uma grande amiga e confidente. A partir de 7 anos.



 
 
4- Marcelo, Marmelo, Martelo e Outras Histórias, de Ruth Rocha
 
O livro tem três histórias: Marcelo, Marmelo, Martelo, Teresinha e Gabriela e Os Donos da Bola. Nelas, os leitores conhecem crianças que se deparam com reveses comuns no universo infantil, como a dificuldade de diálogo entre adultos e crianças. Os desenhos expressam a vivacidade e inocência que envolvem estas lições. A partir de 6 anos.



5- Ou Isto Ou Aquilo, de Cecília Meirelles

É 0 único livro de poesia entre os dez mais citados. O texto de 1964 é atual e introduz a criança no jogo de palavras, no humor e na sensibilidade de Cecília Meireles, que instiga os leitores a notar, entre tantas coisas, que a vida é repleta de duras escolhas. A partir de 4 anos.  
 
 
 
 
6- Contos de Grimm, de Wilhelm e Jacob Grimm
 
Nesta versão, com tradução de Heloisa Jahn e ilustração de Elzbieta Gaudasinska, encontram-se alguns dos textos escritos pelos irmãos alemães, no século 19, a partir de histórias populares, como Branca de Neve e O Pequeno Polegar. Cheios de moral, caem bem para abordar conflitos e medos infantis. A partir de 4 anos.
 
 
 
7- Contos de Andersen, de Hans Christian Andersen
 
Com tradução de Mary França e belos desenhos de Eliardo França, a obra reúne, em dois volumes, alguns contos do dinamarquês, seguidor do estilo dos irmãos Grimm: O Patinho Feio, Soldadinho de Chumbo e As Roupas Novas do Imperador. Uma das características de Andersen é criar texto cheios de heroísmo dos oprimidos, além de abordar problemas como perdas e abandono. A partir de 4 anos.




8- Flicts, de Ziraldo

Era uma vez uma cor muito rara e muito triste que se chamava Flicts. Ela sofre por não se encaixar em lugar algum. Não está no mar, no arco-íris, nas bandeiras. Até que ela descobre a que veio e mostra que todos têm seu lugar especial no mundo. A partir de 4 anos.



 
 
9- O Menino Maluquinho, de Ziraldo
 
Alegria, carisma e esperteza em um menino bem maluquinho que cria sol em dias de chuva, abraça o mundo com as pernas, brinca com sua sombra, canta, distribui segredos. Com maestria, o autor trata de infância, felicidade e amadurecimento. A partir de 7 anos.
 


10- Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll

"Que graça tem um livro sem conversas ou figuras?" Assim começa a história de Alice, a menina que cai num poço e sai em outro mundo. Entre tantas, esta edição, contada por Ruy Castro e ilustrada por Laura Beatriz, foi citada pelos entrevistados como a melhor do clássico de 1862, primeiro grande título da Moderna Literatura Infantil. A partir de 9 anos.



A minha ideia inicial era listar apenas 10 livros, mas eu tenho um certo problema com limites, rsrs. E são tantos títulos maravilhosos... então resolver fazer um apêndice e colocar aqui dois títulos que me marcaram a infância e que dispensam maiores apresentações.

O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry



Levanta a mão quem não teve a vida marcada de alguma forma por essa história incrível.

Peter Pan e Wendy, de J. M. Barrie

Minha professora da pré-escola leu essa história para mim e me fez dormir semanas com a janela aberta, esperando Peter vir me visitar, kkkk.

E aí, peeps, gostaram? Alguma sugestão? Algum título que não mencionei?


B-jusssss!!!! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

5 comentários :

  1. Quando era pequena adorava ler Ziraldo, M.Lobato e Ruth Rocha =D
    Mas gostava mais de Pedro Bandeira, acho que foi porque conheci ele pessoalmente XD Até hoje eu lembro! Estou procurando feito louca meu livro "Mais respeito, eu sou criança" autografado =/ Não sei onde foi parar -.-
    Adorei o post! Bjus =*

    ResponderExcluir
  2. Desses eu so li o Pequeno Principe - ja depois de grande e Marcelo Marmelo..ahaha
    Tb ja li alguns contos dos irmão Grimm mas não os considero infantis... são fortes!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Ja li: A Bolsa Amarela,Bisa Bia, Bisa Bel,Contos de Grimm, O Pequeno Príncipe. Sao excelentes livros!! =)

    ResponderExcluir
  4. Adorei a sua listaaaa!!! Eu estudo literatura infantil e esses sem dúvida são os 10 melhores!!

    Eu acrescentaria um monte da Lygia Bojunga e talvez Uma história meio ao contrário, mas está perfeito!!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Os livros selecionados são magnificos. Parabéns pelo A bolsa Amarela, é lindo!!
    Bjs
    Renata

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados