Qual Seu Número? - Karyn Bosnak

"Meu nome é Delilah Darling. Tenho 29 anos. Sou solteira, e, bem... sou uma mulher fácil.
Pronto, falei. Sou fácil. Sou mesmo. Agora você sabe."

O que falar de um livro que já começa com uma declaração dessas? Pois é exatamente assim que Delilah começa a nos contar sua história, e que história! Ela, louca como só ela consegue ser, lê em uma dessas revistas femininas uma pesquisa que diz que a média de homens que uma mulher se relaciona até os 30 anos é de 10,5. Acontece que nossa heroína já dormiu com nada menos do que 19 homens! Lembram que ela fácil? Ela então decide que não vai ter 20 homens em sua lista e que o próximo vai ser o cara com quem ela vai se casar e viver feliz para sempre!
Acontece que Delilah perde o emprego e, totalmente de porre, ela acorda ao lado de Roger, seu ex-patrão-totalmente-nojento! Desesperada, ela resolve ir atrás de todos os seus ex namorados, pois com certeza um entre eles deve ser o homem certo para ela. Se já deu certo uma vez no passado, porque não daria novamente?

Parece simples não? Mas envolvido com tudo isso, Delilah ainda tem uma irmã mais nova que está de casamento marcado; uma mãe neurótica e super protetora que não se conforma e ver a filha solteira; um avô que reencontrou uma antiga paixão e resolveu partir atrás da felicidade; e Colin seu vizinho irlandês-ator-barthender-detetive particular que vai ajudá-la nessa louca viagem em busca do homem de sua vida.

Precisa dizer que é confusão certa? Acho que não.
Cada ex que Delilah encontra consegue ser pior e mais problemático que o outro e enquanto procura por eles, ela vai nos contando com foi sua história com cada um: como se conheceram, como se relacionaram e como terminou. Garanto a vocês que é risada certa. 
Aliás, há muito tempo que eu não ria tanto com um livro, cheguei inclusive a passar vergonha na sala de espera do médico lendo sobre o Loiro Gostosão e o "macarrão al dente" (quem leu vai entender...).

Karyn Bosnak escreve de maneira divina, a leitura flui e, mesmo o livro sendo bem grossinho (414 páginas) dá para ler rapidinho. Na verdade, é uma daquelas leituras viciantes, a gente mal consegue largar o livro. Cada capítulo começa com mensagens telefônicas deixadas na secretária eletrônica de Delilah, o que faz com que a gente entenda como os outros personagens acompanham a história. A diagramação é ótima, com desenhos das listas e mapas dos locais por onde Delilah passou. Mais uma vez a Novo Conceito arrasou!

Um filme baseado no livro foi lançado recentemente no Brasil e, apesar da capa do livro ser a mesma do cartaz do filme, eu li que a história ficou bem diferente. Mas tem o Chris Evans (lindo!) e a Anna Faris ( que eu acho engraçadíssima!), então pretendo assistir assim mesmo. Se quiserem conferir o trailer e fotos do filme é só visitar o site oficial do filme clicando AQUI.

B-jussss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados