Starters - Lissa Price

PRICE, Lissa. Starters. Ribeirão Preto: Novo Conceito, 2012. Título original: Starters.
Avaliação (1 a 5): ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

"Quando os gaviões gritam, é hora de voar." (p.367)

Seu mundo mudou para sempre. Callie perdeu os pais quando as guerras de Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes (os renegados) que os matariam por uma bolacha.
 
A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar perturbado em Berverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como o Velho. Ele contrata adolescentes para alugar seus corpos aos Enders — idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudará a sobreviver concorda em ser uma doadora. 

Mas o neurochip que colocam em Callie está com defeito e ela acorda na vida de sua locadora, morando em uma mansão, dirigindo seus carros e saindo com Blake, o neto de um senador. Parece quase um conto de fadas, até Callie descobrir que sua locatária pretende fazer mais do que se divertir — e que os planos de Prime Destinations são tão diabólicos que Callie nunca podia ter imaginado...

* * * *

Quando começou a se falar de Starters, fiquei muito curiosa com ele e ansiosa para ler e tirar minhas próprias conclusões. O livro prometia ser um fenômeno e já se dizia o substituto de Jogos Vorazes - a distopia das distopias. Mas, eis que o livro chega e eu tenho uma tremenda decepção!

Para começar eu tive que fazer um esforço hercúleo para conseguir concluir a leitura, que se arrastou por semanas. O começo é morno, o meio é tedioso e o final (que muitos disseram ser apoteótico), para mim foi totalmente previsível e até comum na maioria dos YAs. A autora não consegue sustentar a história que se propôs a escrever, e faltou muita profundidade e lógica no enredo. Principalmente lógica, já que a Callie em muitos momentos tem atitudes totalmente insanas como apontar uma arma para a cara de um senador, ou fugir de uma instituição de segurança máxima praticamente pela porta da frente. O que ela é afinal? Uma moradora de rua de 16 anos ou o McGyver?

Outro ponto que me incomodou foi o quanto Callie é inconstante. A vida dela está um caos e ela ainda arruma tempo para passar a tarde cavalgando com um playboy que meio que surgiu do nada, enquanto Michael está nas ruas, cuidando sozinho de Tyler. E aí do nada ela se lembra da realidade e começa ter uns ataques de remorso.

Mas o pior de tudo mesmo foi Blake, o pseudo mocinho mais frouxo que já conheci. Em 15 segundos ele está declarando amor eterno, sem esperar nada de Callie, e aceitando todos os absurdos que ela diz para ele. Ele nunca questiona nada, simplesmente concorda. Me pareceu que autora não tinha certeza se realmente queria que tivesse um romance entre Callie e Blake, e nessa indecisão, se perdeu boa parte do livro.

Mas o livro também tem seus pontos positivos, como Michael e Tyler, que parecem ser totalmente fofos mas quase não aparecem. 
E o enredo principal também é muito bom, poderia ter sido um tremendo livro, mas a química realmente não rolou...

Se eu recomendo Starters? Claro!
Você quer uma leitura leve e descompromissada, não se irrita com mocinhas chatas e mocinhos indecisos, este é o seu livro. Se você gosta de tecnologias e de aventuras intensas mesmo que elas lhe pareçam meio sem sentido, vá em frente! Divirta-se, porque eu não consegui.

B-jussss! ♥
;-p


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados