Bruxos e Bruxas - James Patterson


PATTERSON, James. CHARBONNET, Gabrielle. Ribeirão Preto, SP: Editora Novo Conceito, SP. 285 páginas. Título original: Witch & Wizard.

Avaliação (1 a 5) ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

"Então me lembrei das eleições, do novo governo, dos discursos revoltados dos meus pais sobre o perigo que o país corria, das transmissões especiais na TV, das petições políticas que meus colegas tinhas feito circular na internet, dos debates acalorados entre os professores na escola. Eu não tinha entendido nada daquilo até naquele exato momento.
Antes que eu pudesse juntar as peças do quebra-cabeça, a vanguarda do batalhão parou bem em frente à minha casa." (p. 16)

Imagino que todo mundo tenha visto a gigantesca campanha de marketing que a Novo Conceito fez para o livro Bruxos e Bruxas. Foram e-mails misteriosos, cartazes de procura-se, vídeos chegando pelo correio... não tinha como não ficar morrendo de curiosidade com o livro. Quando o kit chegou, eu devorei o livro, e hoje vou compartilhar com vocês minhas impressões sobre o livro.

Os irmãos Whit e Whyst Allgood são dois adolescentes normais, que levam uma vida bastante comum, até sua casa ser invadido no meio da noite por homens do governo que os levam presos, acusando-os de bruxaria. Isso mesmo, em pleno século XXI os policiais afirmavam que os dois eram dois bruxos poderosos e perigosos e os arrastam para fora, permitindo que cada um leve apenas um objeto pessoal. Seus pais entregam um livro "em branco" para Whit e uma baqueta para Whyst.

A partir daí a vida dos dois vira um inferno, levados para a prisão, eles são julgados e condenados à morte por enforcamento, porém o poder dos dois começa a aflorar e única maneira de conseguirem salvar suas vidas é conseguindo dominar seus dons. 

* * * * *

A sinopse ficou bem curtinha, eu sei. Mas é que não quero me arriscar a revelar demais sobre o enredo e soltar algum spoiler sem querer. 

Eu nunca tinha lido nenhum livro do James Patterson e estava bem ansiosa para conhecer o estilo dele, que é sempre bastante elogiado. Sei que ele é uma verdadeira máquina de escrever, que sempre escreve em parceria com alguém, que é responsável pela parte manual da coisa, enquanto ele cria e corrige capítulos. Sempre achei esse um jeito estranho de escrever, mas cada na sua, né?

O fato é que o livro ficou muito aquém das minhas expectativas, e vou explicar porque. Os capítulos são bem curtos, e quando digo curtos é curto mesmo! De no máximo um página ou duas. No começo eu achei bem interessante, pois deixou a leitura dinâmica, mas depois foi cansando. Isso porque a narrativa é em primeira pessoa e se alterna entre os dois irmão, e muitas vezes, os capítulos não tinham qualquer ligação um com o outro. Em um capítulo eles estão em um lugar fazendo alguma coisa e no outro já está tudo completamente diferente sem nenhuma explicação.

Outro ponto negativo foi justamente essa falta de explicação. As coisas foram acontecendo sem que houvesse um porquê e as informações são tão jogadas que não dá para entender muito bem a história.

Os personagens são muito imaturos e irritantes. Tudo bem que eles são adolescentes, mas não são mais crianças e não justifica eles ficarem fazendo piada de tudo. Tipo, o garoto tá passado fome, sendo torturado e ameaçado de morte e ainda consegue rir do cabelo da irmã. Muito sem sentido! E também achei o nome deles muito parecido, tanto que chegava a confundir um pouco.

Mas tenho que admitir que o livro é eletrizando e que até um pouco mais da metade eu estava adorando a leitura. É tudo muito rápido e tem muita ação, a ponto de deixar a gente sem fôlego! Pena que o final é tão sem sentido e decepcionante que conseguiu apagar grande parte da boa impressão que tive do começo do livro.

Enfim, eu percebi que o livro é voltado para um público bem adolescente (entre 11 e 18 anos). Uma idade que já está um pouco longe da minha e talvez isso tenha atrapalhado muito meu julgamento. Imagino que os mais jovens devem gostar e se identificar mais com o enredo e personagens, e provavelmente vão vibrar com toda a ação da história. Já eu prefiro um pouco mais de conteúdo e nexo.

B-jussss! ♥
;-p



Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados