Nicholas Sparks em São Paulo #fail

nicholas-sparks-novo
Hello dears!

Quem acompanha o blog há algum tempo sabe o quanto sou fã de Nicholas Sparks. Já resenhei vários livros dele aqui, além dos que li antes de ter o blog, e nunca me decepcionei. Sei que tem gente que critica, que diz que ele segue uma fórmula pronta e que todas as histórias são meio parecidas. Acho que até tem uma lógica nesse pensamento, mas mesmo assim, eu acredito que é preciso muito talento para conseguir repetir a mesma fórmula tantas vezes sempre com um sucesso enorme. Ou seja, Nicholas Sparks é o cara!


Há mais ou menos um mês a editora Arqueiro anunciou que Sparks viria para a Bienal no Rio de Janeiro, e que antes conversaria com fãs em São Paulo e em Curitiba. Eu pirei com a ideia! Mas como vocês sabem, moro em Tão Tão Distante, que fica há mais de 600 km da capital e não é muito fácil para mim me locomover até lá. Então me organizei para faltar ao trabalho, arrumei minhas malas e parti ao encontro de meu autor preferido. Mas não imaginava que meu projeto ia afundar antes mesmo de sair.


No dia do evento, quando cheguei na Livraria Saraiva no Shopping Center Norte, encontrei uma das maiores aglomerações de pessoas por metro quadrado que já vi. Sério mesmo! A livraria estava tomada por pessoas e o tumulto era geral. Eu já imaginava que teria muita gente, mas parece que os pessoal que organizou o evento não. Me pareceu que eles não sabiam o tamanho do prestígio do Nicholas Sparks e não se prepararam para receber aquele volume de pessoas. Resultado: filas enormes que não davam para lugar nenhum, desencontros, falta de informação, gente nervosa, corre corre, empurra empurra… o caos!



Tinha quase duas mil pessoas dentro da livraria, e nenhuma ordem. Muita gente que chegou cedo à livraria foi encaminhado para uma fila no estacionamento, lá elas ficarm ignoradas pelos funcionários da loja que distribuíram as senhas para pessoas que chegaram bem depois. As 400 pessoas que receberam a senha foram levadas para o mezanino da loja, e os demais ficaram no térreo sendo amassadas e pisoteadas. Prometeram mais senhas e que o autor atenderia a todos, mas nem assim o tumulto diminuiu, até polícia baixou por lá.


Então eu tomei uma das decisões mais difíceis da minha vida: eu fui embora.Fui embora sem ver Nicholas Sparks, sem foto e sem autógrafo.


Primeiro porque meu marido, meu irmão e minha cunhada ficaram do lado de fora da livraria e eu percebi que estava perdendo momentos com a minha família para ficar ali, sendo humilhada. Já fazia 20 dias que eu não via meu marido (ele está trabalhando em São Paulo) e meses sem meu irmão e minha cunhada. Então preferi ficar com eles.


Segundo porque eu fiquei indignada com o tratamento que recebi. Falavam conosco como se fôssemos um bando de jovens histéricas e fúteis, incapazes de nos organizar. Achei que tanto a equipe da Arqueiro como os funcionários da Saraiva nos faltaram com o respeito, pois antes de sermos fãs e tietes de Nicholas Sparks, somos consumidores. E sem nós não haveria livraria, nem editora e nem mesmo autor de sucesso para garantir o salário deles. E justamente por isso, o mínimo que eu esperava era respeito! Não precisavam me prometer o que obviamente não poderiam cumprir, ou tentar nos engambelar com mentiras, era só serem honestos. Se eu pudesse ver o Nicholas Sparks lá em cima, acenar para ele e tirar algumas fotos eu já estava contente, afinal eu não dormi na fila como alguns dos que conseguiram a senha. Mas teve gente que estava lá desde cedo, sem almoço e sem banheiro! Pelo amor da santa!


No mínimo, a editora precisa ter encontrado um local maior para atender aos leitores. Na impossibilidade, então que organizasse a livraria para receber a quantidade de pessoas que obviamente apareceriam. Simples assim!!!


Então foi assim que terminou meu sonho de conhecer NIcholas Sparks. Claro que vou continuar lendo os livros dele, mas torcer para que ele mude de editora o mais rápido possível!


B-jussssss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados