Boneca de Ossos - Holly Black


BLACK, Holly. Boneca de Ossos. Tradução: Bárbara Menezes. Ribeirão Preto, SP: Editora Novo Conceito (Selo #Irado), 2014. 221 páginas. Título original: Doll bones.

Sinopse:
"POPPY, ZACH E ALICE sempre foram amigos. E desde que se conhecem por gente eles brincam de faz de conta – uma fantasia que se passa num mundo onde existem piratas e ladrões, sereias e guerreiros. Reinando soberana sobre todos esses personagens malucos está a Grande Rainha, uma boneca chinesa feita de ossos que mora em uma cristaleira. Ela costuma jogar uma terrível maldição sobre as pessoas que a contrariam. Só que os três amigos já estão grandinhos, e agora o pai de Zach quer que ele largue o faz de conta e se interesse mais pelo basquete. Como o seu pai o deixa sem escolha, Zach abandona de vez a brincadeira, mas não conta o verdadeiro motivo para as meninas. Parece que a amizade deles acabou mesmo..."
Boneca de Ossos é o primeiro livro do selo #Irado da Editora Novo Conceito, voltado para o público infantojuvenil. O livro chegou aqui em casa muito bem embalado, envolto em mistérios e precedido pela campanha de marketing incrível que a editora fez. Por isso, nada mais justo do que correr para ler, não é verdade? E ainda bem que fiz isso.

A leitura foi deliciosa, me lembrou muito dos livrinhos que lia na biblioteca da escola onde estudava, tipo Coleção Vaga Lume, conhecem? É exatamente o mesmo clima de inocência e descoberta que permeia o enredo e nos conduz pelas aventuras de Zach, Alice e Poppy. Os três são amigos há muito tempo e juntos criaram uma brincadeira com bonecos onde eles imaginavam incríveis histórias de aventura. Nessas histórias, eles podiam ser quem quisessem e assumiam um alter ego completamente diferente deles mesmos. Mas com a proximidade da adolescência, muita coisa começa a mudar entre eles. Zach receia a gozação dos amigos de escola e sente a pressão do pai que acha que ele não tem mais idade para brincar. Alice está agindo como as meninas do colégio, como risadinhas histéricas e sussurros. E Poppy se sente abandonada pelos amigos de infância.

Quando Zach decide abandonar a brincadeira, Poppy retira a Grande Rainha da prateleira. A Rainha é uma boneca antiga de porcelana chinesa que eles imaginavam como dona de um poder mágico sinistro. Poppy descobre que a boneca foi feita de porcelana de ossos e que pode haver um passado bem macabro na sua história. Tentando salvar o que ainda resta de suas infâncias, ela convence seus amigos a embarcar em uma viagem louca pelo país para descobrir o que realmente aconteceu com a boneca.

O livro é narrado em terceira pessoa pela ótica de Zach e esse é um dos grandes trunfos da autora para a história. Ela consegue entender como ninguém a alma de um garoto nessa idade e todas as dúvidas que se passa na sua cabeça. Seu repentino interesse pelas garotas, como ligar com seu novo e estranho corpo, como lidar com os pais, entre outras coisas. É encantador ler todas as dúvidas que o garoto passa e angustiante sua dificuldade em se comunicar, de lidar com seus sentimentos. Achei incrível a maneira como Holly Black conseguiu captar tudo isso e transmitir no livro de maneira que o público infantojuvenil entenda e se identifique.

As aventuras que as crianças se envolvem são empolgante e a gente não tem vontade de largar o livro. Mas a parte do terror deixa um pouco a desejar, eu imaginava que haveria mais sustos do que realmente houve, uma pegada mais gótica. Mas isso não pôs a história a perder, mesmo porque, o enredo gira em torno da amizade e da confiança, de crescimento e mudanças. Nem sempre Alice e Zach acreditam na história de Poppy, mas o que está em jogo não se ela está falando a verdade ou não, e sim até onde eles iriam para manter a amizade.

Além disso, a Novo Conceito mais uma vez se esmerou na edição do livro, que veio com ilustrações lindas e que retratam os melhores momentos da história.

Uma trama infantil com direito a investigações, fantasmas e uma maldição… é impossível não se render a esse livro! E apesar de ser voltado para um público bem mais jovem (entre 8 e 13 anos) qualquer um que goste de uma boa história vai se encantar com Boneca de Ossos. Os personagens são bem construídos e inteligente, com problemas reais e que vão fazer muito leitor se identificar. O selo #Irado não poderia ter chegado de maneira mais bacana!

A autora

Holly Black é uma escritora norte-americana que mora em West Long Beach, New Jersey. Ela ficou mundialmente famosa após escrever a série de livros As Crônicas de Spiderwick. Holly Black é uma grande colecionadora de livros raros de folclore. Em seus primeiros anos de vida ela morou em uma mansão abandonada em estilo vitoriano com sua mãe, que contava a ela várias estórias de fantasmas e fadas.

Avaliação (4/5)





B-jusssssssssss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados