A Falsa Princesa - Eilis O'Neal

O’NEAL, Eilis. A Falsa Princesa. Tradução Débora Isidoro. São Paulo: Farol Literário, 2013. 408 páginas. Título original: The False Princess.

Sinopse
“Princesa e herdeira do trono de Thorvaldor, Nalia leva uma vida privilegiada na Corte. Mas, logo após seu aniversário de dezesseis anos, ela descobre que é uma falsa princesa e que foi colocada no lugar da verdadeira para protegê-la. Obrigada a deixar o palácio com pouco mais do que suas roupas, a garota, agora chamada de Sinda, terá de abandonar a cidade, seu melhor amigo, Kiernan, e a única vida que ela conhecia.Enviada para viver com a tia no interior, Sinda não se mostra capaz de executar nem a mais simples tarefa. Mas, para sua surpresa, ela descobre que uma intensa e perigosa magia corre por suas veias, e que ela jamais será apenas uma humilde camponesa.Sinda retorna à cidade em busca de respostas. Reencontra o garoto que se recusou a abandoná-la e desvenda segredos que podem mudar a história de Thorvaldor para sempre.Com uma trama surpreendente e uma aventura de tirar o fôlego, A falsa princesa é um grande romance de fantasia e uma história que encantará os leitores.”
A Falsa Princesa é um conto de fadas às avessas. Histórias em que uma menina pobre descobre ser uma princesa temos aos montes por aí, mas uma história em que a garota é criada como princesa para depois descobrir que é uma simples plebeia eu nunca tinha visto! E por isso, desde o lançamento desse livro tão peculiar, eu me ardia de vontade de ler e a recente parceria com a Farol Literário me deu essa possibilidade.

A primeira sensação que tive ao começar a leitura foi de revolta, principalmente com os pais de Nalia/Sinda. Eles a descartaram com uma facilidade impressionante, mandando-a para casa de uma tia que a garota nunca tinha visto, como pouco mais que algumas trocas de roupas e uma pequena bolsinha de moedas - o pagamento por um vida de trabalho. Nalia, que agora é Sinda, tem muitas dificuldades para se adaptar à nova vida na casa da tia, educada como uma princesa, ela não sabe fazer nada que possa ajudar no sustento da casa pobre e tudo o que ela aprendeu não serve para nada.

Mas Sinda luta para se adaptar, e isso é um grande atrativo do livro. Ao invés de se lamentar e chorar, ela é daquelas personagens fortes que correm atrás do que querem. Ela descobre, acidentalmente, que tem o dom da magia e volta para a capital de Thorvaldor para entrar na faculdade de magos e aprender a controlar sua magia. Lá ela vai fazer novos amigos, reencontrar Kiernan, aprender a dominar seu dom e descobrir que nem tudo é tão simples quanto parece. Na verdade, existe uma grande conspiração por trás da troca de papéis que foi imposta à ela e a verdadeira princesa continua correndo risco.

Completamente imprevisível, esse livro segue por caminhos que você nem imagina quando começa a ler. Aventura, romance, suspense, magia… parecia que tudo podia acontecer. A narrativa é ágil e desembaraçada, o que faz com que a leitura flua rapidamente. Personagens carismáticos e verossímeis ajudam ainda mais a nos prender na leitura.

Sinda é exatamente o tipo de personagem que gosto. Que se adapta às situações, guerreira e persistente. Em nenhum momento ela vacila diante do que tem que ser feito, mesmo sabendo que a família real não merecia seu sacrifício, depois da frieza com que a trataram. Kiernan é o melhor amigo que uma garota, princesa ou não, poderia ter. Ele é leal, divertido, carismático, às vezes meio inconsequente, mas está sempre por perto e disposto a ajudar. Mas a personagem que mais me atraiu foi Philanta, a maga que vai socorrer Sinda e ensiná-la a dominar sua magia, porque ela tem um grande senso de justiça e não tem medo de quebrar as regras que considera injustas e preconceituosas.

Recomendo esse livro para todos que procurem por uma história surpreendente, com muita aventura, suspense e uma pitada de romance.

A Autora

Eilis O’Neal começou a escrever quando era criança. Ela já teve seus contos de fantasia publicados em jornais impresos e online, e é gerente editorial da revista de literatura Nimrod International Journal. Vive em Tulsa, Oklahoma, com seu marido, Matt, e seus dois cachorros, Nemo e Zuul. A Falsa Princesa é seu primeiro romance.

Avaliação (4/5)





B-jusssss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

13 comentários :

  1. Oie, Nina!

    Não curto romances. Já deixei isso tão claro tanto no meu blog quanto nos que visito. Mas não é que gostei desse livro? Da trama da Sinda, quero conhecê-la, quero ver como se adapta à uma vida plebeia com todas as suas etiquetas de princesa. Quero vê-la na faculdade e descobrir quem é a real princesa. Esse livro me parece uma boa pedida.

    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. À primeira vista, achei que não fosse gostar, mas a sua resenha me deixou bastante interessada. Também gosto de personagens assim, e pelo jeito Sinda não vai deixar a desejar... Com certeza vai para minha lista de leitura!

    ResponderExcluir
  3. Ana Carolina Ribeiro30 de janeiro de 2015 11:27

    Muito bom quando começamos o livro esperando um coisa e é totalmente diferente , pra mexelhões claro. Adoro mocinhas assim decidas e que não fique se lamentando, chorando pelos cantos . Ainda não conhecia o livro mas tá indo pra lista. Adoro romance mas como vc disse o livro surpreende já foi pra minha lista de desejados.
    Adorei sua resenha bjs !!

    ResponderExcluir
  4. Tatiana Petraccone30 de janeiro de 2015 11:27

    Que história legal! Adorei a resenha!
    É realmente inusitado uma história onde vc esta no "topo" e depois perde.
    Me interessei! Mais um pra minha imensa lista hahaha

    Beijinhos

    http://paraisodasideas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Nina!

    Nossa, esse livro me atraiu MUITO. Eu confesso que não curto muito história de princesas porque todas são muito parecidas. Mas eu amo uma boa fantasia, e a mistura dessas duas coisas acabou chamado bastante a minha atenção.

    Esse é mais um livro que irei acrescentar a minha wishlist e que quero muito ler assim que possivel. Ótima resenha.

    Beijos


    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Nina,
    amei a resenha e a história do livro.
    Sou totalmente apaixonada por tudo que envolve magia e fiquei fascinada pelo que li aqui.
    Estou morrendo de vontade de ler e saber mais sobre.
    Achei muito injusto o modo como descartaram a ex-princesa.

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Nina!
    Não sabia que existia um livro de princesa que descobre que é plebeia! É uma ideia genial! O único problema, pra mim, é misturar isso com magia. Não gosto muito de livros que falam de magia (trauma de Harry Potter), mas adorei a resenha e o jeito como falou do livro!

    Beijos!

    http://lumartinho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu coloquei esse livro na minha lista de leituras por ser livro único. Estava um tanto cansada de séries e procurava algo diferente.
    Foi uma surpresa ver o conto ao contrário e adorei isso. A narrativa da autora também é bacana e me fez devorar o livro.
    Tive a mesma sensação que você com o Rei e a Rainha... Descartaram a menina tão fácil - assim, como se ela não fosse nada...

    Beijinhos,
    Lica
    http://www.amoreselivros.com.br

    ResponderExcluir
  9. Desbravadores de Livros1 de fevereiro de 2015 12:19

    Oi, Nina. eu não conhecia esse livro ainda.

    Parece ser bem divertido com essa premissa diferenciada.

    Sem contar que um conto de fadas às avessas é bem diferente do comum, o que me chamou a atenção.

    M&N | http://desbravadoresdelivros.blogspot.com.br - Participe do nosso top comentarista. São 3 ganhadores e
    você escolhe o livro que deseja ganhar.

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Eu sempre tive vontade de ler esse livro, parece ser uma obra super bacana e interessante. Sem falar que essa capa é puro amor <3!
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi tudo bem?
    Gostei deste livro, vejo bastante comentários bons sobre ele, mas eu nao senti uma quimica sabe rsrs




    Beijos!
    jeehsts.wordpress.com

    ResponderExcluir
  12. Adorei a princesa as avessas. Lembrei que dia desses estava lendo alguma notícia que falava sobre uma plebeia que se passou por rainha e enganou um monte de gente durante vários anos. Não lembro onde foi, nem a época, mas foi verídico. Ótima resenha, também quero ler!!!! Bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi Nina, tudo bem?
    A Falsa Princesa está na minha wishlist já há um bom tempo e a cada resenha que leio eu só fico mais vontade de ler esse livro que parece ter uma história bem criativa *-*
    Beijos,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados