Onde está você - Tammara Webber


WEBBER, Tammara. Onde está você. Tradução Cláudia Mello Belhassof. Campinas, SP: Verus, 2016. 307 páginas. (Entrelinhas, v.2). Título original: Where you are. Skoob.

Sinopse:
“O segundo volume da série Entrelinhas de Tammara Webber. Embarque em mais esta história arrebatadora, que vai deixar você querendo muito mais!
Quando conheceu Emma Pierce no set de filmagem de seu último longa-metragem, Graham Douglas ficou imediatamente encantado, mas Emma era o objeto de desejo do superastro Reid Alexander. Graham fez o possível para não se apaixonar por ela, até que um encontro em Nova York dá a ele mais uma chance, e dessa vez ele decide arriscar. Emma sacrificou uma carreira promissora em Hollywood para levar uma vida comum. Ela acreditava já ter superado o que sentia pelos dois caras que disputavam seu coração na filmagem de seu último trabalho, até que o destino coloca Emma em uma cafeteria no meio de Manhattan com aquele de quem ela ainda sente saudade. Brooke Cameron sobreviveu aos três meses no set de filmagem com seu belo e arrogante ex-namorado, o garoto de ouro de Hollywood. Mais velha e sábia, ela agora pôs os olhos em Graham, um grande amigo, e só há uma coisa em seu caminho: Emma, a garota que ele não consegue esquecer. Reid Alexander é capaz de resumir a própria vida em uma única palavra: tédio. Ele não tem muito o que fazer além de entrevistas, sessões de fotos e o lançamento de seu último filme. Em busca de diversão, a última coisa que ele espera é se juntar à sua ressentida ex-namorada para atingir um objetivo comum: separar Graham e Emma. O jogo começou.”

Para algumas coisas eu sou bem óbvia, principalmente para os meus gostos literários. Prefiro romances, e quanto mais água com açúcar melhor. Gosto de ler sobre amor, de sentir as emoções dos personagens quando eles se apaixonam, de sofrer com eles quando o amor machuca por algum motivo. E poucas autoras conseguem me fazer sentir assim como Tammara Webber, que desde Easy e a paixão avassaladora de Lucas e Jacqueline, conquistou lugar eterno na minha estante.

Quando a série Entrelinhas foi lançada no Brasil, eu já sabia que não me apaixonaria tanto por essa série quanto por Contornos do Coração, já que ela é voltada para um público mais jovens, adolescente, e tem questões um pouco mais supérfluas, mas mesmo assim mergulhei de cabeça nas intrigas hollywoodianas e acabei me encantando por Emma e Graham e pela maneira como eles se apaixonam lentamente e acabam ficando juntos no final (eu jurava que ela escolheria Reid). Agora em Onde está você, para ficarem juntos eles terão que lutar contra a distância, os compromissos profissionais e a imposição do estúdio para que Emma e Reid finjam ser um casal enquanto divulgam o filme que acabaram de gravar. E como se tudo isso fosse pouco, eles terão que enfrentar as armações de Reid e Brooke, que querem separar o casal a todo custo.

Em comparação com o primeiro livro, Onde está você me decepcionou bastante. Achei o enredo muito parado, muita enrolação, tudo demora demais para acontecer. É muita cena desnecessária, parece que só serve para mostrar o quanto são ricos e o quanto a vida deles é glamorosa mas real. Graham e Emma são fofos, mas bonzinhos demais, perfeitos demais. São muito pacientes e crédulos, chega a ser fácil enganá-los, principalmente Graham! Ele se deixa enganar com tanta facilidade que eu tinha vontade de poder entrar no livro e gritar: “Você não está vendo que essa Brooke é uma vaca!”. Enquanto isso, Emma sofre, sofre, sofre. E nunca toma uma atitude, ou vai atrás do que quer, ou tenta descobrir a verdade.

Já Booke e Reid, os vilões, são totalmente estereotipados, jovens atores de Hollywood, lindos e fúteis. No primeiro livro, Reid mostrou um lado diferente, não perfeitinho como Graham, mas humano, e eu senti falta desse lado. Acho que eu teria comprado muito mais a ideia do livro se Reid tivesse voltado a mostrar esse lado. Brooke aparece um pouco mais nesse livro e conhecemos melhor sua história e sua vida, e confesso que gostei dela. Consegui entender suas razões, mesmo sendo meio tortas. Tive pena dela e espero que nos próximos livros ela tenha um final feliz.

Brooke, Reid e Graham representam duas maneiras diferentes de lidar com o mesmo problema. Não estou julgando ou tentando dizer qual o certo, afinal tem toda uma estrutura familiar por trás desses adolescentes, um apoio que Graham recebeu e que Brooke e Reid não tinham nada parecido, eles enfrentaram tudo sozinhos. Aliás, essa estrutura familiar é essencial para que se entenda as diferenças no caráter dos três personagens. Mas ao mesmo tempo não serve de desculpa, já que Emma cresceu órfã de mãe e com um pai ausente e nem por isso se transformou em uma adolescente egoísta. E, na minha modesta opinião, Brooke e Reid mergulham nesse plano sem sentido de separar o casal mais para tentar esconder sentimentos que eles relutam em admitir do que por qualquer outro motivo. E mesmo eles sendo os “vilões perversos”, não consigo deixar de torcer por eles.

"Uma verdade que aprendi nos quatro anos de estudos literários: nada melhor que um antagonista para moldar o caráter de uma pessoa." (p. 269)

No geral, é um livro gostosinho e se eu fosse mais nova ou estivesse em outra vibe, talvez tivesse gostado mais. Imagino que um público mais jovem vá se identificar mais e até se divertir com o enredo, mas para mim não deu muito certo. Mesmo assim, não deixo de recomendar e quero ler os demais da série.

Série Entrelinhas
  • Entrelinhas
  • Onde Está Você
  • Good For You (ainda não lançados no Brasil)
  • Here Without You 

A autora

Tammara Webber escreve livros para jovens e adultos. Ela se descreve como um romântica incorrigível que adora livros com um final feliz, porque já existem muitos finais tristes na vida real. Antes de ser escritora, ela foi orientadora acadêmica na Universidade do Texas, monitora de economia, gerente do planetário, atendente de clínica de radiologia e a pessoa mais pálida que já trabalhou num salão de bronzeamento artificial. Tammara se casou com o namorado da época de escola, com quem tem três filhos e quatro gatos.

Avaliação (3/5)






B-jussssss! ♥
;-p

9 comentários:

  1. Gislaine Oliveira6 de maio de 2016 12:52

    Oiiii, tudo bem?

    Eu confesso que adoro livros mais jovens, mas esse não me atraiu :(

    Prefiro livros em que eu possa me identificar ou lembrar da minha adolescência e esse não tem nada a ver hehehh

    Mas acho que muitos jovens podem curtir :)

    E eu no momento, também estou um pouquinho cansada de romances :P

    http://profissao-escritor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, acho que se eu fosse mais nova gostaria mais da historia e aproveitaria mais, acharia ela sensacional e tudo mais, mas hoje , ela não me impressiona, por isso, deixaria passar. Já li muitos livros desse tipo e hoje em dia procuro outros tipos de leitura. Gostei da resenha, foi bem esclarecedora.
    bjus

    ResponderExcluir
  3. Temos algo em comum: também amo romances e quanto mais água com açúcar melhor mesmo! rs... Li Easy da autora e também me encantei, e estou louca para começar essa série, mas por enquanto tenho só o primeiro livro na estante. Dei uma desanimada com esse segundo volume por não ter funcionado muito para você mesmo gostando da escrita da Tammara como eu, odeio enrolação e cenas desnecessárias, mas acho que vou me arriscar mesmo assim.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Oi BFF!!
    Até nisso somos parecidas né? Amamos romance água com açúcar! Eu namorei muito a capa do primeiro volume, mas não cheguei a ler, como sempre você dá um show na resenha Hahhahaha adoro ler sua opinião sobre os livros, sinceridade pura. Pena não ter sido como vc esperava, agora só nos resta esperar o próximo!

    Beijokas

    ResponderExcluir
  5. Gente, que capa mais fofa. Eu ainda não conhecia esse livro e já gostei dele pela capa, depois de ler a sua resenha gostei ainda mais, Também gosto de romance água com açúcar e clichê. Gostei bastante dessa história.

    ResponderExcluir
  6. Nossa, que triste. É péssimo quando um livro que esperamos gostar nos decepciona desta forma, com personagens ingênuos ao ponto de dar nos nervos e violões completamente estereotipadas.

    Eu, sinceramente, não leria. Mesmo você dizendo que foi gostosinho para distrair, essas situações me irritam em demasia.

    ResponderExcluir
  7. Olá... tudo bem??
    Adorei a sua resenha, mesmo quando disse que não foi dos melhores livros da autora... tenho uma enorme vontade de conhecer a escrita dela, sempre vejo elogios. Eu gosto muito de romances fofos e claro que estou interessada pelos livros desa série.... mas ainda preciso ler Easy... xero!

    ResponderExcluir
  8. Olá, não conhecia a obra e achei a capa muito linda. Pela resenha parece ser uma obra bem interessante, um romance leve.

    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Giuliana Sperandio Maier12 de maio de 2016 16:47

    Oi Nina, tudo bem?
    Nunca li nada da Tamara não.
    Mas eu não sou bem a maior entusiasmada com os romances, e quando é adolescente então, não tenho muita paciência.
    Então estamos junto na opinião, provavelmente não iria gostar muito também .
    Beijos e parabéns pela sua resenha sincera

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p