Encruzilhada - Kasie West


WEST, Kasie. Encruzilhada. Tradução Flávia Souto Maior. São Paulo: Editora Seguinte, 2015. 298p. (Encruzilhada, v.1). Título original: Pivot point. Skoob.

Sinopse
“Conhecer o futuro nem sempre torna a escolha mais fácil.
A vida de Addison Coleman é um grande “e se…?”, graças à sua habilidade especial: Investigar Destinos. Addie é capaz de prever duas possibilidades de seu futuro toda vez que precisa tomar uma decisão.
Quando os pais dela anunciam o divórcio, a garota deve escolher se vai morar com o pai entre os Normais ou se prefere ficar com a mãe no Complexo Paranormal. Para ter certeza do que a espera, Addie resolve Investigar.
Em uma alternativa, ela conhece Trevor, um Normal sensível com quem logo sente uma conexão. Na outra, se envolve com Duke, o garoto mais popular da escola Paranormal. Mas aos poucos ela percebe que esses dois destinos aparentemente maravilhosos podem causar muitos estragos e sofrimento. Isso porque nos dois cenários o pai de Addie se torna consultor da polícia num caso de assassinato no Complexo, e a garota acaba envolvida em um jogo perigoso que ameaça tudo o que mais importa para ela.
Addie encontra amor e perdas nas duas versões do futuro, mas só pode viver em uma dessas realidades.”

Desde seu lançamento estou com o olho comprido para Encruzilhada, de Kasie West. O livro consegue reunir fantasia e suspense, e essa fórmula costuma ser infalível para me atrair. Quando vi que o segundo volume já estava disponível, não vacilei e mergulhei de cabeça nessa aventura.

Addie é uma adolescente que vive no Complexo Paranormal, um lugar que abriga pessoas com dons especiais e os esconde dos chamados normais, que não possuem dom algum. Dentre os poderem mais comuns no complexo estão os Discernidores, que possuem o dom de saber quando a pessoa está mentindo, os Persuasivos, que são capazes de influenciar a escolha das pessoas, os Telecinéticos, capazes de movimentar objetos, entre tantos.

Para Addie, seu dom não tem nada de especial. Ela não consegue prever o futuro, só consegue ver as consequências de suas escolhas antes que ela as faça, e quando seus pais anunciam a separação, ela usa seu dom para decidir entre ficar com a mãe no complexo e continuar aprimorando seu poder, ou viver com o pai no mundo dos normais e ter a oportunidade de conhecer um mundo novo e novos amigos. Mas Addie descobre que, seja qual for sua escolha, as consequências serão terríveis!

O livro tem uma sacada única ao conseguir unir fantasia com questões morais, como o peso das escolhas, e isso me fez refletir sobre mil coisas enquanto lia. Cada um dos capítulos se passa em dia na vida de Addie em cada uma de suas escolhas e, quando comecei a ler, tive receio de que isso não funcionasse e acabasse tornando a leitura confusa ou complicada. Mas não é isso o que acontece pois Kasie West conseguiu unir essas duas dimensões com maestria e o que tinha tudo para ser um poço de confusão acabou se tornando a parte mais interessante do livro. Eu simplesmente não conseguia largá-lo!

Adorei o enredo diferente e o suspense em torno de cada uma das escolhas de Addie, e a única coisa que me decepcionou um pouco foi o final, que achei muito aquém da obra até então desenvolvida. Imaginei que haveria muito mais coisas envolvidas e espero que esse problema esteja melhor solucionado no segundo volume, Fração de Segundo.

Muito bem escrito, com um enredo envolvente e personagens cativantes, o livro é uma excelente pedida para que procura um Jovem Adulto um pouco fora do convencional. Recomendo de olhos fechados!

Série Encruzilhada

  1. Encruzilhada (Pivot Point)
  2. Fração de Segundo (Split Second)


A Autora

Kasie West se formou na Universidade Estadual de Fresno, na Califórnia, e mora com o marido e os quatro filhos. Além de escrever, Kasie se diverte praticando wakeboard, ouvindo rock alternativo, lendo até tarde e comendo muito chocolate amargo com menta. Também gosta de fingir que namora Hugh Jackman e Adam Levine - os dois ao mesmo tempo.

Avaliação (4/5)






B-jusssssss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

6 comentários :

  1. Que legal esse livro. Não conhecia a história e quando li a sinopse não achei que seria grande coisa assim... Mas ao ver você falar sobre trabalhar questões morais e o quanto as situações vividas por ela te levaram a refletir sobre a vida, acabei ficando curiosa.
    Acho que darei uma chance.

    ResponderExcluir
  2. Suzana Chaves Linhares22 de julho de 2016 19:25

    Olá! Não conhecia a obra, mas só por ter o combo fantasia+ ficção já teve minha atenção. Vou ler sobre o primeiro volume. Pois a premissa desse me chamou bastante atenção. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá Nina,
    Tenho vontade de ler esse livro há bastante tempo e a cada resenha fico mais e mais curiosa. Uma das coisas que mais me atraem é que a Addie não tem um dom tão importante assim, mas ele é para ela. Fico pensando sobre quais são as consequências de suas escolhas.
    Sua resenha só aumentou minha curiosidade, preciso.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Já tinha visto a capa do livro por diversas vezes, mas nunca tinha nem mesmo lido a sinopse, e agora lendo sua resenha fiquei bem animada, adorei a premissa, realmente é bem diferente. Adoro quando um livro envolve coisas morais e legal que fala sobre escolha mesmo sendo um livro com uma pegada sobrenatural. Amei amei, só uma pena que o final não te agradou tanto.

    ResponderExcluir
  5. Oi Nina, sua linda, tudo bem?
    OMG!!!!
    Estou louca por essa duologia. Já li algumas resenhas do último livro, mas estava um pouco perdida, pois ainda não tinha lido nenhuma do primeiro. Você acaba de esclarecer minhas dúvidas. E também, de me deixar mais ansiosa, pois eu adoro esse tema. Já vi um filme que fez exatamente a mesma coisa, mostrava tudo o que aconteceu com a personagem quando ela se atrasou para pegar o metrô. E tudo o que aconteceu quando ela não se atrasou. É super interessante. Ela acha que o dom dela não tem nada demais? É tudo o que qualquer um desejaria. Na vida, às vezes temos vários caminhos a seguir e nunca sabemos qual é o melhor. Ela tem resposta. O problema, foi que no caso dela, todos os caminhos são ruins. Então, ela que faça outra escolha!!! Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  6. Olá, já li algumas resenhas dessa obra e fiquei bastante curiosa para conferir...o enredo parece ser bem interessante.

    Abraços

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados