Minha Melodia - Camila Moreira


MOREIRA, Camila. Minha Melodia. Rio de Janeiro: Suma das Letras, 2016. 264 p. Skoob.

Sinopse:
"Dereck chegou ao fundo do poço. Sem suportar a dor de perder um grande amor, ele se entrega ao sofrimento e mergulha no lado obscuro do rock; com sexo e drogas. Com a carreira em risco, o astro volta ao Brasil um ano depois do casamento de Maria Clara e Alexandre Ferraz, em uma última tentativa de retomar o sucesso e superar o passado. Ao chegar, Dereck reencontra a mulher que nunca esqueceu. A mulher que conheceu no momento mais difícil de sua vida e que conseguiu acalmar seu coração com um sorriso. “Reconheci em sua voz o mesmo sofrimento que o meu, mas também vi em seu olhar a vontade de seguir em frente.” E não demora para que Dereck perceba que apenas ela poderá tirá-lo do abismo em que se encontra."

Quando vi a capa desse livro eu não me animei muito. Li O Amor Não Tem Leis e confesso que não gostei muito, mas quis dar uma nova chance à autora. Mas se você ainda não leu não se preocupe porque, da forma como foi escrito, Minha Melodia pode ser lido sozinho. Depois de conquistar o coração de muita gente nos dois primeiros volumes, Derick ganha seu próprio livro onde sua história pós Clara será revelada, e acredite você irá se apaixonar.

Dereck é um roqueiro bem famoso, um cantor mundialmente conhecido, mas no momento ele se encontra na pior fase tanto da sua vida quanto da sua carreira. Após terminar com Clara, aquela que julgou ser o amor da sua vida, Derick perde o rumo, com o coração partido ele se sente sem rumo e sem vontade nenhuma de continuar vivo. E é nessa fase extremamente tensa que ele começa a se afundar cada vez mais no mundo do álcool e das drogas, tendo inicialmente apenas o primo como companhia, Derick se afasta da sua banda, ele começa a ter ataques de pânico e isso se intensifica ainda mais quando sobe ao palco, transtornado e perdido, Derick esta chegando cada vez mais ao fundo do posso.

"A música era minha vida, mas, depois que Clara me deixou, nem isso me salvava do martírio que eram meus dias. Ela era o sol que iluminava e aquecia minha existência. Sem ela, eu estava vazio...no escuro...e no frio."

Manuela é uma morena incrivelmente bonita, mulher forte e decidida, médica e encantadora, poderia ter todas as qualidades do mundo, mas ainda sim não foi capaz de conquistar o amor de sua vida. Após assistir a morte do mesmo, ao transplantar seu rim para Clara, agora sua melhor amiga, Manu se sente incapaz de se recuperar da perda daquele que foi seu amigo e seu grande amor.

Mas em uma noite de plantão, Manu se vê atendendo Derick que acaba de dar entrada no hospital em coma alcoólico, e ela sabe que isso nada mais é, que a reação de um coração partido ao casamento de seu grande amor, já que naquele mesmo dia, Clara estava se casando com outro homem. Serão dois corações partidos capazes de curar um ao outro? Isso vocês terão que ler para comprovar...

Em resumo: Dereck abriu mão de Clara e esta sofrendo, Manu era apaixonada pelo ex noivo falecido de Clara, e Clara? Ela esta super bem, casada e feliz mesmo sendo o ápice da infelicidade de Derick e Manu, meio novela mexicana, mas ainda sim interessante.

"Às vezes começamos a amar pelo motivo certo, por encontrarmos em outra pessoa nossa alma gêmea, mas às vezes o amor chega da maneira mais inesperada possível."

Quando Derick acorda no hospital e dá de cara com a Manu, ali ele já sente uma ligação por ela, dois corações partidos que se encontram em meio a um vendaval, um ano se passa e ainda sim ele não esqueceu o tão belo sorriso da médica, e aí um belo dia eles se encontram em uma balada e começam a se conhecer. Daí para frente a reação deles se torna uma coisa bem intensa e confusa, Derick esta cheio de problemas psicológicos e precisa aceitar que é um dependente químico, pois sem isso não poderá se recuperar e ser para a Manu o homem que ela merece, em contra partida por mais que esteja escrito problema na testa dele, ela ainda quer ajudá-lo a vencer esses obstáculos.

O romance é bem gostosinho de ler, não é uma coisa extremamente melosa e tem muita lição no decorrer do enredo, a batalha deles para ficarem juntos é longa e ainda sim apaixonante, no final você sente que valeu à pena toda a espera e começa a acreditar que pode haver um final feliz. Apesar de no começo ser um pouco cansativo, já que Derick passa mais de um capitulo se lamentando por Clara, quando a história pega velocidade, a leitura se torna viciante, você quer de todo jeito saber como ele vai terminar.

O livro é narrado em primeira pessoa, e os capítulos são revesados entre Manu e Derick, permitindo que o leitor tenha uma visão ampla sobre os sentimentos de ambos os personagens, a escrita da Camila é leve e a forma como ela desenrola o enredo, ajuda a manter o leitor preso, mas deixo minhas ressalvas com relação as cenas de sexo, eu particularmente não me importo com cenas hots, mas me incomodou os termos utilizados nelas, e infelizmente essa parte do livro não me agradou, me senti desconfortável nesses momentos e realmente tive vontade de parar, mas a curiosidade foi bem maior e acabou vencendo.

A edição da Suma esta linda, a capa é tão linda pessoalmente quanto na foto, a diagramação e revisão estão impecáveis e as folhas amareladas contribuem para o conforto durante a leitura.

Apesar das minhas ressalvas eu gostei da história, para quem ama um romance cheio de lições de vida, drama e perdão, Minha Melodia é o romance perfeito, então, não deixe minhas ressalvas te impedir de apreciar a obra, lembre-se que essa é apenas a minha opinião.

A Autora

Camila Moreira, 27 anos, é taurina e estudante de Direito e Letras. Goiana de nascimento e mato-grossense de coração, a funcionária pública municipal começou a escrever nas horas vagas, no final de 2013. Da autora, a Suma de Letras já lançou O amor não tem leis e O amor não tem leis – O julgamento final, que tiveram repercussão internacional: Camila foi citada pelo jornal americano The Washington Post como referência da nova literatura erótica brasileira.

Avaliação (4/5)







Comente com o Facebook:

2 comentários :

  1. Eu também gosto de cenas hot com linguagem mais sensual, menos vulgar. Dá todo um toque diferente, mas talvez, por ser um astro de rock ex-usuário de drogas, a linguagem da autora tenha sido proposital. Não sei, não li, mas pode ser. Bom... Eu "conheço" a Camila por conta do primeiro livro, mas não li nenhum deles. Interessante este ser independente dos outros, mas a gente sempre perde referências assim, né? rs... Por enquanto, deixarei passar, lerei mais pra frente. Bj!

    ResponderExcluir
  2. Oi Kelly, sua linda, tudo bem?
    Eu li algumas resenhas falando que O Amor não tem leis é erótico, por isso quando descobri que esse livro fazia parte da mesma série, fiquei desanimada, não curto o gênero. Eu não gostaria de estar no lugar da Clara, pois no fim das contas, todos estão sofrendo por causa dela, mesmo que ela não seja culpada. Gostei das mensagens e estou torcendo para que os personagens encontrem amor e perdão um no outro e recomecem suas vidas em paz e sejam felizes. Para quem gosta do gênero, parece ser uma ótima dica.
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados