A Seleção Kiera Cass


CASS, Kiera. A Seleção. Tradução: Cristian Clemente. São Paulo: Editora Seguinte, 2012. 368 páginas. Título original: The selection.

Sinopse
“Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.”

"Desde o primeiro momento em que o vi, eu o amei."
A Seleção é o primeiro livro da trilogia distópica da autora Kiera Cass. A história se passa em um novo país: Illéa,onde o regime é monárquico e a sociedade é dividida em castas. A casta Um é a realeza,e a única maneira de uma garota conseguir alcançá-la seria participar e ganhar a Seleção,que é um concurso realizado pela família real para encontrar uma esposa para o Príncipe Maxon,e tudo é transmitido para a população por meio de um reality show.

America é uma das selecionadas,mas diferente das outras meninas ela não queria participar,achava o príncipe extremamente frio e exibido e o concurso um absurdo. Por ser da casta Cinco e passar por inúmeras dificuldades,foi incentivada a participar pela mãe e por Aspen. Ele era o seu grande amor proibido, por ser de uma casta inferior a sua,a burocracia e os costumes dificultavam a relação dos dois.

America vai para o castelo participar do concurso e descobre de que o príncipe não era nada que ela imaginava. Além de lindo,era extremamente simpático,atencioso e bondoso. Em pouco tempo aproximaram-se de forma inusitada,e deu início à um intenso triângulo amoroso.

A narração do livro é leve e nos faz devorá-lo em poucas horas,pois envolve o leitor e o faz torcer por alguém e desejar que a história desenvolva-se à favor de determinado personagem. Apesar de ser uma distopia, mostra a difícil realidade e o descaso sofrido pelas classes mais baixas,os desafios de uma competição e como o amor pode mudar a vida de uma pessoa e de todos que à cercam.

"Nunca precisei de muito para ser feliz."

Sobre a Autora

Nasceu em 1981, na Carolina do Sul, Estados Unidos. Formou-se em história na Universidade de Radford, na Virginia, e publicou seu primeiro livro,The Siren, em 2009, em uma edição independente. Beijou aproximadamente catorze garotos em sua vida, mas nenhum deles era um príncipe.


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados