Sempre Haverá Você - Heather Butler


BUTLER, Heather. Sempre Haverá Você. Tradução Denise Tavares Gonçalves. Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito, 2017. 256 p. Título original: Us minus mum. Skoob.

Sinopse
“Quando o George escreve as coisas, destaca suas palavras preferidas em negrito. As palavras de que ele não gosta, escreve em letras pequenas e bem magrinhas.
Ele adora a escola, mas detesta o Carl, que é malvado e gosta de colocar medo nas outras crianças.
Ele ama o seu irmãozinho, Theo, mas de vez em quando perde a paciência com ele.O jogo preferido do George é aquele em que ele e a mamãe brincam com palavras novas. Na verdade, a mamãe é a pessoa favorita do George no mundo inteiro. Ele gosta mais dela do que do seu melhor amigo, Dermo, ou do seu cão fedorento, mas adorado, que se chama Goffo.
Agora que a mamãe ficou doente, está cada vez mais difícil sorrir e inventar versos com o Theo.
Sempre haverá você conta sobre uma família diferente da sua, mas um pouquinho parecida. E de um menino que está aprendendo algumas coisas. Você quer ser amigo dele?”

Como uma criança lida com o luto? Ou com a doença terminal de alguém importante para elas? Essa é uma pergunta que deve atormentar a cabeça de quem convive com pequenos que, de repente, veem suas vidas virar de cabeça para baixo com a perda iminente de alguém que amam. É esse o tema deste livro, ao narrar a história de George e Theo, dois irmão de 10 e 8 anos que precisam lidar com o diagnóstico de câncer terminal de sua mãe.

As duas crianças, auxiliadas por Goffo, o cão engraçado e desobediente da família,vão tentar de todas a maneiras manter a mãe sorrindo, mesmo diante de uma situação tão delicada. O que eles fazem com muito afinco, já que os dois são apaixonados pela mãe, que sempre foi espirituosa e uma exímia contadora de histórias. E essa dedicação extrema dos meninos vai trazer muito situações engraçadas e também muita emoção.

Narrado em primeira pessoa por George, o livro tem a leveza de uma história muito triste contada por uma criança que parece não entender muito bem o que está acontecendo - ele só pensa que a mãe está doente e triste e que ele não pode deixá-la assim. E que também precisa proteger seu irmão mais novo.

Eu sei que vendo assim, o livro tem tudo para ser daqueles que nos corta o coração, mas infelizmente não foi isso o que me aconteceu lendo. Na verdade, tudo o que sentia enquanto lia era um grande incômodo, uma sensação de que a autora tinha uma linda história nas mãos, mas não sabia exatamente como contá-la. Me pareceu que ela quis escrever para crianças e acabou pecando ao tentar facilitar demais e entregar uma história desconectada e um pouco incoerente.

Além disso, me incomodei com algumas atitudes que as crianças tomam que reforçam conceitos machistas e homofóbicos, como a ideia de que meninos precisam ser fortes e não chorar e que meninas devem gostar de rosa e maquiagem, fortalecendo padrões e ideias que já deveriam ter sido esquecidas. É triste ler coisas assim em pleno século XXI, principalmente quando se trata de livros voltados para o público infantil.

No geral, não é um livro ruim e imagino que pode até agradar pessoas que sejam mais tolerantes do que eu. Mas, não sei se por já ter lido tantos livros meu gosto tenha ficado mais exigente, ou se por a considerar a bandeira da igualdade de gênero tão importante para mim, não consigo fechar os olhos para os defeitos que vi neste livro.

A Autora

Sempre Haverá Você foi indicado para os prêmios de melhor livro de 2015 das associações Carnegie Book e UK Literacy. A autora, Heather Butler, mora em Londres com sua família. Coisas que a Heather mais gosta (não necessariamente nesta ordem):
- Escrever. Ela carrega um caderno e uma caneta onde quer que vá.
- Observar as pessoas. Sempre que vai ao mercado com seu marido e vê alguém interessante, o marido pede para ela não ficar encarando a pessoa.
- Jogar palavras cruzadas (e fingir que não é competitiva).
- Ensinar. Ela dá aulas em uma escola incrível e adora ajudar as crianças a aprender coisas que usarão para o resto de suas vidas.
- Sua família. Além do marido, ela tem dois filhos, duas noras e um netinho.
- Viajar, conhecer lugares e pessoas diferentes.
- Mergulhar em um bom livro.
- Chocolate. Ela gosta de maçã fuji e de cenoura também. E de morango.

Avaliação (2/5)






B-jusssss! ♥
;-p

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados