O Jogo - Elle Kennedy


KENNEDY, Elle. O Jogo. Tradução Juliana Romeiro. Editora Paralela: São Paulo, 2017. 344 p. (Amores Improváveis, v.3). Título original: The score. Skoob.

Sinopse

“Talentoso, inteligente e festeiro, Dean Di Laurentis sempre consegue o que quer. Sexo, notas altas, sexo, reconhecimento, sexo… É sem dúvida um galanteador de primeira, e ainda está para encontrar uma mulher imune ao seu charme descontraído e seu jeito alegre de encarar a vida. Isto é, até ele se envolver com Allie Hayes. Em uma única noite, essa jovem atriz cheia de personalidade virou o mundo de Dean de cabeça para baixo. E agora ela quer que eles sejam apenas amigos? Dean adora um desafio, e não vai medir esforços para convencer essa mulher tão linda quanto teimosa de que uma vez não é suficiente. Mas o que começa como um simples jogo de sedução logo se torna a experiência mais incrível e surpreendente de sua vida. Afinal, quem disse que sexo, amizade e amor não podem andar de mãos dadas?”

Como sou fã assumida de New Adult, não fica difícil presumir que adoro a série Amores Improváveis. Mas vamos combinar: como não amar? A história acompanha as aventuras de quatro jogadores de hóquei da universidade de Briar - Garret, Logan, Dean e Tucker, que dividem uma república.

Garret e Logan já encontraram seus amores e, pelo pouco que Dean apareceu imaginei que o livro dele não fosse me agradar muito. Ele me parecia fútil, bobo, viciado em sexo e até um pouco arrogante. Mas terminada a leitura, tenho que admitir que me enganei, e como me enganei! Me enganei tanto que quase posso dizer que Dean é o meu preferido.

Dean sempre teve tudo o que quis. Filho de advogados bem sucedidos e neto de um magnata  do ramo imobiliário, dinheiro nunca foi problema para ele. Inteligente, ele também não tem dificuldades em manter suas notas altas e já tem sua vaga em Harvard garantida sem precisar usar o poderoso sobrenome. Lindo, sexy e excelente jogador de hóquei, é bem óbvio que as garotas se lancem sobre ele, que tenta se aproveitar ao máximo disso, mas sendo sempre muito sincero e deixando claro que é só sexo, ele não quer namorar.

É tudo tão fantástico na sua vida que ele criou uma filosofia chamada “A Vida de Dean”, um jeito prático de levar a vida e se preocupar o menos possível. E tudo continuaria sempre bem se ele não tivesse uma noite de sexo incrível com uma garota que se recusa a repetir a dose. Na verdade o que ela quer é esquecer o que aconteceu.

A garota em questão é Allie Hayes, melhor amiga de Hannah Wells (protagonista de O Acordo junto com Garret). Allie terminou seu namoro com Sean e o rapaz não está disposto a aceitar o fim do relacionamento, mas desde a adolescência, ela nunca ficou sem um namorado, seus namoros são sempre longos e sérios e agora Allie sente que precisa estar só. Numa noite de bebedeira, ela vai parar na cama de Dean, e como nada lhe parece mais absurdo ou inusitado, ela não admite a possibilidade de alguém saber sobre o que aconteceu. Allie não é o tipo de garota que faz sexo casual, ainda mais com Dean Di Laurentis - o mais famoso pegador da universidade. Entretanto, é justamente com sua recusa que ela consegue o que muita menina teria matado para conseguir: ser o alvo da atenção de Dean.

À primeira vista, nada pode parecer mais clichê, mas O Jogo é uma delícia de livro! Ele nos pega com a narrativa de Elle Kennedy, que é fluída e muito bem construída, mas principalmente por seus personagens, especialmente Dean. Como eu disse no início da resenha, eu o imaginava fútil, arrogante e farrista, e ele realmente o é, mas entendi que tudo isso é resultado da vida privilegiada que ele teve, de nunca ter que se preocupar com nada. Mas quando a vida deu um sacode nele, Dean cresceu e apareceu, e soube correr atrás do que queria. Claro que essa evolução não acontece magicamente, tem todo um processo bem dolorido que ele precisa enfrentar.

Allie também se transforma na história. Apesar de ser bem resolvida e não ter amarras na hora do sexo, ela tem uma visão estereotipada e machista da mulher e uma preocupação muito grande com a opinião alheia, o que faz com ela se preocupe mais em não ter fama de p*t@ do que em ser feliz.

Um outro ponto que chama atenção neste livro é que a carga de drama é bem menor. Enquanto que nos livros anteriores os personagens precisam lidar com questões como estupro, pais violentos, relacionamentos abusivos e alcoolismo, o Jogo é bem mais leve. No entanto, ele abusa do bom humor e são tantas as cenas engraçadas que eu ri alto várias vezes lendo. Além disso, esse é com certeza o livro mais hot da série (até agora). O casal tem uma química louca e são muito parecidos, mesmo com Allie tentando fingir que não.

Leve, divertido, muito hot e com personagens bem carismáticos, vai ser difícil você não se encantar com O Jogo. Dean conquistou meu coração e só não é o favorito da série porque Garret tem lugar cativo por lá, mas com certeza ele vai aparecer no Top Piriguetagem 2017.

Série Amores Improváveis


  1. O Acordo (Garret e Hannah)
  2. O Erro (Logan e Grace)
  3. O Jogo (Dean e Allie)
  4. A Conquista (Tucker e Sabrina)

A Autora


Elle Kennedy cresceu nos subúrbios de Toronto. Desde criança, sabia que queria ser escritora. Formou-se em língua inglesa pela York University e atualmente escreve para várias editoras diferentes. É autora best-seller do New York Times, USA Todaye Wall Street Journal.


Avaliação (5/5)






B-jussssss! ♥
;-p

Se interessou pelos livros? O http://www.cupomvalido.com.br/ oferece cupons de desconto para compra de livros e outros itens em várias lojas, dentre elas Saraiva, Submarino e Lojas Americanas. Aproveitem!

Comente com o Facebook:

5 comentários :

  1. Jéssica Silva Santana Do Nasci7 de junho de 2017 14:59

    Estou ensaiando ler um New Adult há muito tempo, mas não queria começar com um que tivesse uma grande carga emocional, parece que esse eh o livro perfeito para isso. Além de ter ums pitada de hot, que pode ser um plus a mais.
    Fiquei curiosa pra ver onde esses dois vão parar.

    ResponderExcluir
  2. Oiê, tudo bem?

    Bom eu li somente O Acordo até agora, mas amei demais a leitura, tanto que não vejo a hora de ter uma folga e poder pegar O Erro para ler. Eu gosto muito do Dean, ele é um personagem que estou bem ansiosa para conhecer. Só espero que não demore muito. adorei ler sua resenha empolgante, parece que todos os livros são viciantes mesmo. Xero!

    ResponderExcluir
  3. Oi Nina, tudo bem?

    Faz um tempão que estou querendo ler essa série, pois ela parece simplesmente espetacular, sempre ouço muitos elogios a ela. Em um primeiro momento, também achei que não fosse gostar do personagem pela sua descrição, mas me vi completamente encantada. Tem muito o estilo de livro que curto, mesmo caindo em uma vibe clichê. Já quero!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Kamila Villarreal13 de junho de 2017 21:56

    Olá!

    Já li todos e o Dean é o mais engraçado, de longe! Amo essa série, mesmo com todos os clichês e isso é possível graças a escrita maravilhosa e autêntica da Elle! O único ponto negativo desse livro é que no último parágrafo tem spoiler do quarto livro.

    ResponderExcluir
  5. Oi Nina, sua linda, tudo bem?
    Todo mundo está morrendo de amores por essa série. Estou louca para ler, sua opinião só me deixou mais empolgada ainda. Que bom saber que esse é mais divertido do que os outros, gosto tanto quando um livro me faz rir, porque é bem mais fácil me fazer chorar, risos... Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila..

    ResponderExcluir

Oi! Muito obrigada pela visita!
Deixe aqui seu comentário, vou adorar receber!
B-jussss! ♥
;-p

Frase da Semana

"Ler é comer e beber. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come."

Victor Hugo

QUEM LÊ, SABE PORQUÊ - Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados